5 de março de 2015

Resenha | Mentirosos - E. Lockhart


Título: Mentirosos

Autora: E. Lockhart

Número de páginas: 272

Ano: 2014

Editora: Seguinte

Sinopse: Os Sinclair são uma família rica e renomada, que se recusa a admitir que está em decadência e se agarra a todo custo às tradições. Assim, todo ano o patriarca, suas três filhas e seus respectivos filhos passam as férias de verão em sua ilha particular. Cadence – neta primogênita e principal herdeira -, seus primos Johnny e Mirren e o amigo Gat são inseparáveis desde pequenos, e juntos formam um grupo chamado Mentirosos.

Durante o verão de seus quinze anos, as férias idílicas de Cadence são interrompidas quando a garota sofre um estranho acidente. Ela passa os próximos dois anos em um período conturbado, com amnésia, depressão, fortes dores de cabeça e muitos analgésicos. Toda a família a trata com extremo cuidado e se recusa a dar mais detalhes sobre o ocorrido… até que Cadence finalmente volta à ilha para juntar as lembranças do que realmente aconteceu.

Bem-vindo à bela família Sinclair. Ninguém é criminoso. Ninguém é viciado. Ninguém é um fracasso. Os Sinclair são atléticos, altos e lindos. Somos democratas tradicionais e ricos. Nosso sorriso é largo, temos queixo quadrado e sacamos forte no tênis.

 

Mentirosos conta a história de Cadence Sinclair e sua família que, antes abastada, se recusa a aceitar que estão caindo em decadência. Vistos de fora, os Sinclair pareciam perfeitos, mas as aparências enganam, e muito.

Todos na familia Sinclair dependem de Harry, que é avô de Cadence. Vovô Sinclair, ciente da situação, manipula todo mundo, certo de que vai ter suas exigências atendidas. E todos atendem, todos menos os mentirosos.

Harry Sinclair tem três filhas: Penny, que é mãe de Cadence; Bess, que é mãe de Mirren, Liberty, Taft e Bonnie; e Carrie, que é mãe de Johnny.

Cadence, Mirren, Jhonny e Gat, sobrinho do novo marido de Carrie, são inseparáveis e passam todos os verões juntos. Eles denominam cada verão de acordo com a idade que tinham ao vivê-lo: “verão dos doze”, “verão dos treze”, “verão dos catorze”… até que no “verão dos quinze”, quando a animosidade entre os Sinclair atinge o seu ápice, Cadence sofre um acidente misterioso que muda toda sua vida.

Meu nome completo é Cadence Sinclair Eastman. Eu era loira, mas meu cabelo agora está preto. Eu era forte, mas agora sou fraca. Eu era bonita, mas agora pareço doente. É verdade que aguento terríveis enxaquecas desde o acidente. É verdade que não aguento idiotas. Gosto de distorcer significados. Percebe? Aguentar enxaquecas. Não aguentar idiotas. A palavra significa quase a mesma coisa nas duas frases, só que não. Aguentar. Você pode dizer que é o mesmo que “suportar”, mas não estaria cem por cento certo.
O acidente deixa Cadence com sequelas, ela passa a sofrer de amnésia seletiva e enxaquecas fortíssimas. Ela não se lembra do que aconteceu, tem poucos vislumbres e todos se recusam a contar a verdade para ela.

Dois verões após o acidente, Cadence retorna à ilha para tentar juntar as peças do quebra-cabeça que se tornou aquele verão. Durante todo tempo que esteve afastada da ilha, Cadence não manteve contato com os “mentirosos” e ela espera que eles possam ajudá-la na busca por informações, mas eles também não querem falar sobre esse assunto.

A cada pedaço de memória recuperado, Cadence percebe que há muito mais por trás de toda aquela história. Suas enxaquecas nunca foram tão fortes e, quanto mais ela se aproxima da verdade, piores elas vão ficando.

O que aconteceu naquela noite? Por que todos se recusam a tocar no assunto? Cadence faz anotações na parede de seu quarto, onde escreve tudo o que sabe e tudo o que ainda falta descobrir. Ela pergunta, procura e, como diz o ditado, quem procura acha, e a verdade é de nos deixar com a boca aberta!

Mentirosos é angustiante e intenso! E. Lockhart me conquistou com a sua escrita fluida. A narrativa é ótima, sagaz, poética e metafórica. Os capítulos são curtinhos e em cada um deles há uma pista que te leva a querer continuar a leitura!

Um adendo: Mentirosos não é nenhuma obra-prima, ok? Ele está classificado naquela lista de livros que cumprem o que prometem sem deixar o leitor decepcionado. E cumpre com maestria. É um livro cuja leitura é rápida e que com certeza vai te fazer voltar algumas páginas para ver se leu direito!
Meu nome completo é Cadence Sinclair Eastman.
Aguento enxaquecas. Não aguento idiotas
Gosto de distorcer significados.
Eu suporto.
Observação: Conteúdo postado quando a plataforma do blog ainda era WordPress. Com a mudança, todos os comentários foram perdidos.

Nenhum comentário

Postar um comentário