17 de março de 2017

Resenha | Antes Que Eu Vá - Lauren Oliver


Autora: Lauren Oliver

Número de páginas: 360

Ano: 2011

Editora: Intrínseca

Skoob: AQUI

Compre: Americanas | Submarino
Sinopse: E se tudo o que você tivesse fosse um único dia. O que iria fazer? Quem iria beijar? Até onde se atreveria a ir para salvar a própria vida?

Samantha Kingston tem tudo: o namorado mais cobiçado do universo, três amigas fantásticas e todos os privilégios no Thomas Jefferson, o colégio que frequenta — da melhor mesa do refeitório à vaga mais bem-posicionada do estacionamento.

Aquela sexta-feira, 12 de fevereiro, deveria ser apenas mais um dia de sua vida mágica e perfeita. Em vez disso, acaba sendo o último. Mas ela ganha uma segunda chance. Sete “segundas chances”, na verdade. E, ao reviver aquele dia vezes seguidas, Samantha desvenda o mistério que envolve sua morte — descobrindo, enfim, o verdadeiro valor de tudo o que está prestes a perder.

 

Foi quando percebi que certos momentos se estendem para sempre. Mesmo depois que terminam, continuam...

Samantha Kingston tem a vida que sempre sonhou. É bonita, popular, namora um dos garotos mais cobiçados da escola e tem três melhores amigas. Samantha, Lindsay, Elody e Ally são a realeza do Thomas Jefferson, colégio onde estudam.

Dia 12 de fevereiro, o Dia do Cupido, dia em que a quantidade de rosas que você recebe indica seu nível de popularidade. Andar pelos corredores do colégio sem nenhuma rosa não é bom sinal. As quatro amigas, claro, recebem várias, o que só confirma o posto das mesmas na hierarquia do Thomas Jefferson.

Gosto que tudo seja tão fácil para nós. É uma sensação boa saber que você pode fazer o que quiser e que não haverá nenhuma consequência. Quando sairmos do colégio, vamos olhar para trás e saber que fizemos tudo certo, que beijamos os caras mais bonitos, fomos às melhores festas, fizemos bastante besteira, ouvimos música alto demais, fumamos cigarros demais, bebemos demais, rimos demais e ouvimos de menos, se é que ouvimos alguma coisa. Se o colégio fosse um jogo de pôquer, Lindsay, Ally, Elody e eu estaríamos com oitenta por cento das cartas. 

Dia 12 de fevereiro também será o dia em que Samantha perderá sua virgindade com Rob. A menina não está com muita vontade de dar esse passo, ela apenas quer deixar de ser virgem e não quer ser a última das quatro amigas a fazer sexo.

Dia 12 de fevereiro também é o dia da super festa de Kent McFuller, o esquisitão do colégio. Ele e Samantha já foram amigos e inclusive foi com ele o primeiro beijo da menina, mas depois que Samantha "ascendeu socialmente" a amizade com ele já não era mais bem vista, todavia, o menino nunca deixou de ser carinhoso com ela.

Dia 12 de fevereiro também é o dia da morte de Samantha.


Quando estão voltando da festa de Kent, após uma noite de muita bebedeira e de alguns acontecimentos inoportunos, as quatro amigas acabam sofrendo um grave acidente de carro. E quando Samantha está indo ao encontro da morte, quando o seu lado do carro sofre o impacto que tira a sua vida, ela acorda.

Será que algo tão real poderia ter sido um sonho?

Samantha acorda novamente no dia 12 de fevereiro e passa o dia com a sensação de que está em um looping infinito de déjà vu, pois tirando algumas poucas mudanças, as situações que está vivendo são idênticas às anteriores. Mas quando chega o momento das quatro amigas irem para a festa de Kent, Samantha começa a ter uma sensação muito estranha, e quando elas sofrem o mesmo acidente pela segunda vez e Samantha acorda em seu quarto, ela descobre que algo muito além do seu entendimento está acontecendo.

Samantha revive o mesmo dia sete vezes. Sete longas vezes. E durante esses sete dias ela descobre muitas coisas e passa a enxergar situações que antes negligenciava. Passa a dar mais valor aos seus familiares e àquelas pessoas que sempre a enxergaram pelo que ela é, e não pelo que ela passou a ser, como é o caso de Kent. A menina tenta descobrir o que está acontecendo com ela, e quando se dá conta de que precisa mudar alguma coisa para poder seguir em frente, ela passa a questionar o tipo de pessoa que se tornou.

Talvez para você haja um amanhã. Talvez para você haja mil amanhãs, ou três mil, ou dez, tanto tempo que você pode se banhar nele, girar, deixar correr como moedas entre os seus dedos. Tanto tempo que você pode desperdiçar. Mas para alguns de nós só existe hoje. 

Vale a pena passar por cima de tudo e de todos para chegar a algum lugar? E toda a mágoa e dor que ficam pelo caminho? A dor do outro é menos importante que a nossa dor? Samantha vai descobrir que não, que a dor do outro é, às vezes, mais importante que a nossa. Será tarde demais para mudar o futuro?

••••••••••

Antes Que Eu Vá estava no quero ler do meu Skoob há muito tempo. Na época eu fiquei esperando o preço baixar e acabei esquecendo dele, que foi soterrado pelas dezenas de leituras futuras que vamos catalogando diariamente. Quando a adaptação foi anunciada, coloquei na minha cabeça que tinha que ler o livro de qualquer maneira, mas não estava mais encontrando para comprar. Muitas pessoas que também queriam ler antes do filme estrear foram na página na editora reclamar que não estavam conseguindo achar o livro em lugar nenhum. A editora prometeu uma reimpressão, o que de fato ocorreu, mas acabei conseguindo trocar o livro no Skoob. Quando ele chegou eu comecei a ler imediatamente, mas infelizmente toda essa romaria não valeu a pena, pois achei o livro bem ruim. E olha que para eu dar apenas uma estrela o estrago tem que ser grande...


A primeira coisa que fez com que eu me interessasse pela história foi sua semelhança com o filme Antes Que Termine o Dia, estrelado por Jennifer Love Hewitt e Paul Nicholls, um dos meus filmes favoritos da vida. Mas a semelhança se limita ao ponto de partida, já que Antes Que Termine o Dia possui uma história profunda e tocante, e Antes Que Eu Vá possui uma história imatura e superficial. 

As situações repetidas - visto que Samantha revive o mesmo dia sete vezes - só fizeram com que a limitação do enredo ficasse ainda mais perceptível. Além do fato da própria protagonista ser chata e mesquinha. Ela chega a conclusão de que tem que mudar alguma situação para poder parar de reviver o mesmo dia - jura? -, então ela meio que fica indo pela tentativa e erro... e isso é chato à beça.

Quatro amigas lindas, populares, invejadas por toda escola e que têm atitudes questionáveis... sim, você já viu isso, e não foi uma, não foram duas e muito menos três vezes, foram inúmeras. Digo e repito: o uso de clichês não é motivo para a ruína de uma história, tudo depende da forma como ela é conduzida e de como os personagens são construídos e desenvolvidos, e não há nenhuma evolução, nem na própria Samantha! Dizer que ela não melhora seria mentira, mas reconhecer o erro e apenas tentar consertá-lo é bem diferente de reconhecer, tentar consertá-lo e evoluir. E quando a gente acha que o momento da evolução chegou... puf... o livro acaba. Frustração define!

Com exceção de Kent e, em alguns momentos, de Elody, os demais personagens são fúteis e rasos. Em alguns momentos achei que Lindsay fosse a pior das quatro amigas, pelo modo como manipula as outras três e pelo modo como trata todo mundo que está ao seu redor, mas depois de já ter lido boa parte do livro cheguei à conclusão de que Samantha era a pior de todas, pois sabia de certas coisas, mas, com receio de perder o posto que tinha, não fazia nada a respeito.

A escrita de Lauren Oliver, neste livro, é imatura e repetitiva, e não digo isso apenas pelo fato das situações se repetirem, e sim pelo uso dos mesmos artifícios a todo momento, o que fez com que eu ficasse entediada por diversas vezes ao longo da leitura. Outra coisa que ela fez e que eu não curti foi a transcrição de trechos de música ao longo dos capítulos. Se alguma música estava tocando em determinada cena ela ia lá e colocava o trecho. Acho isso chaaaato...

A edição da Intrinseca está ótima. Gosto da capa, mas sempre que olhava para a modelo a imaginava de cabelos loiros, e Samantha não é loira. 😂 O livro é narrado por Samantha em primeira pessoa, meu estilo preferido. As páginas são amareladas, de boa qualidade e não encontrei falhas de impressão ou erros de revisão.


Infelizmente Antes Que Eu Vá foi uma leitura esquecível. Deixando claro que esta é única e exclusivamente a minha opinião, ok? Muitas pessoas curtem o livro, a nota dele no Skoob é ótima, mas comigo ele não funcionou. Talvez funcionasse se eu tivesse dez anos a menos. Porém, o fato de eu não ter curtido não quer dizer que o mesmo vai acontecer com vocês. Sei que muitas pessoas querem ler por causa do filme, leiam mesmo! Não se deixem levar por uma opinião negativa, combinado? 😉

A adaptação cinematográfica de Antes Que Eu Vá estreia no dia 25 de maio.

33 comentários

  1. Oi, Tami.
    Juro que tinha outra ideia a respeito desse livro.
    Fico pensando na angustia de reviver o mesmo dia várias vezes.
    Você sabe se tem em PDF, não gosto de assistir o filme antes de ler.
    Beijo

    Te Conto Poesia ♥

    ResponderExcluir
  2. Olá,

    Esse livro está na minha lista de desejados desde quando li a primeira resenha sobre. Acho a capa um pouco desinteressante, mas o trama me chama muito a atenção. Eu fiquei chateado em saber que você não gostou muito da leitura, mas isso serve para mim ficar mais atento na hora de comprar e fazer a leitura, fiquei muito feliz por suas sinceridades, acho que isso é muito bom na hora da resenha, a sinceridade, pois ninguém sai aborrecido. Parabéns, adorei! ♥

    → desencaixados.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Tami <3

    Mulher estou passada com a sua resenha o.o, eu sempre tive curiosidade em ler este livro, mas sinceramente te agradeço pela sinceridade, por que gasta dinheiro com um livro que não te leva a nada e horrível, o que realmente mata um livro para de cara é o protagonista! Se ele não e agradável ou não me atrai fica realmente difícil engoli o livro,o enrendo e bastante clichê, e fique tranquila eu desanimei mesmo talvez nem seja por que você disse que não gostou e sim por que livro realmente não e minha cara, depois que li alguns acontecimentos algumas característica com certeza esse não e meu livro.

    Beijinhos

    Resenha Atual

    ResponderExcluir
  4. Oi, Tami!
    Caramba, o livro não funcionou mesmo pra você! Tão ruim quando acontece isso com uma leitura que a gente esperou tanto pra fazer, né?! Eu não achei o livro a melhor coisa do mundo, de fato é cheio de clichês trabalhados de forma nada inovadora, mas consegui gostar da leitura. Fiquei meio receosa com o dia se repetindo sete vezes, já imaginando que teria que ler mil vezes a mesma coisa, mas achei que a Lauren conseguiu fazer isso de um jeito razoável. Detestei a Samantha em boa parte do livro...

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
  5. Olá, Tamires.
    Menina achei que era a unica que não tinha gostado desse livro. Eu li ele logo depois de ler Delírio e estava com as expectativas lá nas alturas. E achei ele tão fraco. Até que gostei, mas achei que foi muito livro para nada. Como você disse quando a gente pensa que as coisas vão melhorar o livro acaba. Mas vou querer assistir o filme, quem sabe é melhor.
    Ah, obrigada pelo toque lá na minha postagem hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  6. Oi, Tamires!
    Na época do lançamento eu estava bem curiosa com esse livro. Depois ouvi falar que não era tão bom, então acabei desanimando um pouco. Mas agora com o filme, voltei a me animar.
    E agora de novo eu desanimo. Sério que a protagonista é chata e mesquinha e persiste demais nisso? E quando vem finalmente uma melhoria o livro acaba? :/
    Estou bem frustada e nem li o livro ainda. Bom, quero ver com meus próprios olhos e espero/torço para gostar. Conseguir aproveitar a leitura. Mas não duvido que muita coisa vá me incomodar. Vamos ver!
    Obrigada pelo aviso!
    Beijão!
    http://www.lagarota.com.br/
    http://www.asmeninasqueleemlivros.com/

    ResponderExcluir
  7. Tamiiiiiiiiiiiiii
    Quem é vivo, sempre aparece né? Ô clichê barato hahahahhaha
    Mas aqui estou :)
    Mulher, que lay divo é esse? Que é que é isso, mulher. Babei aqui ó!!!!!
    Lindo demais =D
    E guria, confesso que fiquei bem interessada na proposta do livro. Mas sua resenha me desanimou, pois identifiquei pontos que certamente iriam me irritar também. Então passo a bola dessa vez hahahha. Não é algo que eu curtiria, tenho quase certeza. Mas o filme talvez eu assista. Quem sabe né?
    Beijooooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi!
    Eu ainda não li o livro, mas entendo quando diz que não gostou do livro, enquanto outras pessoas gostaram. Eu ainda não li nada da autora, então não sei nem por qual livro eu começo. Mas achei gostei da sua sinceridade com a resenha.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  9. Oi Tami!
    Hahaha, eu li esse livro tem um tempão, dei umas 3 estrelas pra ele no skoob. Tipo, o começo é muito chato, as repetições me incomodaram tbm, a Samantha era um pessoa totalmente fútil e nada a ver cmg. Mas aí chega a parte que ela começa a mudar um pouco (assim como o que acontece no dia dela), e o Kent começa a aparecer mais na história (ele salvou o livro), daí no final das contas eu achei ok. Tem uns quotes bem legais tbm, mas ainda assim não entendo pq uma pontuação tão alta no skoob.
    Enfim, rs
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Nossa, que decepcionante!! Eu também pretendia ler o livro antes de assistir o filme, mas agora nem sei mais :( o uso dos clichês de fato não é algo ruim, se usado direito. E pelo visto a história não passa nenhum ensinamento importante, e isso graças à personagem mesquinha. Uma pena, pois a base do livro é super interessante e poderia ter sido bem melhor aproveitado :/

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi
    pena que não curtiu a leitura, ele está faz tempo na minha estante de desejados, apesar da resenha ainda quero ler. Mas gostei da sua sinceridade a respeito do livro, vou querer ver o filme.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oi Tami,
    Eu também não gostei não.
    Achei bem superficial e simples. Queria algo mais forte, uma protagonista mais simpática...
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi, Tami!
    Temos gostos bem parecidos, então se você diz que o livro é ruim, eu aceito sua opinião hahahhahhaha
    O bom pra mim é que eu não estava nessa de ler o livro antes de assistir o filme...
    Beijos
    Balaio de Babados
    Sorteio Literário de Carnaval
    Sorteio Três Anos de Historiar

    ResponderExcluir
  14. Oi Tami! Eu sempre quis ler este livro e agora com o relançamento finalmente comprei. Que pena que não foi como você esperava, eu vou ler mês que vem e espero não me decepcionar.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  15. Oi Tami! Não sei se eu leria, já a sinopse não me empolgou tanto e depois da resenha fiquei menos empolgada ainda hehehehe acontece, às vezes não funciona mesmo rsrs

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  16. Olá!! :)

    Eu não conhecia este livro, nem tampouco sabia que viria a caminho uma adaptação para o cinema! :)

    E uma pena que te tenha desagradado tanto... Não lerei, com certeza... Ainda por cima, com uma escrita tao imatura..!!

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  17. Oi Tami, tudo bem?
    Poxa, que pena que o livro não te agradou em nenhum sentido.
    A trama me deixou curiosa, já que a premissa parecia tocante - pelo fato dela reviver esse dia tão marcante e tudo mais. Mas lendo sua resenha, acho que vou deixar pra conhecer a história por meio do filme mesmo.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  18. Oi Tamires,
    Eu quero muito ler este livro antes de ver o filme. Acabei até lendo um outro livro da autora, achando que era esse... não me decepcionei, mas ler errado, pode?
    Amo essa premissa e tenho certeza que a autora tratou o tema com muita sensibilidade dentro do enredo. Que pena que a leitura foi esquecível pra você. Ainda assim, quero fazer.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Ola
    Eu também já fiz essa leitura e para mim foi uma bela surpresa, me arrependi porque não tinha lido antes. Uma pena que você não conseguiu curtir a leitura, é horrível quando isso acontece né?! Sobre a adaptação, para mim é novidade, mas fiquei muito feliz em saber!
    Beijos, F
    Beijos, F

    ResponderExcluir
  20. Interessante que terá adaptação para o cinema chegando logo, e é tão ruim quando a história não nos convence. Não sei se leria, acho que talvez prefiro assistir o filme, e se por acaso eu gostar da história, pegaria o livro para ler :)

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  21. Oi, tamires. Imagino o quanto você tenha detesto o livro porque dar uma nota somente é bem triste. Eu assisti Antes que o dia termine, e chorei horrores porque achei um filme lindo e comovente. Infelizmente parece que esse livro foi uma tentativa frustrada de fazer a mesma coisa, porém de maneira mais superficial. Eu nunca senti interesse em ler, tenho certeza que não terei nenhuma agora.
    Beijo! Leitora Encantada

    ResponderExcluir
  22. Oi Tami,
    Que pena que essa leitura foi esquecível e ruim para você.
    Estou bem curiosa para ler, mas desanimei muito com esse looping infinito que a obra parece ser. Também não achei legal a escrita da autora ser imatura e repetitiva. Já li outros livros dela e não quero estragar meu amor, então, devo deixar essa dica passar.
    Beijos

    ResponderExcluir
  23. Oie Tami =)

    Sua a resenha é a primeira resenha "negativa" que li desse livro. Todas que li até hoje falam que o livro é lindo e tudo mais, porém eu sempre tive um pé atrás com esse amor todo rs...

    Confesso que ele nunca me chamou a atenção, e depois de ler a sua resenha vou ficar só com o filme mesmo.

    Beijos;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
  24. Oie! Tudo bem?

    Eu já havia visto esse livro por ai, mas nunca senti vontade de realizar a leitura e agora pela sua resenha a vontade continua menos ainda! kkkk Fico triste que você não tenha gostado da leitura, mas assista ao filme, as vezes acaba que gostamos dele de qualquer maneira!

    Bjss

    ResponderExcluir
  25. Olá!
    Nossa, que pena que o livro foi uma decepção tão grande assim para você! Eu estou com vontade de ler desde que assisti ao trailer, e me chamou muito a atenção. Gostei muito da sua sincera resenha e dos pontos abordados, mas acho que preciso ler também para ter a minha própria opinião, vai que eu amo?
    Beijos.

    ResponderExcluir
  26. Caramba, que resenha incrível!
    Enamorava a capa, gostei da sinopse, mas nunca havia me aprofundado na historia, até hoje... Você detalhou tão bem sem dar spoilers que me fez desejar ler a obra já! coloquei na minha lista de desejado.
    Valeu a dica, viu?
    Abs
    ni
    Cia do Leitor

    ResponderExcluir
  27. Oi, tudo bem? Ainda bem que mesmo depois da adaptação ter sido anunciada eu não estava muito interessada nesse livro. É realmente muito difícil alguém dar 1 estrela para um livro e eu devo levar isso em consideração de algum modo. Não gosto de perder meu tempo com histórias imaturas e superficiais demais, então fico feliz de ler sua resenha sincera. Beijos.

    ResponderExcluir
  28. Tami... posso copiar e colar sua resenha no meu blog? hahahha
    Gente, você disse exatamente o que eu quero dizer sobre essa leitura. Nossa! Que ódio no meu coração dessa futilidade desse povo, da imaturidade, de tudo! Foi bem sofrido chegar ao final da leitura, viu?

    Bom, eu já tive a oportunidade de ver o filme...e acho que minha antipatia com a Samantha não passa e nem me deixou ver o filme direito! rs

    Bjs*.*
    MaH

    O que disse, Alice?

    ResponderExcluir
  29. Olá!
    Preciso dizer que todas as impressões que você teve com o livro foi o que eu senti vendo o trailer do filme, chato e repetitivo hahahah eu ficaria tão frustrada como você ao me deparar com uma leitura dessas, mas meio que faz parte né? Não preciso nem dizer que não pretendo ler, mas vou dar uma chance pro filme, vai que é divertidinho hahah
    Beijos,

    Luana

    ResponderExcluir
  30. Olá!!
    Li esse livro em 2013 e assim como vc também não gostei,achei a leitura bem chatinha e arrastada,pensei em desistir várias e várias vzs,mas como gosto de terminar um livro que eu comecei fui até o fim aos trancos e barrancos.Só dei uma estrela a mais que você. Mas mesmo assim ainda quero ver o filme.

    http://livroaoavesso.blogspot.com.br/2017/03/resenha-rainha-das-trevas-trilogia-as.html

    ResponderExcluir
  31. Oi, tudo bem?
    Eu sempre via esse livro por aí e ficava curiosa para ler, mas agora lendo sua resenha fiquei bem desanimada. A premissa é bem interessante, mas a história ser imatura e superficial me deixou desanimada, sem contar o fato dá protagonista ser chata. Enfim, gostei muito da sua sinceridade na resenha e acho que não lerei esse livro.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  32. A capa desse livro é muito enigmatica. Me faz ficar muito interessada no mesmo!

    Vi o trailer da adaptação, mas não sabia que era adaptação, huahuah! Achei o que vi bem interessante, mas agora ao saber que é um livro maravilhoso, é obvio que preciso le-lo antes de ver o filme! Que pena que pra você não fez muita diferença... Mas espero que a adaptação lhe seja agradavel!

    Abraços!
    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
  33. Olá!

    UAU! Que resenha maravilhosa e bem escrita. Adorei poder conferir suas impressões a respeito desse livro. Eu sou uma dessas pessoas que pretendem ler o livro antes do filme ser lançado. Fiquei impressionada com o quanto você NÃO gostou do livro. (risos) Quando a desgraça é grande mais, a gente quer ver de perto, não é? Por isso vou ler o livro e ver se comungo da mesma opinião que você ou não. hahaha Obrigada pela dica.

    Abraço.
    Ingrid Cristina
    Plataforma 9 3/4

    ResponderExcluir