14 de setembro de 2016

Resenha | Ninguém Pode Saber Disso - Letícia Borja


Autora: Letícia Borja

Número de páginas: 132

Ano: 2016

Editora: Ella

Skoob: AQUI
Sinopse: Manuela nunca sonhou em fazer parte da nobreza inglesa, mas tudo isso muda quando ela é paga para fingir ser Lady Anabelle e conquistar o coração de um jovem duque espanhol, salvando a família Lorey da falência.

Tudo se resumia em um plano perfeito. Ela faria o duque se apaixonar, ganharia sua bolsa na Universidade de Londres e voltaria para casa, mas não contava que iria se apaixonar por ele. E quando chegasse a hora de partir, será que seria forte o bastante para abandoná-lo?

 

Você sabe que está apaixonado quando vê o mundo nos olhos dela, e os olhos dela em todos os cantos do mundo. 

A carioca Manuela Castro acabou de completar dezesseis anos e foi presenteada por seus pais com uma viagem de um mês pela Inglaterra, um país pelo qual era apaixonada e que sempre teve vontade de conhecer. Seria sua primeira viagem sozinha e ela tinha tudo planejado nos mínimos detalhes. Ela se hospedaria em um hotel na Cavalgar Square e teria uma guia que a levaria para cima e para baixo. Ao chegar no aeroporto, Manuela começa a procurar alguém segurando uma plaquinha com seu nome, mas não consegue encontrar, até que esbarra em Eleanor, sua guia... ou pelo menos era isso que ela pensava.

No meio do caminho, Manuela começa a desconfiar da mulher, que não faz o trajeto correto para o hotel e dá uma desculpa esfarrapada, dizendo que a agência havia arrumado um outro quarto ainda melhor para ela, mas, chegando ao novo “hotel”, o Castelo Nobility Lorey, Manu descobre que se meteu em uma grande roubada.

Uma sensação estranha percorre meu corpo. Pergunto-me o porquê de não haver nenhuma pessoa além de nós aqui. Se isso era para ser um hotel, onde estão as camareiras, os recepcionistas e os bagageiros?

O castelo, claro, não era um hotel, e sim o lar da família Lorey, uma importante família inglesa que agora está falida. Lady Genevieve e Lorde Frederick, donos do castelo, têm uma filha chamada Anabelle, que fugiu de casa no momento mais inoportuno de todos. É que Nicolas, filho de um importante duque espanhol, vai visitá-los em breve, e eles planejavam fazê-lo se apaixonar por Anabelle para que assim ele pedisse sua mão em casamento, salvando a família da derrocada financeira em que se encontravam. Mas agora, com a fuga da menina, eles estão desesperados... e é aí que Manuela entra em cena.

Eles pedem que ela finja ser Anabelle até que encontrem a filha. Como recompensa, eles prometem conseguir uma vaga para ela na Universidade de Londres, um sonho que, até aquele momento, era inalcançável para Manuela, que aceita a oferta.

Nicolas chega ao castelo e o plano dos Lorey entra em ação, mas o que era para ser apenas fingimento mostra-se muito mais complicado do que Manuela imaginava. O rapaz, que é extremamente carinhoso, atencioso e inteligente, vai aos poucos conquistando o coração de Manuela, o que não poderia acontecer, afinal, a história deles tem prazo de validade.

Minha garganta se fecha sempre que sou obrigada a mentir sobre mim mesma. É como se eu estivesse vivendo duas vidas. E infelizmente, a que ele conhece é roubada.

Enquanto tenta lutar contra o sentimento que começa a sentir por Nicolas, ela também tem que lidar com Louise, Baronesa da Dinamarca, que está disposta a conquistar Nicolas e não vai medir esforços para tirar Manuela de seu caminho, custe o que custar.

Tento rastejar para trás, mas as cordas que envolvem meus pulsos me impedem disso. Sei que se não sair daqui ficarei cara a cara com a morte. E ainda não estou pronta para isso.

Como essa história vai terminar? Será que este conto de fadas às avessas terá um final feliz?

•••••••••

Ninguém Pode Saber Disso é um livro bem juvenil. Como não sou o público-alvo da história, vesti a capinha da Tami adolescente, como já fiz em outros livros do gênero, e a leitura foi satisfatória.

Os personagens não são muito aprofundados, visto que a história tem apenas um pouco mais de cem páginas, mas isso não quer dizer que eles são desinteressantes. Curiosamente, me identifiquei mais com Nicolas do que com Manuela, e olha que é difícil eu gostar mais do personagem principal masculino. Manuela tem apenas dezesseis anos e age como tal, sendo assim, algumas de suas atitudes são aceitáveis, mas outras soaram-me muito surreais, como quando ela não pede uma identificação da mulher que supostamente seria sua guia turística, é o mínimo que ela poderia fazer, não?

O romance é bem água com açúcar e a conexão entre os personagens acontece bem rapidamente. Eu não sou muito fã de romances the flash, mas, como eu disse anteriormente, vesti a capinha da Tami adolescente, e ela não se importava com isso. A história também possui uma reviravolta que me pegou de surpresa, eu não desconfiei em nenhum momento que aquilo poderia acontecer. Claro que não posso falar o que é, né? 😛

A parte física do livro está muito bonita. A capa combina com a história e, ao início de cada capítulo, há uma reprodução da mesma em preto e branco. A história é narrada em primeira pessoa e os capítulos são curtos. As páginas são amareladas e o tamanho da fonte é confortável. Há alguns erros de revisão bem bobos, que passaram por desatenção, mas não é nada que uma nova edição não resolva.

Com algumas ressalvas aqui e outras ali, Ninguém Pode Saber Disso é uma história fofa que cumpre seu propósito.

O livro pode ser adquirido nos seguintes lugares:


O livro autografado pode ser comprado através do blog da autora, é só clicar AQUI.

APOIE A LITERATURA NACIONAL

Observação: Conteúdo postado quando a plataforma do blog ainda era WordPress. Com a mudança, todos os comentários foram perdidos.

Nenhum comentário

Postar um comentário