12 de junho de 2015

Resenha | Tentação Sem Limites - Abbi Glines


Autora: Abbi Glines

Número de páginas: 211

Ano: 2014

Editora: Arqueiro

Skoob: AQUI

Sinopse: Ela não consegue deixar de amá-lo, mesmo sabendo que jamais o perdoará.
A vida de Blaire Wynn não foi nada fácil. Sua irmã gêmea morreu muito cedo, seu ex-namorado e melhor amigo a traiu e ela precisou cuidar da mãe doente até o último dia de sua vida. Depois de tanto sofrimento, o que ainda seria capaz de machucá-la?

O terrível segredo de Rush Finlay. Depois de se apaixonar perdidamente por ele, Blaire descobriu algo cruel que destruiu para sempre o mundo que conhecia. Agora ela está mais sozinha do que nunca e precisa recomeçar a vida longe de todos que a feriram. O único problema é que não consegue deixar de amá-lo. Rush Finlay também não sabe o que fazer. Apesar das tentativas dos amigos e da família para animá-lo, o rapaz segue desolado. Ele já não quer saber da vida que levava, regada a festas, bebidas e mulheres. É atormentado pelas lembranças de um sentimento que jamais imaginara que fosse conhecer e que não pôde ser vivido plenamente.

Nem Rush nem Blaire imaginavam que seus universos pudessem se transformar de forma tão radical. Porém, a maior reviravolta das suas vidas ainda está por vir. E ela será tão intensa que obrigará Blaire a engolir o orgulho, voltar a Rosemary, na Flórida, e enfrentar seus inimigos. Rush por sua vez, terá que lutar para consertar seus erros e se provar digno da confiança e do amor dela. Segundo volume da trilogia Sem Limites, que já vendeu mais de 5 milhões de exemplares no mundo, Tentação sem limites é tão viciante e tentador quanto uma paixão proibida.

 

Se você não leu Paixão Sem Limites, o primeiro livro da série Rosemary Beach, mas tem interesse em começar, recomendo que não leia a resenha, pois, infelizmente, terei que dar alguns spoilers. Se eu não fizer isso não vou ter o que comentar! 😛

Recapitulando o primeiro livro, Blaire Wynn é uma jovem de dezenove anos que acabara de chegar à praia de Rosemary Beach, na Califórnia. Após a morte de sua mãe, ela acaba tendo que pedir ajuda para seu pai, Abe, que as abandonara após um acidente ter matado a irmã gêmea de Blaire alguns anos atrás.
Ao chegar no endereço fornecido pelo seu pai, ela se depara com uma mansão e com Rush Finlay, filho na nova esposa de seu pai. Rush a trata mal e a coloca para dormir no quarto da empregada. Ele também tem uma irmã, Nan, que odeia Blaire sem nenhum motivo aparente.

Com o passar do tempo, Blaire e Rush acabam se envolvendo e a hostilidade com que Nan trata Blaire só aumenta.

Ao final do livro, descobrimos que todo esse ódio que Nan sente é devido ao fato delas compartilharem o mesmo pai e dele ter abandonado a mãe de Nan para ficar com a mãe de Blaire.

Rush sabia de tudo e não conta nada para Blaire. Desiludida, ela volta para o Alabama para fugir de todos aqueles que a enganaram.

No começo de Tentação Sem Limites, Blaire descobre que está grávida de Rush. Ela recebe a visita de Bethy, sua melhor amiga, que tenta convencê-la a voltar para Rosemary. Após algumas negativas, Blaire, como não poderia deixar de ser, acaba voltando e passa a morar com Bethy.

Por sua vez, Rush está arrasado. Ele nunca tinha amado ninguém antes de Blaire e, por não contar a verdade, acabou perdendo-a.

Rush descobre que Blaire voltou com Bethy e faz de tudo para receber seu perdão. Já aviso logo que ele não tem que esperar muito, viu!

Tudo o que ele precisa fazer é tocar nela. Encostou, ferrou! A garota entra em combustão e começa a se agarrar com o cara!

Oi, tudo bem? Sexo!

Você mentiu para mim, Rush! Sexo!

Blaire, não fuja de mim. Sexo!

Me ajuda com a mudança? Sexo!

Me diz, qual é o sentido de colocar mil cenas de sexo a troco de nada? É esse tipo de sexo que tem que ser condenado nos livros, não aquele sexo que faz sentido, que se encaixa na situação!

O livro resume-se a Blaire adiando ter que falar para Rush que está grávida, a Rush toda hora pensando se fica com Blaire e magoa Nan ou escolhe Nan e perde Blaire e a sexo!

O livro é chato, superficial e sem história, mas Abbi faz alguma macumba, não é possível! O jeito que ela escreve te faz querer saber o que vai acontecer. Todo fim de capítulo te faz ter vontade de ler o próximo e é só por isso que li tudo, pela fluidez da escrita de Abbi!

Se eu lerei Amor Sem Limites, o terceiro livro da série? Sim, lerei. Apesar dos pesares, eu ainda curto a escrita da Abbi. De repente, depois que a Blaire parir, ela para com esse fogo e para de colocar a culpa de ter virado uma maníaca sexual nos hormônios da gravidez!

Observação: Conteúdo postado quando a plataforma do blog ainda era WordPress. Com a mudança, todos os comentários foram perdidos.

Nenhum comentário

Postar um comentário