30 de outubro de 2016

Lendo com o JP | De Sonhar Também Se Vive - Giselda Laporta Nicolelis

Oi, amores, tudo bem? A postagem de hoje é MUITO especial, pois é a estreia do meu sobrinho lindão como colunista aqui no blog! Ele vai fazer tudo sozinho, tanto as resenhas quanto as fotos dos livros, só vou ajudar na estrutura dos textos caso ele tenha alguma dúvida. Eu estou cheia de orgulho e espero que vocês o recebam com muito carinho! <3 Divulguem para todas as crianças que vocês conhecem, vamos mostrar para elas que ler é muito divertido!

Autora: Giselda Laporta Nicolelis

Ilustrador: Leonardo Maciel

Editora: Saraiva

Ano: 2010

Número de páginas: 83

Skoob: AQUI
Sinopse: Vítor foi abandonado ainda bebê dentro de uma caixa de papelão tão frágil quanto ele, e cresceu num abrigo para menores.

Seu maior sonho é ter uma família: pais amorosos e irmãos divertidos com quem possa brincar e compartilhar segredos. Ele também quer ter uma bicicleta, um cachorro, ser astronauta, comandante de navio ou até escritor, pois escreve belas histórias.

De sonho em sonho o garoto descobre, maravilhado, que pode sonhar à vontade, porque eles são infinitos. Será que os desejos de Vítor vão se transformar em realidade? Porque, apesar de tudo, de sonhar também se vive...

Oi gente esse é meu primeiro dia no blog e espero sinceramente que vocês gostem. Digam o que acharam nos comentários. 😉

O livro fala de um menino chamado Vítor que foi abandonado em uma caixa de papelão quando ainda era um bebê muito frágil. Ele foi levado para o hospital e depois foi enviado para um orfanato, de onde via outras crianças entrando e saindo, enquanto ele sempre ficava, pois tinha uma doença rara.

Um dia uma árvore cresceu no quintal do orfanato e Vítor se sentia seguro embaixo dela, pois lá podia sonhar. De repente apareceu uma voz que falava com ele em sua própria cabeça, e os dois ficavam imaginando a futura família de Vítor.

Houve um concurso de redação e Vítor resolveu participar. Ele escreveu um ótimo texto, mas quando foi ler a história no dia seguinte percebeu que o final dela havia mudado. Então ele resolveu mostrar sua redação para o doutor Edílson, médico que tratava sua doença, e o doutor Edilson o apresentou a seu amigo Gilson, que era um escritor e que ficou muito amigo de Vítor.

Será que Vítor conseguiu a família que sonhava? Leia e descubra!

•••

Eu gostei muito do livro porque é uma história que emociona e ao mesmo tempo é uma história muito feliz, e isso me prendeu bastante. Eu acho que quem gosta de ler vai adorar e quem não gosta também vai!

Os personagens são bem interessantes e a única crítica que eu tenho é que o final do livro não deixou bem claro de quem era a voz que Vítor escutava, pelo menos para mim.

Tem uma frase bem no começo da história que diz assim:

Só não existe o que não pode ser imaginado.

É uma frase muito bonita e verdadeira!

Espero que vocês tenham gostado. Até a próxima!





Meu nome é João Pedro, tenho doze anos e sou sobrinho da Tamires. Tenho dois irmãos, a Joyce e o Miguel. Gosto de ler e desenhar. Descobri o gosto pela leitura através do livro Diário de um Banana. Minha tia me convidou para escrever para vocês através do blog dela. Espero que curtam! 😀




Observação: Conteúdo postado quando a plataforma do blog ainda era WordPress. Com a mudança, todos os comentários foram perdidos.

Nenhum comentário

Postar um comentário