13 de fevereiro de 2017

Livro x Filme | Cinquenta Tons Mais Escuros

Oi, gente, como vocês estão? Na última quinta-feira eu fui assistir Cinquenta Tons Mais Escuros, filme que eu estava esperando há muito tempo. Eu adoro a trilogia de E. L. James e estava super ansiosa para conferir como ficou a adaptação do segundo livro, meu preferido e o mais importante em termos de evolução dos personagens, principalmente Christian Grey. Agora eu vou contar para vocês o que eu achei da história! 😉

Título original: Fifty Shades Darker

Lançamento: 9 de fevereiro de 2017

Duração: 1h 58m

Direção: James Foley

Gênero: Drama, Romance

Elenco: Dakota Johnson, Jamie Dornan, Eric Johnson, Eloise Mumford, Rita Ora, Kim Basinger, entre outros.

Saiba mais: IMDb - Adoro Cinema
Sinopse: Enquanto Christian luta contra seus demônios internos, Anastasia deve enfrentar a raiva e a inveja das mulheres que vieram antes dela.

Já vou começar meus comentários falando que na minha opinião, em termos de adaptação, o primeiro filme foi bem melhor que este, mas que em termos de qualidade este segundo se destacou mais que o primeiro.

Cinquenta Tons de Cinza mostrou-se muito mais pertinente ao passar o conteúdo do livro para as telonas, não passou tudo, claro, mas o mais importante estava no filme, com umas mudanças aqui ou ali, mas estava. Já surpreendentemente, mesmo com E. L. James como roteirista, Cinquenta Tons Mais Escuros pecou ao deixar de fora acontecimentos importantes que mostravam o quanto o passado de Christian o perturbava e era responsável por todo seu comportamento. Ainda não me conformo de não terem inserido o leilão de Anastasia e seus momentos com o Dr. Flynn, psiquiatra de Christian, por exemplo. Também ainda não me conformo com aquela cena furreca do chuveiro, no livro é tão mais emocionante e de partir o coração, assim como a cena de Christian submisso, vulnerável e entregue à Ana... aquela ajoelhadinha meia boca passou longe, viu, produção?! Era ali que muita coisa se revelava e a cena ficou totalmente aquém do que eu estava esperando.
Em relação às atuações, Jamie está muito mais à vontade no papel e isso é gritante. No primeiro filme eu senti ele um tanto quanto travado, principalmente nas cenas mais quentes, mas aqui ele nos entrega uma atuação bem mais leve e crível. Fisicamente ele também está bem melhor, mais másculo e encorpado, nem curti, né? 😻 Já Dakota está à vontade no papel de Anastasia desde o filme anterior, ficar pelada e fazer cenas de sexo não é um problema para ela, mas uma coisa que eu achei irritante foi sua constante voz de sofreguidão ao longo do filme. Ela resolveu criar uma voz, digamos, "suspirosa", para Ana, e no primeiro filme isso não me incomodou, até achei que combinou com a personagem. Só que em Cinquenta Tons Mais Escuros ela suspira demais e às vezes nem termina as palavras, bem chatinho.
O suspense do filme ficou super em segundo plano, mas isso eu já imaginava. Toda a questão de Leila com Ana passa tão rápido que nem dá tempo de sentir tensão, assim como a questão do assédio de Jack na editora. Mas se tem uma coisa totalmente dispensável é a participação de Kim Basinger. As cenas que a envolviam pareciam cenas de novela mexicana, bem esquecível.
Os takes das cenas de sexo estão bem mais rápidos e focam mais nos rostos dos personagens, mas sem deixar de mostrar o corpo dos atores. A única coisa que me incomodou foi uma maior exploração do corpo da Dakota. Sabemos que nudez masculina ainda é um imenso tabu, mas até mesmo a bunda de Christian aparece pouco, na maioria das vezes ele só abre a braguilha e manda ver, já os peitos de Dakota...

As cenas estão de muito bom gosto e super sensuais. O que é aquela cena do espaçador de pernas? OMG! Outra muito legal - e até engraçada - é a das bolas prateadas. Só fiquei chateada por terem cortado a cena da sinuca, já que ela aparecia nos spots. 

O romance entre os dois está muito presente e o esforço que Christian faz para mudar faz com que a gente sinta empatia pelo personagem, e o que eu mais gosto nele é o fato dele saber que tem sérios problemas e o fato dele não jogar isso para debaixo do tapete. Ele está disposto a dividir seus maiores segredos com Ana para não perdê-la mais uma vez. Aquela cena em que ele volta para casa depois do acidente com o Charlie Tango e fica olhando para Anastasia enquanto abraça a família encheu meu coração de ternura.
Com músicas super gostosas, perfeitas para aquela noite com o mozão (😂), a trilha sonora de Cinquenta Tons Mais Escuros se destaca. Minhas preferidas são One Woman Man, do John Legend, Birthday, do JP Cooper, What Is Love, da Frances e The Scientist, que ganhou uma versão super gostosinha na voz de Corinne Bailey Rae.


Se eu recomendo o filme? Sim, para aqueles que gostam da história, ou seja, aqueles que leram os livros e gostaram e/ou aqueles que assistiram ao primeiro filme e também gostaram. E fique até o fim dos créditos, pois tem um teaser de Cinquenta Tons de Liberdade! 😉

39 comentários

  1. Tami

    Concordo com você e assino embaixo! As pessoas precisavam entender melhor o passado do Christian, faltou profundidade nesse assuntos. Não entendo porque Dr Flynn foi excluido já que é peça fundamental. A cena do chuveiro e a submissão foram deprimentes. Até os atores não desempenharam bem nesse momento. Amei a cena do Helicóptero <3 achei até melhor do que no livro. No geral eu gostei e estou sofrendo até o ano que vem com o último filme.

    Beijos!

    Cindy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Cintia. Quem não leu os livros fica boiando, não entende o motivo dele ser assim, fiquei bem frustrada! Aquela cena do chuveiro??? No livro é tão mais intenso, Christian está tão vulnerável... estragaram legal essas partes! Mas a gente que é fã releva, né?! hahahaha

      Excluir
  2. Oi, Tami!
    Realmente nossa opinião foi parecida.
    Nossa, eu fiquei bem de cara que não teve o Flynn.. tipo, ele é a chave para um monte de coisa sobre o Christian. Fora a cena do Christian submisso que foi tipo Oi? Eu dei um berro quando li e fiquei bem decepcionada que foi resolvido tudo rapidinho.
    E aquela cena do Quarto Vermelho? Foi tipo um ápice na relação dele e só teve aquele take...
    Beijos
    Balaio de Babados
    Promoção Quatro Anos de Minhas Escrituras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente a E. L. James não serve para ser roteirista nem do próprio livro! hahahaha

      Excluir
  3. Oi, tudo bem?
    Vou confessar que nunca me interessei pelos livros da E. L. James e o primeiro filme também não me convenceu. Achei bem chatinho. Além disso, no lugar da Anastácia, eu teria fugido do Christian Grey no minuto que ele falou que descobriu onde ela estava porque rastreou o celular dela, como se fosse a coisa mais natural/aceitável do mundo.
    Mas, como tenho um crush pelo Jamie Dornan desde que ele fez Once Upon a Time (motivo pelo qual assisti Cinquenta Tons), talvez eu dê uma chance para este segundo filme.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Olá,

    Não acompanho a trilogia do livro, mas estou bastante ansiosa para conferir esse filme. Uma pena o filme ter pecado em deixar alguns acontecimentos importantes de fora. Gostei de sabe um pouco como cada autor se portou na atuação e que bom que houve uma melhora da parte de Jamie. Sua crítica me deixou ainda mais com vontade de conferir o filme, adorei!

    http://www.virandoamor.com/

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Confesso que não tenho interesse algum de assistir esse filme no cinema. Tenho os livros, e também ainda não os li. Assisti o primeiro filme e aguardarei pra assistir em casa. Ainda não me adaptei a filmes com pitadas eróticas, principalmente quando se trata de sadomasoquismo.
    Enfim, gosto é gosto. :)
    Abs
    Ni
    Cia do Leitor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente gosto é gosto, não dá para assistir algo de um gênero que a gente não curte.

      Excluir
  6. Olá, Tamires.
    Eu vou assistir porque já assisti o primeiro e quero saber como ficou. mas a trilogia não é das minhas favoritas, principalmente o Grey. Acho um absurdo mostrarem tudo da Ana e dele só o peitoral hehe. Pensei que nesse ia mostrar mais. Que pena que não mostram as cenas com o Flynn, acho que eram essenciais para mostrar o drama do personagem.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eram MUITO essenciais, Sil. Pecaram legal nesse filme...

      Excluir
  7. Olá!! :)

    Gostei de saber a tua opinião sobre a historia, especialmente sobre o filme, ne? :) Bem, não lerei/assistirei...

    A verdade e que não gosto de hot e eróticos, mas ainda bem que gostaste do romance e da trilha!! :) E que aconselhas a quem gosta da historia!

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você não gosta de hot é melhor ficar longe mesmo! hahaha

      Excluir
  8. Oie tudo bem?

    Eu não gosto de 50 Tons de Cinza, sou do tipo que tenho pavor dos livros e tolero a existência dos filmes, por isso li bem por cima sua comparação entre o filme e livro, e fico feliz que o Jamie tenha se soltado mais nas cenas, havia notado isso quando assisti ao filme por curiosidade, sobre a Atriz que faz a Ana não gosto dela, acho ela meio sem sal demais, então nem vou comentar! kkk

    Bjss

    ResponderExcluir
  9. Oi, tudo bem? A dica realmente não é pra mim, pois não gostei nadica da história nos livros e nem dos personagens. Cheguei a ver o filme e foi ok, mas decidi não ver o segundo. Pela sua resenha deu pra constatar nitidamente que a adaptação não foi tão boa assim, com todas essas partes faltando. Enfim, essa história não é pra mim de qualquer maneira. Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Oi Tamires, tudo bem?
    Eu adoro romances, mas não desse tipo, que envolve muitas cenas hot. É uma pena que esse segundo filme não está tão fiel ao livro e que deixaram passar algumas cenas importantes, é algo bastante decepcionante para os leitores, né? Essa história me parece mais impactante, já que vai explorar o passado do protagonista masculino, creio que os fãs vão gostar. Eu não vi o primeiro filme e não tenho muito interesse nessa premissa. Quem sabe um dia, né? Sua análise ficou impecável!

    Beijos! ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É decepcionante mesmo, Amanda. Claro que não dá para colocar tudo no filme, mas certas coisas são essenciais e o fato de não colocarem atrapalham o desenrolar da história. =/
      Obrigada pelo elogio! ♥

      Excluir
  11. Olá, tudo bem??

    Eu admito que esse não é o meu tipo de filme... Mas gostei do seu post, bem completo! Admito que também fico meio intricada com essa história de explorarem pra caramba o corpo feminino e deixarem o masculino mais pra lá...
    Gostei das músicas :)

    XOXO
    umnovo-roteiro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Eu não posso opinar muito por não ser fã da trilogia,apesar de ter lido o primeiro e metade do segundo livro,não consegui ir além, nem o primeiro filme eu assisti,mas isso só uma questão de gosto mesmo :):)

    ResponderExcluir
  13. Oi, Tami!! Tudo bom?

    Meninaaa, eu não li a trilogia, mas assisti ao primeiro filme. Fiquei bem curiosa quanto aos mistérios que envolvem a trama. Só fico chateada com isso que os produtores fazem. As vezes a gente lê aquela cena carregada de emoção, sentindo que o estômago vai explodir e sei lá, na TV não causa a mesma sensação. Mas nem tudo é perfeito mesmo rsrsrs Bora assistir! Beijos,

    www.estranhoscomoeu.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Lu, é frustrante! E o pior é que a própria autora foi roteirista, como ela não bota as paradas importantes? hahahaha

      Excluir
  14. Oiee Tamiris ^^
    Taí um filme que eu não tenho vontade alguma de ver, e nem mesmo de ler os livros...haha' até tenho o primeiro volume na estante, já tem uns 3 anos (mais ou menos) que ele está por aqui, mas não sinto curiosidade de conhecer. E nem acho que um dia o farei :/
    MilkMilks ♥
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Troca esse livro menina, vai deixar virar edição de colecionador? hahahahah

      Excluir
  15. Oiee
    Olha, sou super suspeita pra falar sobre 50 tons pois eu sou simplesmente apaixonada por esse livro. Amo todos os livros, principalmente Grey, q é na versão do Christian.
    Eu vi o filme e achei beeem melhor que o primeiro. Concordo com vc que algumas partes ficaram faltando para um melhor entendimento, mas ao mesmo tempo, acho que foi um bom apanhado da história. Jamie Dornan realmente melhorou a atuação e como ele é meu crush eterno, já vale ir ao cinema só para olhar pra ele... kkkkkk
    Eu respeito todas as opiniões. Claro que não é um gênero que não agrada a todos o que é super natural, mas confesso que fico bem chateada qdo ouço, ou leio, opiniões negativas de pessoas que nem se quer se deram ao trabalho de ler a obra e já saem detonando. Como podem opinar por algo que não conhecem?
    Enfim, como disse no início, sou bem suspeita pra falar e, assim como vc, indico o filme para quem gostou do livro.
    Bjo

    ResponderExcluir
  16. Oi. Tamires. Tudo bem?
    Bem, eu não me interesso pelo gênero, mas acompanhei o alvoroço que os filmes causaram. As redes sociais bombaram com pessoas compartilhando com os amigos que estavam indo assistir ao filmes. Pelo jeito, esse segundo filme teve coisas boas e outras nem tanto, também ficaria incomodado se assistisse a uma adaptação que deixasse de fora momentos interessantes. Mas acontece, não fica chateada por isso. Bem, espero que o próximo filme seja ainda melhor e que ele supere a expectativas que vocês que são fãs da série. Muito boa a resenha. Parabéns.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  17. Oi, Tamires!
    Eu nunca li a trilogia, mas assisti ao primeiro filme, e confesso que não identifiquei muito conteúdo no enredo além das muitas cenas picantes haha Não fiquei tão interessada assim em assistir ao segundo filme, nem em ler os livros. Mas aí é cada um com seus gostos, né?
    Quanto a sua decepção com alguns pontos da adaptação, te entendo! Quase todas as adaptações de livros que li me decepcionam quando vou assistir também. Qual é o problema desses produtores, afinal? haha
    xx

    A Blanket Fort

    ResponderExcluir
  18. Oi Tami.
    Eu li os três livros e assisti ao primeiro filme, de modo que assistirei esse segundo, mas confesso que só vou assistir porque tenho visto até que boas opiniões a respeito dele. O primeiro me decepcionou bastante.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  19. Oie
    olha, eu ainda não vi nem o primeiro filme e provavelmente não irei ver pois li os dois livros e odiei totalmente a história, por 1001 motivos haha mas vi que as fãs estão gostando bastante

    beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Olá, Tamires! Confesso que eu nunca me interessei pelos livros, na verdade, nem pelo filme, fui sem muita sede ao pote quando assisti o primeiro, rs. Provavelmente assistirei esse, mas sem muitas expectativas também.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  21. Oi, tudo bem?
    Eu não li os livros, só vi o primeiro filme e confesso que só vendo o filme já decidi que não é o tipo de história para mim, não que seja ruim, mas não é algo que me deixe animada, logo não fiquei muito animada com seu post, mas achei bacana você trazer essa comparação. Enfim, que bom que você curtiu o filme, vi alguns comentando que esse foi mais fraco que o outro, mas pela sua crítica não foi.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  22. Li o livro já há alguns anos e ainda não vi o filme e o quero assistir. Então por conta disso não me aprofundei muito no post por não gostar de spoilers! sei que pode não ter, mas melhor não arriscar, né? haha!

    Mas sobre a trilha sonora, eu não conhecia todas as músicas e gostei muito das que escolheram para o filme! Concordo com você, são para os momentos com o amor <3

    Abraços!
    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
  23. A gente entra no espaço da pessoa, disposto a fazer um comentário pertinente e avaliativo, mas depara com uma cena chocante...
    Cade a foto do conselho, hein dona moça???

    ResponderExcluir
  24. Não assisti o filme no cinema, mas pretendo ver mais para frente. Li os livros e no geral achei a narrativa sem problemas evolução, para mim, sempre o mais do mesmo. Creio que no filme isso não será problema, por isso me animo para assistir.
    Gostei bastante da trilha sonora.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  25. Olá, tudo bem?
    Eu nunca gostei muito do enredo de Cinquenta Tons, é algo que não consegue prender minha atenção, pois eu julgo como romantização de um abuso, questão de opinião. Por isso apesar de tudo se desenrolar bem na adaptação da sequência, acredito que não assistirei.

    ResponderExcluir