21 de janeiro de 2017

Resenha | Jantar Secreto - Raphael Montes


Livro cedido em parceria com a editora.

Autor: Raphael Montes

Número de páginas: 360

Ano: 2016

Editora: Companhia das Letras

Skoob: AQUI

Compre: Americanas | Submarino
Sinopse: Um grupo de jovens deixa uma pequena cidade no Paraná para viver no Rio de Janeiro. Eles alugam um apartamento em Copacabana e fazem o possível para pagar a faculdade e manter vivos seus sonhos de sucesso na capital fluminense. Mas o dinheiro está curto e o aluguel está vencido. Para sair do buraco e manter o apartamento, os amigos adotam uma estratégia heterodoxa: arrecadar fundos por meio de jantares secretos, divulgados pela internet para uma clientela exclusiva da elite carioca. No cardápio: carne humana. A partir daí, eles se envolvem numa espiral de crimes, descobrem uma rede de contrabando de corpos, matadouros clandestinos, grã-finos excêntricos e levam ao limite uma índole perversa que jamais imaginaram existir em cada um deles.


Dante é meu nome. Preciso que não se esqueça disso. Mesmo quando chegar à metade desta história, quando souber o que aconteceu e concluir que sou um filho da puta, um monstro sem coração, preciso que não se esqueça: meu nome é Dante e eu era um cara legal.


Dante, Miguel, Victor Hugo e Leitão são amigos de infância. Eles deixaram a pacata até demais Pingo d'Água, cidadezinha no interior do Paraná, para estudarem no Rio de Janeiro. O plano era alugar um apartamento em Copacabana, bairro que possui um dos mais caros metros quadrados da cidade. A tarefa não foi fácil, mas depois de algumas tentativas frustradas, eis que eles conseguem um amplo apartamento localizado no posto três, entre as facções das favelas dos postos um e seis, o que justificava o preço super em conta. Dante, estudante de Administração, Miguel, estudante de Medicina, Victor Hugo, quase sempre chamado de Hugo, estudante de Gastronomia, e Leitão, estudante de Ciência da Computação, começam a viver o que deveriam ser os melhores anos de suas vidas, tempos que os levariam rumo ao sucesso.

Só que nem sempre as coisas acontecem como o planejado, não é mesmo? Alguns anos depois, os amigos estão com suas vidas estagnadas, com exceção, talvez, de Miguel, que está fazendo residência em um hospital público da cidade. Dante e Hugo terminaram a universidade, mas não estão se dando muito bem em suas empreitadas. Leitão, por sua vez, abandonou o curso e agora vive de pequenos golpes pela internet, além de estar pesando mais de cento e setenta quilos.

Com a proximidade do aniversário de Leitão, os meninos resolvem fazer uma surpresa e contratam uma garota de programa para satisfazer o rapaz, já que o mesmo nunca tinha estado com uma mulher. Mas essa ideia  mostra-se uma grande cilada, já que Leitão apaixona-se por Cora, a garota de programa, e passa a gastar o dinheiro dos aluguéis - ele era o responsável pelos pagamentos - com ela. Quando Dante, Miguel e Hugo descobrem, a dívida já está em mais de vinte mil reais!

"Amo meu nome. Vem da Cora Coralina, que é lá da minha terra. Conhece?"
"Conheço."
...
"A Cora foi poeta, eu sou puta. É quase a mesma coisa. Seduzimos com poucas palavras."

Para juntar o montante, Hugo sugere que eles usem um novo site, o Jantar Secreto, que basicamente é uma plataforma onde as pessoas oferecem jantares em suas casas e cobram por isso. Com o aval de todos, Hugo monta o cardápio e Leitão fica responsável por criar o cadastro no site. Parece que eles não aprenderam, não é mesmo? Claro que Leitão faz bobagem, ele não é muito certo da cabeça. Influenciado por uma história contada muitas vezes por Dante, ele altera o menu para carne humana e cobra três mil reais por pessoa, e o mais impressionante de tudo: dez pessoas se interessam pelo jantar e fazem o depósito do valor na conta vinculada ao cadastro deles!

Em um primeiro momento eles ficam chocados com a ideia insana de Leitão, mas não conseguem ignorar dez mil reais por muito tempo. Miguel é o único que rejeita a ideia veementemente, mas acaba seguindo o fluxo dos acontecimentos. E é assim que surge a Carne da Gaivota.

Para garantir seu conforto e a qualidade de nossos serviços, temos o limite máximo de dez comensais. Assim, serão contemplados apenas os primeiros a comprovarem pagamento
Venham viver a experiência gastronômica mais exótica, única e saborosa da noite cariosa. 

Eu não vou ficar esmiuçando muito mais a história, pois o legal é ir acompanhando os desdobramentos dessa situação insana, mas vou adiantar que eles têm a ideia de roubar um cadáver do hospital em que Miguel trabalha. Eles até conseguem tal feito, mas eles acabam tendo uma surpresa desagradável e precisam correr contra o tempo para conseguir outro cadáver, o que não seria possível no hospital, que já estava ciente do roubo e a polícia já estava envolvida. Hugo acaba conseguindo outro corpo de uma maneira muito misteriosa, o que deixa Dante muito desconfiado.

O primeiro jantar acontece e é um sucesso. Estão presentes os mais peculiares tipos de pessoas, dentre elas, Umberto Marcondes de Machado, um homem decadente que só possui o prestígio do sobrenome que carrega.  Umberto fica obcecado com a ideia de oferecer jantares de carne humana e começa a perseguir Dante, querendo entrar na jogada. Primeiro ele é amigável, depois começa a forçar a barra. Quando Dante se dá conta eles já estão trabalhando juntos, oferecendo jantares luxuosíssimos de carne humana em uma casa no Jardim Botânico. O dinheiro começa a entrar fácil e o problema do apartamento é resolvido. Junto com o dinheiro vem também as drogas e o distanciamento dos inseparáveis amigos. Dante vai se afastando cada vez mais do homem que costumava ser.

O que já era macabro mostra-se aterrorizante, pois Dante acaba descobrindo a origem dos corpos servidos nos jantares e descobre também que quem está no comando de toda a situação não é bem quem ele pensava. As vidas de seus amigos e a sua passam a correr risco...

Será que ainda dá tempo de pular fora de toda essa situação grotesca ou será que já é tarde demais?

"... Ainda assim, há anos, nós matamos, mutilamos e torturamos animais simplesmente porque eles são saborosos. As pessoas toleram muito sofrimento em sua comida. Em nome do paladar, tudo é possível, meu amigo. É esta supremacia que você verá hoje."

••••••••••

Se eu pudesse definir Jantar Secreto com uma só palavra ela seria tensão. Eu não senti nojo, repulsa ou nada do tipo durante a leitura, o que até me deixou preocupada, pois antropofagia não é nada natural, então por que aquilo não estava me incomodando? Alguns capítulos mais tarde eu descobri o motivo, pois por mais surreal que a história seja, Raphael não força nada em nenhum momento. Jantar Secreto é uma crítica ambulante à hipocrisia que nos rodeia, e Raphael faz isso de maneira sombria e absurda, levando-nos a questionar se nós acreditamos mesmo no que falamos e fazemos todos os dias ou se apenas seguimos o fluxo dos acontecimentos, assim como Miguel fez.

Os personagens são extremamente moldados para se encaixarem perfeitamente no papel que ocupam, e o melhor de tudo: todos são ambíguos. Tentar decifrar quem é o cérebro por trás daquilo tudo tornou-se uma tarefa cheia de pegadinhas. Uma hora eu até desconfiei da pessoa certa, mas como nesse livro não há vilões e mocinhos, algumas atitudes de um outro personagem me tiraram do caminho certo e me levaram para outro completamente diferente. Fui trollada, confesso.

Eu conheci a escrita do Raphael através de O Vilarejo, uma história super diferente que me conquistou por fugir do óbvio. Ainda não tive a oportunidade de conferir os outros dois livros do autor, Suicidas e Dias Perfeitos, mas já li muitas resenhas e pude constatar que fugir do óbvio é a melhor qualidade que Raphael possui quanto autor. Jantar Secreto não é nada óbvio, você com certeza nunca leu nada parecido! Como eu já mencionei acima, não fiquei enjoada nem nada, mas eu sou casca grossa, terror/horror/nojeira é comigo mesmo. Não é fácil embrulhar o meu estômago e em nenhum momento eu cogitei me tornar vegetariana, mas algumas pessoas com certeza poderão ficar impressionadas com os mínimos detalhes que são narrados.

Vi algumas pessoas reclamando sobre o final, mas creio que elas não entenderam o tom tragicômico de toda aquela situação. Raphael, que também é roteirista, terminou a história da melhor maneira possível. Foi tudo muito visual, se é que vocês me entendem. Eu conseguia projetar tudo aquilo que estava lendo, como se fossem imagens diante dos meus olhos. Foi surreal? Sim! Foi absurdo? Sim! Mas a história por si só já é surreal e absurda, é uma sátira da vida real, ridicularizando nossa hipocrisia e nossa capacidade de olhar, mas não ver, de escutar, mas não ouvir.

A edição da Companhia das Letras está maravilhosa, a capa combina perfeitamente com a história. O corte das páginas é avermelhado, dando aquele plus a mais no exemplar. A qualidade da impressão e do papel também estão ótimas. Encontrei alguns errinhos de revisão aqui e ali, mas nada grave. A única coisa que não me agradou foi o fato dos diálogos serem feitos entre aspas, mas isso é algo pessoal, eu não consigo me acostumar, prefiro o bom e velho travessão.


Foi uma leitura muito prazerosa, o que é meio estranho de se falar devido ao tema abordado. Indico muito para quem está querendo ler algo definitivamente diferente. E sobre as músicas abaixo: elas nunca mais serão as mesmas aos meus ouvidos. 😂 Curiosos? Então leiam Jantar Secreto.


Bom apetite! 😉

APOIE A LITERATURA NACIONAL

74 comentários

  1. Oi Tamires, tudo bem? Eu acho a sinopse desse livro incrível e original! Muito bom saber que os personagens são bem construídos e fiquei curiosa pra saber o final!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  2. Oi, Tamires.
    Amei sua resenha.
    Vi essa obra do autor e fiquei com vontade de ler, essa foi a primeira do livro que li e me despertou uma vontade enorme de ler!
    Espero muito adquirir a obra em algum momento.
    Beijos,
    Keth.
    Blog: www.parbataibooks.blogspot.com.br

    P.S.: Seguindo o blog, é lindo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo elogio ao blog, Kethlyn. Fico contente que a minha resenha tenha despertado seu interesse em ler o livro.

      Excluir
  3. Olá, Tamires.
    Em primeiro lugar preciso dizer que amei a sua resenha. Já li várias resenhas desse livro, mas a sua de longe foi a melhor. Eu estava com receio de ler esse livro porque só tinha lido sobre o nojo que ele causa e como já tinha ficado como estomago embrulhado quando li O Vilarejo, não estava querendo ler ele não. Mas como você mostrou uma outra visão do livro, fiquei querendo ler de novo hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse elogio vindo de você é só amor, Sil! ♥

      Excluir
  4. Tami, amei sua resenha! E eu que estou enferrujada na leitura, acho que vou começar por esse agora, rs. Tbm não é qualquer coisa que me revira o estômago, porém, acredito que esse livro me dará uma certa repugnância, ainda mais eu, que ultimamente, tenho tido nojo que carne. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você tem sentido nojo de carne acho que vai sentir uma certa repugnância mesmo, Dai. Mas leia sim, é um livro muito interessante.

      Excluir
  5. Oi Tami, tudo bem?
    Confesso pra você que, a priori, eu não tinha vontade de ler esse livro. Achei meio wtf?, sabe, sei lá. Mas nas últimas semanas li muitas resenhas, inclusive a sua, que foram repletas de elogios. Por isso, estou repensando e talvez considere ler Jantar Secreto. :P
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que leia mesmo, Priih. É meio wtf sim, mas é um wtf bom! hahahahaha

      Excluir
  6. Oi Tami,
    Eu gosto muito do Raphael, então quero dar uma chance a leitura.
    Li uma crítica do Tony que amou a obra, então fiquei bem animada!
    Agora com a sua só fiquei mais tentada ainda a correr para comprar o livro, rs.
    Beeeijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi, Tami.
    Eu super concordo com você, não senti repulsa ou nojo, mas a tensão esteve presente o tempo todo. Um suspense e tanto! Em contrapartida, discordando de você, gostei bastante da questão dos diálogos com as aspas, deu um toque de depoimento à história que me aproximou mais do protagonista!!!
    Adorei suas opiniões e comentários sobre o livro. E gostei muito dessa leitura também!
    Bjs*.*
    O que disse, Alice?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A questão das aspas é pessoal mesmo, Mah, não curto muito, mas ultimamente muitos livros estão vindo com este estilo de diálogo, então terei que me acostumar. ;)

      Excluir
  8. Caramba, que coisa aterrorizante. Diferente de você, só de ler sobre o livro, já me deu uma gastura. Acho tão estranho esse negócio de comer carne humana, já vi filmes assim e quase vomitei, é algo tão anormal '-' mesmo assim, o que mais me incomoda não é nem isso e sim a perda da personalidade dos amigos. Eles eram pessoas boas e por causa de dinheiro mudam da água para o vinho. Isso me incomoda muito sabe? Infelizmente é algo que acontece com todo mundo não é? Mesmo assim, acho que gostaria de ler o livro e tirar minhas próprias conclusões.
    Beijo! Leitora Encantada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, é algo que acontece, o dinheiro corrompe, então achei o livro muito real nesse aspecto também!

      Excluir
  9. Olá
    Ahh, como eu quero ler esse livro, ele com certeza está na minha lista de prioridades!!! E claro, adorei poder conferir suas impressões a respeito desse livro. É um título que já esta na minha lista de desejados, desde que soube do seu lançamento, e depois porque só leio bons comentários, assim como na sua resenha, que me deixou ainda mais motivada e instigada para conhecer essa trama, que parece ser bem envolvente, heim?! Já conheço a escrita do autor, por isso tenho algumas expectativas. Acho que irei adorar e não vejo a hora de ter meu exemplar em mãos!
    Boas leituras :)
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que você custa bastante, Fê. É uma história totalmente fora da caixinha.

      Excluir
  10. Oi Tamires, tudo bem?

    Uau! Que livro é esse? Já tinha visto várias pessoas comentando a respeito do Livro, mas não tinha parado para ler uma resenha ou saber do que se tratava a obra. Fiquei pasma com toda a situação narrada. Jantar com carne humana é algo inimaginável para mim. Quanto ao Dante que foi mudando com as sucessões dos jantares, acho algo natural. Pois, algumas pessoas começam a deslumbrar-se quando possuem contato com grandezas.
    Tenho muita vontade de conhecer a escrita do Raphael, a maioria das pessoas falam que ele é o melhor autor nacional do gênero; mas tenho que conferir.

    Beijos,

    Gnoma Leitora

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, Alice. O dinheiro corrompe as pessoas fracas, Dante era uma delas...

      Excluir
  11. Ola Tamires lindona não sei se teria estômago para ler esse livro,normalmente foge um pouco de minha zona de conforto,porém leio muitos elogios a escrita do autor e pretendo me aventurar nesse livro. Vou ler com a mente aberta.Espero gostar assim como você. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  12. Oi Tamires, tudo bom? Acredita que ainda não li nada desse autor? Eu sempre vejo todo mundo falando maravilhas dele, mas nunca tenho tempo de ler algo. Esse parece ser um bom livro, vou por na minha lista pra ler o mais breve possível haha Amei a resenha <3

    Beijos
    https://resenhaatual.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa seria uma ótima maneira de começar a ler Raphael Montem, Sarah! ;)

      Excluir
  13. Ele não é meu gênero, eu não leria. Mas para quem gosta do estilo, sei que está gostando muito da obra, pois só ouço elogios :)

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele está conquistando todo mundo mesmo! \õ/

      Excluir
  14. Também não sou de ficar horrorizada com facilidade, mas pra mim foi impossível não ficar enjoada com tudo o que era descrito nas páginas. Foi um livro que me fez refletir muito sobre a hipocrisia humana, a que praticamos frequentemente. Se você gostou de Jantar Secreto e O Vilarejo, corre pra ler Dias Perfeitos! Ainda é o meu favorito de todos os livros do Raphael.

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi, Tamires!
    Li esse livro no fim do ano passado. Muito bom, né?
    Também conheci o autor através de "O Vilarejo" e fiquei muito abismada com o modo de como ela conduziu a história. Com "Jantar Secreto" não foi diferente. Me peguei questionando nossas ações no dia a dia quando vemos coisas erradas e não agimos. Em como só nos sentimos incomodados quando as consequências vem diretamente para nós e não para os outros. O autor tem uma sacada incrível e quero ler mais livros dele com certeza.
    Ah! Sobre o final, eu o achei demais. É o tipo de final que pode e acontece na vida real. Muitos pagam o pato pelos outros.
    Beijão!
    http://www.lagarota.com.br/
    http://www.asmeninasqueleemlivros.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito bom mesmo, Cris. É engraçado como as histórias mais loucas são aquelas que mais fazem a gente refletir, né?

      Excluir
  16. Oi, Tami!
    Eu quero muito ler esse livro, mas ainda não fiz porque quero me dedicar 100% a essa leitura.
    Gente, comassim Taylor Swift nessa playlist??? Nunca mais ouvirei do mesmo jeito!
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem que ler e mergulhar na história mesmo, Lu. Então espera o momento propício! ;)

      Excluir
  17. Tamiiiiiii!
    Não ficar tocado com uma historia de Terror não é nenhum problema, quero dizer. Apesar de tudo você sabe que é só uma historia, mas será que você comeria carne humana. Se a resposta for sim, então talvez tenhamos que rever essa sua psiquê.
    Você assistiu Holocausto Canibal, que já um filme pesadinho e já deve ter conhecimento do Raws que é o novo sobre canibalismo também que eu acho que força na suspensão da descrenaça e na campanha (Pessoas desmaiando na seção? Conta outra)
    Por outro lado recomendo você assistir o Silencio dos Inocentes, você vai gostar também!
    bjos LP
    quatroselos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já assisti Silêncio dos Inocentes, LP, mas nem me lembro direito, pois foi há muitos anos. Tenho que rever!

      Excluir
  18. Oie Tamires =)

    Nunca li nada do autor, justamente por ele ter essa pegada mais voltada para o terror ou macabro que não curto muito (medrosa). Mas como estão falando super bem desse livro, posso tentar dar uma chance rs...

    Beijos;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenta, Ane, no máximo você terá uns pesadelos! hahahah

      Excluir
  19. Gente, eu não sabia sobre o que era esse livro, mas agora que sei quero ler, sou medrosa para assistir sobre algo do gênero, mas amo ler sobre isso entre muitas outras coisas estranhas (sempre bom pesquisar, para futuros livros ><) e todos falam muito bem dos livros do Raphael, então com certeza irei dar uma chance! =D
    BJss

    ResponderExcluir
  20. Gente, você não sentiu repulsa???? Caramba, tô enjoada só com a resenha e olha que você foi mega fina ao descrever suas considerações. Ainda assim, tenho curiosidade, mas não tenho estômago.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não senti, Ivi! hahahahah Sou dura na queda!

      Excluir
  21. Olá,

    Li esse livro no mês passado e como você fiquei vidrada na história. Quanto as críticas ao final, também achei injustas, já que realmente o encerramento foi muito bom, na verdade dificilmente um livro consegue nos surpreender até a última página e isso é exatamente o que acontece com Jantar Secreto. Adorei a playlist, eu também nunca mais ouvir essas músicas da mesma forma.

    Abraços,
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu creio que as pessoas realmente não entenderam aquele final, Vivi. Que bom que você gostou tanto quanto eu!

      Excluir
  22. Oi Tamires, muito boa sua resenha
    Estou realmente curiosa para ler esse livro. Sempre me empolgo ao ler resenhas de livros do Rafael mas ainda não li nenhum, preciso mudar isso logo. Mais um pra lista.bjs

    ResponderExcluir
  23. Oie, uau, que bom saber que você gostou do livro. Adoro o raphael montes e essa é a única obra dele que ainda não li. Jantar secreto tem uma temática que promete, e adorei saber que o autor inseriu aqui críticas a sociedade. Confesso que senti um certo spoiler aqui quando você nos conta que o primeiro cadáver foi roubado do hospital onde o personagem trabalha, mas eu desconfiava disso pela sinopse. E adorei o fato de ter música no livro. Espero ler logo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fique tranquila, pois não foi um spoiler. É bem óbvio que isso aconteceria, o mais importante de fato eu não contei, que é como é feito e o que acontece depois. ;)

      Excluir
  24. Olá, tudo bom?
    Vi várias pessoas tirando fotos com a capa desse livro mas confesso que não sabia do que se tratava. Fiquei bem curiosa com essa premissa bizarra e em saber que não existem mocinhos e vilões nesse filme, o que nos possibilita dúvidas e suspeitar da pessoa errada. Não sou tão casca grossa como você e confesso que tenho estômago fraco, mas fiquei tão curiosa com a premissa e com sua resenha que vou me arriscar! rs


    Beijos!
    Pollyanna Campos - Entre Livros e Personagens
    http://entrelivrosepersonagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Às vezes a gente tem que dar uma arriscada mesmo, Polly. Espero que você não fique muito enjoada! hahahah

      Excluir
  25. Oi, Tamires!
    Vi muitos blogueiros recebendo esse livro, mas ainda não tinha lido nenhuma resenha. Não sabia que se tratava de um assunto relacionado a antropofagia, que loucura a vida desses amigos protagonistas! Imagino que seja um tensão mesmo o livro, e cheio de surpresas!
    Parabéns pela resenha, fiquei curiosa com esse final surreal dado pelo autor!


    Beijos!
    Eli - Leitura Entre Amigas
    http://www.leituraentreamigas.com.br/

    ResponderExcluir
  26. Cara, eu quase que literalmente devorei esse livro!
    Comecei a ler de tarde e não parei até terminar, de madrugada (bom, eu parei um pouco mas foi por necessidade haha)
    Também conheci o autor pelo livro O vilarejo, mas já li Suicidas também. A verdade é que não consigo escolher minha obra favorita! Raphael Montes é boooom demais e ele sempre foge do óbvio, nos brindando com finais inesperados.

    Beijos,
    Kemmy - Duas Leitoras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é?!! Agora quero só ver o que ele vai aprontar!

      Excluir
  27. Oie Tamires!!
    Esse foi o primeiro livro que li do Raphael Montes, e a minha sensação foi de receber um soco no estômago...
    Realmente ele nos faz refletir sobre até que ponto somos levados pelas circunstâncias, quando de alguma forma elas estão nos trazendo algum tipo de ganho...
    Sua resenha e suas colocações foram muito pertinentes e assim como você, também sou fã do travessão rsrs
    Espero que eu consiga ler muitos outros livros do Raphael Montes, pois virei fã!!
    Um beijo!!

    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou muito fã dele, Amanda, e olha que esse é só o segundo livro dele que leio!

      Excluir
  28. Olá!
    Nunca li nada do autor, mas esse livro dele me chamou muito a atenção. De fato vi muitas pessoas falarem do nojo constante que sentiram enquanto liam mas, ao ler sua resenha, percebi que isso não aconteceria comigo, assim como foi com você. Fiquei bem curiosa sobre esse final bem visual e acho que vou comprar o livro para ler muito em breve.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que a leitura seja tão boa pra ti quanto foi pra mim! ;)

      Excluir
  29. Caramba, que enredo! Eu já me senti tenso só com a resenha, imagina acompanhando toda a trama. Outro dia comentei em algum lugar que os roteiristas que se aventuram a escrever um livro tem a ousadia de sair do lugar comum, e concordo plenamente com vc quando fala em alguns "finais visuais", infelizmente muitas pessoas leem mas não montam as estórias na cabeça, não tendo a real dimensão do que o autor quis passar. Adorei a resenha e fiquei muitíssimo interessado no livro, não só neste, mas em todos do autor.

    *☆* Atraentemente *☆*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso aí, Evandro, você entendeu tudo PERFEITAMENTE! Bate aí! õ/

      Excluir
  30. Adorei sua resenha, este lançamento de Raphael é incrível, a forma como ele monta os cenários e surpreende o leitor com algo diferente do que vem sendo publicado. Acredito que algumas pessoas tenham reclamado, por não aceitar o novo, o não clichê, e Raphael foge de qualquer clichê nesse livro.

    ResponderExcluir
  31. Olá!
    Só o resumo da história me chocou bastante hahaha eu queria gostar de ler livros assim, mas eu ainda não tenho estômago pra isso, eu li Misery ano passado e ainda estou me recuperando :o mas sou louca para conferir o trabalho do Raphael, quem sabe um dia!
    Beijos,

    Luana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai pensando com carinho, pois vale a pena! :D

      Excluir
  32. Olá!
    Fiquei muito curiosa com a sinopse desse livro. Gostei bastante da resenha. Desde que li a sinopse, imaginei como seria tenso ler este livro. Não sei se você viu Hannibal, mas me deixou meio tensa. Imagino que esse livro também vá me deixar.
    Parabéns pela divulgação de autores nacionais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hannibal você diz a série? Tem uma série, né? Não assisti não, mas assisti Silêncio dos Inocentes há muitos anos, nem lembro direito.

      Excluir
  33. Olá! Ainda não conheci a escrita do Raphael, mas tenho interesse em ler os livros dele. Bacana que esse livro não é nada óbvio e que é narrado com os mínimos detalhes. Sua resenha me permitiu saber mais sobre o livro e me deixou interessada. Amei sua foto, super criativa. Beijos'

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou da foto, Day. Meu pai que fez esse dedinho sangrento! HAHAHA

      Excluir
  34. Achei a jogada do Raphael genial com a proposta desse livro. Temos um enredo diferente e com uma escrita que embora não tenha lido deve ser muito boa. Li outros livros do autor e ele me conquistou com seus livros que me deixaram presas do início ao fim. Não vejo a hora de poder conferir esse também. Beijos

    ResponderExcluir
  35. Olá Tamires! ^^
    Esse livro está na minha lista de desejados desde que eu oube qual seria o tema central. Como ando lendo muito romance e fantasia ultimamente, ando sentindo saudade de ler livros impactantes que são de outros gêneros. Ainda não li nada do autor, mas sei que qualquer livro que eu conferi irei gostar! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você quer ler um livro impactante então esse é uma ótima pedida, Amanda!

      Excluir
  36. Oi Tamires,
    Ao ler sua resenha só fiquei imaginando, como uma pessoa consegue criar uma história assim!? Realmente é surreal a situação que os personagens se colocam, mas surreal ainda é ter clientela para essa cardápio completamente macabro. Mas tenho um estômago forte e pretendo conferir essa história, fiquei super curiosa com essa narrativa.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  37. Oie
    affff a cada resenha minha curiosidade não se segura mais hahaha eu necessito de ler o livro, na verdade quero todos do autor mas ainda não tive oportunidade de ler nenhum, muito legal sua resenha e sua dica

    beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  38. Oie Tami,

    Eu li Dias perfeitos do Raphael, até tem resenha dele lá no blog. vi uma forte divulgação desse livro dele, mas não sei se leria pela forte temática. É até um clássico, já que outros autores também escreveram sobre o assunto. O mais bacana é que os personagens dele são criados em um ambiente obscuro e ao mesmo tempo bacana.

    ResponderExcluir
  39. Olá, Tami!
    Confesso que fui pulando alguns trechos da resenha, pois quero muito muito mesmo ler esse livro haha Sou fã do Raphael e espero ter logo em mãos esse livro. A estória parece ser muito interessante e cheia de tapas na nossa cara haha
    Beijos, Garota Vermelha
    www.livrosdagarotavermelha.com.br

    ResponderExcluir