25 de janeiro de 2017

Livro x Filme - Sete Minutos Depois da Meia-Noite


Título original: A Monster Calls

Lançamento: 5 de janeiro de 2017

Duração: 1h 48min

Direção: Juan Antonio Bayona

Gênero: Drama, Fantasia

Elenco: Lewis MacDougall, Sigourney Weaver, Liam Neeson, Felicity Jones, Toby Kebbell, entre outros.

Saiba mais: IMDb - Adoro Cinema
Sinopse: Conor é um garoto de 13 anos com muitos problemas na vida. Seu pai é muito ausente, sua mãe sofre de um câncer em fase terminal, sua avó é uma megera, e ele é maltratado na escola pelos colegas. No entanto, todas as noites, Conor tem o mesmo sonho com uma gigantesca árvore que decide contar histórias para ele em troca de escutar a história do garoto. Embora as conversas com a árvore tenham consequências negativas na vida real, elas ajudam Conor a escapar das dificuldades através do mundo da fantasia.

Oi, gente, tudo bem? Sete Minutos Depois da Meia-Noite foi uma das minhas últimas leituras do ano passado. Muitos de vocês já sabem que eu não sou muito fã de histórias infantojuvenis, e foi até por isso que convidei meu sobrinho para resenhar livros do gênero aqui pro blog. Livros desse gênero só me agradam se tiverem uma mensagem bonita e se me fizerem refletir... e foi este o caso.

Confesso que sou chata com adaptações, posso contar nos dedos de uma mão quais foram as adaptações que me agradaram. E é com o coração transbordando de satisfação que vos digo: a adaptação de Sete Minutos Depois da Meia-Noite é uma das mais fiéis que eu já assisti! O roteirista da adaptação foi o próprio autor do livro, Patrick Ness, o que não quer dizer nada, já que vários autores já roteirizaram - ou ajudaram a roteirizar - seus livros, e o resultado não foi tão satisfatório para mim os leitores. 😝 Só que Patrick conseguiu passar para a telona tudo aquilo que de mais lindo seu livro possui.

Uma das coisas que eu mais gostei foi a forma como eles animaram as histórias que o teixo conta para Conor. Quem assistiu Harry Potter e as Relíquias da Morte - Parte 1, deve se lembrar do momento em que Xenofílio Lovegood conta para Harry, Rony e Hermione a história das relíquias, e essa história é contada em forma de animação... as animações de Sete Minutos Depois da Meia-Noite seguem o mesmo estilo, são apenas mais coloridas.


A atuação de Lewis MacDougall, ator que interpretou Conor, é maravilhosa. Ele captou toda a dor e dúvida que o personagem carrega. Ele também conseguiu alternar perfeitamente os momentos em que Conor vestia sua máscara de autossuficiência com aqueles momentos em que ele estava na mais absoluta solidão. Felicity Jones, que interpreta a mãe do menino - e aqui devo dizer que não gostei do fato deles terem dado um nome para ela no filme, pois no livro ela é apenas 'mamãe' - está entregue ao papel. Com uma interpretação bela e delicada, e uma caracterização tão real que chega a doer na gente, é até meio chocante vê-la daquela maneira. Já Sigourney Weaver, que interpreta a avó de Conor, também está ótima, odiosa, mas ótima. Porém, confesso que no filme senti certa simpatia por ela, compreendi mais o fato dela não saber lidar com o neto, coisa que não aconteceu comigo durante a leitura do livro. Toby Kebbell, intérprete do pai, aparece pouco - tanto no livro quanto no filme - e senti que Patrick quis dar uma humanizada no personagem, fazê-lo mais amoroso, mais atencioso...


E o que falar do teixo? Se eu já tinha me apaixonado por ele no livro, no filme a coisa foi muito mais intensa! Em um primeiro momento eu não gostei de como caracterizaram ele, achei muito humanoide, mas depois fui me acostumando e terminei o livro querendo um funko dele, como faz? 💜 Quem empresta a voz para a criatura é Liam Neeson, e eu tenho quase certeza que o vi em um porta-retratos durante o filme... tenho que rever para tirar a dúvida! O monstro, que de monstro não tem nada, ajuda Conor a passar pelo pior momento de sua vida, e alterna seus momentos de quase fúria com momentos de profunda solidariedade e carinho ao menino, uma fofura!

O final do filme tem um acréscimo, ou seja, é o mesmo final do livro, mas com algo a mais, e eu achei maravilhoso!

Enfim, a única coisa que eu posso fazer é indicar - muito - o filme para vocês! Assistam Sete Minutos Depois da Meia-Noite, uma história incrível sobre superação, sobre o poder da imaginação, sobre o perdão e, acima de tudo, sobre o amor.

28 comentários

  1. Oi, Tami!
    Confesso que não sei se lerei o livro, mas estou louca pra assistir esse filme. Quem sabe ele não consegue a proeza de me fazer chorar? hahahahha
    Beijos
    Balaio de Babados
    Promoção Quatro Anos de Minhas Escrituras

    ResponderExcluir
  2. Oi Tami, tudo bem?
    Confesso que até hoje esse livro não havia chamado muito a minha atenção... Eu até gosto de livros infantojuvenis, mas, não sei porque, 7 minutos não tinha despertado o meu interesse sabe? Até que li a sua resenha e o Livro x Filme e fiquei encantada! Me lembrou um pouquinho O Labirinto do Fauno, vou ter que ver para tirar as minhas conclusões né?

    Já te disse que o blog ficou lindo né? Estou apaixonada!

    Com carinho,
    Ana | Blog Entre Páginas
    www.entrepaginas.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi, Tami!
    Eu lembro de ter lido sua resenha e ficado encantada com a história do livro, coisa que foi se repetindo a cada nova resenha que eu lia. Muito bom saber que a adaptação foi o mais fiel possível. Vou tentar ler logo o livro pra poder assistir ao filme.

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
  4. Oieee Tami, ainda não li nem assisti ao filme, mas espero muito poder conhecer pois todo mundo não para de falar sobre, me parece ser uma leitura bem interessante e assim que ler irei procurar o filme!!

    Bjs jany


    http://www.leituraentreamigas.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi, Tamires!
    Esse livro e filme parece muito lindo!
    As imagens que você colocou só me chamaram mais atenção do quanto essa história parece fantástica! Um livro e um filme para guardar no coração. <3
    Beijão!
    http://www.lagarota.com.br/
    http://www.asmeninasqueleemlivros.com/

    ResponderExcluir
  6. Tô lendo esse livro e adorei ler esse post, por saber que é uma boa adaptação pois já tava meio receosa, sabe? Mas não tem como não ser fiel a um livro de 150 páginas né? HAHA.
    Ótimas comparações!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  7. Oiiii,

    Preciso admitir que nunca ouvi falar nem do livro e nem do filme rs, mas gostei de como você apegou a eles mesmo não curtindo muito o gênero, e principalmente de que o filme é fiel ao livro, pois a maior decepção de um leitor é ver seu livro preferido virar filme e ai eles simplesmente não fazerem parecido pelo ou menos.
    Mas a dica esta anotada e ou ler na primeira oportunidade e depois ver o filme.

    Beijinhos...
    http://www.paraisoliterario.com/

    ResponderExcluir
  8. Não conhecia o livro nem o filme, mas só de ver essas imagens fiquei encantada, sinto que vou adorar! Por mais que não seja fã de livros infantojuvenis também, esse me parece ter um ar tão simples e poético, ao mesmo tempo que lúdico que é impossivel nao sorrir.

    ResponderExcluir
  9. Oi Tamires, tudo bem?
    Estou super a fim de assistir a este filme, e depois dessa resenha fiquei mais a fim ainda. Quanto ao livro ainda estou indecisa se vou ler ou não.
    Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oi Tami,
    Vim aqui te seguir no dia da sua mudança, pra te ajudar, mas acabei esquecendo de te desejar boa sorte e sucesso na nova fase no Blogger. Que ele não te estresse...E já começou lindo com esse layout...eu amo flores em layout sos HAHA e liláaaaaaas <3

    Livros desse estilo, eu costumo deixar para as outras adms comentarem...mas esse tem um toque emocional que me cativou. Estou bem ansiosa para assistir o filme e nossa, Liam Neeson adora dar voz a seres conselheiros nos filmes né? Vide Aslan haha

    P.S.: Sobre o Hipnotista, sim a adaptação é sueca. Fiquei torcendo pra fazerem outra, sei lá, tem cara mais de série e quem sabe seria melhor. É porque o livro é muito violento e a adaptação ameniza muita coisa. E é como você definiu, a história é bem densa mesmo.

    Mds, -20º na Alemanha. Eu fico imaginando se um dia eu visitar um desses países frios [tenho muita vontade de conhecer Islândia]é capaz da sinusite me matar kkkkkk só uma chuvinha no Rio, ela dá um escândalo na minha cara #cries.

    tenha um ótimo final de semana :D
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  11. Ola Tamires lindona

    Sua resenha me deixou curiosa para assistir o filme,e sua sensibilidade em captar as emoções tanto do filme quanto do livro foi surpreendente.Tenho certeza que vou amar o filme que devo assistir primeiro devido a fila de leitura. beijos

    Joyce
    Livros Encantos

    ResponderExcluir
  12. Olá, Tamires.
    Das adaptações que assisti até agora só gostei de uma A menina que roubava livros. Até gostei de algumas outras, mas que eu não li o livro antes hehe. Você não é a primeira que eu vejo falando que é bem fiel ao livro. É uma história que conhecer, mas vou ler primeiro e assistir depois.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  13. Oi Tami!
    Ah, que bom que curtiu o filme! eu adorei o livro e to doido pra ver, espero curtir também :)
    Abraços!
    http://leituraforadeserie.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. Oie! Tudo bem? Estou louca para realizar a leitura desse livro e para assistir ao filme também, mas para ser sincera não sei o que esperar deles, não conheço muito bem da história, mas fico feliz que tenha gostado assim com certeza irei gostar do filme e do livro também, mais uma critica positiva!
    Bjss

    ResponderExcluir
  15. Olá!! :)

    Eu acho que já vi o filme algures, não sei bem onde, mas não fazia ideia da existência do livro! :)

    Que bom que gostaste de ler e ver, e que o final acrescentado do livro para o filme te tenha agradado! :)

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  16. Oi Thamires, ainda não tive a oportunidade de ler o livro nem assistir ao filme. Por suas impressões pude notar que deve valer muito a pena, e, como você, evito livros juvenis. Vou levar meu filho pra assistir comigo, quem sabe não me interesso como você? Abraços

    ResponderExcluir
  17. Shame on me, mas confesso que até pouquíssimo tempo atrás desconhecia completamente a existência do livro até começarem os burburinhos de quem já havia assistido o filme.
    Adorei os pontos que você abordou aqui, principalmente com relação à adaptação do roteiro e caracterização dos personagens. Mas agora tô naquela dúvida...ler ou assistir, o que vem primeiro?
    Bjs*.*
    O que disse, Alice?

    ResponderExcluir
  18. Oi, tudo bem? Também não sou fã de infantojuvenis, mas soube desse livro somente essa semana e fiquei curiosa, pois li muitos elogios a respeito dele. Depois de ler sua resenha, necessito ler logo o livro para poder assistir o filme, porque realmente não é fácil encontrar adaptações boas por aí e depois de tantos elogios não posso deixar de lado. Obrigada pela indicação, beijos.

    ResponderExcluir
  19. Oie!
    Eu já tive a oportunidade de ler esse livro, e gostei da trama apresentada.
    Sei que tem uma adaptação, mas não tive ainda a oportunidade de assistir. Espero gostar do filme também.
    bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  20. Olá, tudo bom?
    Estou louca por esse livro a tempos e ver o quanto a adaptação do mesmo para o cinema te agradou só me deixou mais ansiosa pelos dois (livro/filme)! rs Fiquei curiosa em saber o quanto a adaptação lhe agradou e foi fiel ao livro, passando exatamente as mensagens que a obra original passa. Que bom que o acréscimo no final te agradou! Espero gostar tanto quanto você quando conferir!


    Beijos!
    @PollyanaCampos
    Entre Livros e Personagens


    Beijos!
    @PollyanaCampos
    Entre Livros e Personagens

    ResponderExcluir
  21. Olá!
    Bom, achei a história bem interessante. Um garoto cheio de problemas que foge dele se aproximando de um "amigo imaginário". Porém, não sei se leria o livro, pois a história acabou não me cativando tanto assim.
    Mesmo assim, tentarei assistir o filme, e como ele segue fielmente o livro, se gostar posso dar uma chance.

    Abraços, Lara.
    Psiu, Vem Ler!

    ResponderExcluir
  22. Olá!
    Estou ansiosa para ver o filme, mesmo sem ter lido o livro ainda.
    Espero gostar tanto quanto você.

    ResponderExcluir
  23. Vou correndo ver o filem, ainda bem que ele foi fiel ao livro, pois a última adaptação que vi, foi um lixo. Mas gostei de ver essa tua critica, puder ver como a história fluiu bem. Depois passo aqui para te dizer o que achei.

    ResponderExcluir
  24. Adoro os livros do Patrick Ness, mas esse ainda não consegui ler. Gostei muito dessa notícia de que o roteiro do filme é dele e que a adaptação ficou bem fiel. Fiquei com um pouquinho de receio deste final, por ser o final do livro com algo a mais, espero que não seja um algo a mais igual fizeram no filme novo do Pequeno Príncipe e sim só um detalhe porque.

    ResponderExcluir
  25. Recebi duas versões do livro de surpresa, uma com essa capa do filme e outra mais antiga digamos assim. Ainda não li, mas parece uma história gostosa... o filme parece ainda mais animador, quero muito ver e gostar como você.
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  26. Oi.
    Se eu não tivesse visto a campanha de divulgação da editora sobre o filme eu nunca saberia que era um livro. Fui conhecer a obra há poucos dias e achei bem interessante e até fiquei com vontade de ler. Vou tentar ler antes de ver o filme.

    ResponderExcluir
  27. Olá!
    Realmente não é fácil, nem para o próprio autor, criar uma adaptação condizente com a profundidade da história que ele criou. Fico feliz em saber que o filme traduz aquilo que o livro quer dizer, achei o trailer super fofinho e espero assistir em breve. Adorei o post!
    Beijos,

    Luana

    ResponderExcluir
  28. Me interessei mais pelo livro do que pelo filme... Mas sou sempre assim, não que não queira ver o filme, quero o livro antes!

    Adoro a Felicity Jones, vejo todos os filmes nos quais ela atua, não sabia que ela estava nesse!

    O trailer me lembrou um pouco o filme Onde vivem os monstros... Pois assim, a temática é meio a mesma, de onde os monstros de verdade vem. Quero muito ver o livro e o filme, sua resenha só me deixou com mais vontade!

    Abraços!
    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir