26 de abril de 2017

Resenha | O Jogo - Elle Kennedy


 Livro cedido em parceria com a editora.

Autora: Elle Kennedy

Série: Amores Improváveis #3

Número de páginas: 343

Ano: 2017

Editora: Paralela

Skoob: AQUI

Compre: Americanas | Submarino
Sinopse: Talentoso, inteligente e festeiro, Dean Di Laurentis sempre consegue o que quer. Sexo, notas altas, sexo, reconhecimento, sexo… É sem dúvida um galanteador de primeira, e ainda está para encontrar uma mulher imune ao seu charme descontraído e seu jeito alegre de encarar a vida. Isto é, até ele se envolver com Allie Hayes.

Em uma única noite, essa jovem atriz cheia de personalidade virou o mundo de Dean de cabeça para baixo. E agora ela quer que eles sejam apenas amigos?

Dean adora um desafio, e não vai medir esforços para convencer essa mulher tão linda quanto teimosa de que uma vez não é suficiente. Mas o que começa como um simples jogo de sedução logo se torna a experiência mais incrível e surpreendente de sua vida. Afinal, quem disse que sexo, amizade e amor não podem andar de mãos dadas?


"Achei que você tinha dito que não queria dançar salsa. E Dean Di Laurentis só faz o que quer, lembra?"
Ele dá de ombros. "Tô fazendo o que quero."
Ergo as sobrancelhas, esperando sua explicação.
"Tô fazendo você feliz."

Dean Di Laurentis tem seu futuro todo planejado. Apesar de não estar super empolgado para começar a vivê-lo, ele não se ressente, pois acha que está fazendo a escolha certa. Enquanto a hora de virar adulto não chega, Dean vive cada dia como se fosse o último. Rico, bonito, sarado e bom de cama, Dean tem aos seus pés praticamente todo o corpo discente da Briar, universidade na qual estuda. As pessoas olham para ele e enxergam apenas um filhinho de papai, e é exatamente assim que Dean quer que elas o vejam.

Queria poder dizer que este pequeno momento de perversão a três é uma experiência nova para mim, ou que o rótulo de pegador que meus colegas de time me deram é um exagero. Mas a experiência não é novidade e o rótulo é bem preciso. Gosto de sexo. Transo muito. Me julgue. 

Allie Hayes está prestes a se formar e está em dúvida quanto ao seu futuro. Ela quer ser atriz e batalhou muito por isso, tendo trabalhado, inclusive, com pessoas bastante conceituadas no ramo. Mas seu namorado, Sean, não gosta muito dessa ideia. Os planos dele são outros, ele quer uma esposa-troféu, mas Allie definitivamente não quer interpretar esse papel. Depois de um ultimato de Sean, Allie resolve romper com ele, que não aceita muito bem o término.

Querendo fugir de Sean, Allie acaba se escondendo na casa que Garret - namorado de Hannah, sua melhor amiga - divide com os amigos. Dean, claro, é um deles. Ele sempre achou Allie muito bonita e sempre quis ficar com ela. Allie, por sua vez, sempre achou Dean gostoso, mas por ser comprometida e por conhecer a fama do rapaz, sempre dava um passa-fora nele. Só que, depois de muitas provocações e alguns shots de tequila, os dois acabam passando a noite juntos.


Dean não entende muito bem o fascínio que tem sobre Allie, a única coisa que ele sabe é que algo que era para ser um evento isolado acaba se tornando um evento constante... bem constante! Já Allie fica muito confusa, afinal, acabou de sair de um longo relacionamento, e ficar com Dean Di Laurentis com certeza não estava nos seus planos... muito menos gostar de ficar com Dean Di Laurentis!

Dean não é do tipo que namora, logo, um namoro o assusta. Allie não é do tipo que faz sexo sem compromisso, logo, um relacionamento do tipo a assusta. Os dois resolvem manter o que está rolando entre eles em sigilo, pelo menos enquanto estão tentando compreender seus sentimentos, mas a gente sabe que isso nunca dá certo, não é mesmo?  E conforme o tempo vai passando, a ligação entre eles vai crescendo, e o que antes era uma relação estritamente sexual vira algo mais.

Será que Dean Di Laurentis finalmente encontrou alguém capaz de fazê-lo sossegar?

Não sei aonde ele está me levando, mas fico feliz em deixá-lo me guiar. Seguiria Dean Di Laurentis até os confins da terra. Para as entranhas de um vulcão, se ele me pedisse para ser a Meg Ryan do seu Tom Hanks. Para Mordor, se ele me pedisse para ser o Sam do seu Frodo.

••••••••••

Quem leu a resenha e O Acordo e tem boa memória deve lembrar que eu não curti o Dean. Cheguei a comentar que quando fizesse a leitura de O Jogo ou eu iria amá-lo ou iria odiá-lo mais ainda. Pois eu o amei, e tenho que parabenizar Elle Kennedy por me trollar, pois nos dois livros anteriores ela molda Dean de uma forma muito cafajeste, mas isso não foi feito a esmo. Ela queria que nós, leitores, ficássemos com um pé atrás com o personagem porque isso é exatamente o que o próprio personagem quer que aconteça! Ele dá uma de bon vivant e quer que as pessoas olhem para ele e vejam apenas um cara rico que gosta de sexo e diversão quando na verdade ele é um bonachão, e, dentre os quatro amigos, é o que possui o maior coração. Ele vê o melhor nas pessoas, mas curiosamente não quer que as pessoas vejam o que há de melhor nele.


Já Allie aparece no primeiro livro como a melhor amiga e colega de quarto de Hannah. Ela é uma menina que sabe o que quer, e o que ela quer é ser uma grande atriz, por isso não hesita em terminar seu relacionamento de anos ao perceber que seus sonhos não significam nada para o namorado.

Há duas coisas bem legais no relacionamento de Dean e Allie. A primeira é o fato de que é fácil observar que eles são companheiros, que têm liberdade para falar sobre tudo, para implicar um com o outro e para falar exatamente o que eles querem tanto sentimentalmente quanto sexualmente. Em um relacionamento o amor é imprescindível e a diversão é fundamental, e o relacionamento deles é exatamente assim. É divertido e ousado sem deixar de ser amor. A segunda é o fato deles despertarem o que há de melhor um no outro. Estão sempre se apoiando, se incentivando e apontando os erros e os acertos que cometem.

Outro ponto que merece destaque é a família de Dean, que vai na contramão das famílias ricas e poderosas dos New Adults. Os Di Laurentis são compreensivos e amorosos, e por mais que dessem tudo do bom o do melhor para os filhos, também os ensinaram a ter deveres e responsabilidades.

Os personagens secundários são aqueles que nós já conhecemos nos outros livros, mas temos novas adições como Summer, irmã maluquete de Dean, e Sabrina, que já apareceu antes na série, mas que neste livro começa a ter sua história contada, já que ela protagoniza o próximo livro juntamente com Tucker. E os diálogos? Elle se supera a cada livro! Em O Jogo nós temos dois marmanjos musculosos debatendo sobre Crepúsculo, gente... é hilário! 😂


Os livros da série Amores Improváveis, apesar de muito divertidos, sempre têm uma parte mais séria. A Elle já abordou violência sexual, abuso psicológico, alcoolismo... e em O Jogo nós também temos uma parte mais dramática que serviu como ponto de partida para Dean se reinventar e amadurecer.

A edição da Paralela segue o padrão dos livros anteriores, diagramação simples, confortável, folhas amareladas e de boa qualidade. Encontrei um errinho de revisão, nada mais. Dentre todas as capas - incluindo a do quarto livro, que já foi divulgada - esta é a que mais me agrada. O livro é narrado em primeira pessoa ora por Dean, ora por Allie; e gostaria de comunicar que finalmente me acostumei com diálogos feitos entre aspas! 😂 As partes mais sensuais da narrativa são de super bom gosto, e apesar de estarmos falando de Dean Di Laurentis, senhor do sexo, não há nada vulgar. 😄

O Jogo foi o livro que li mais rápido dentre os três já lançados, pois Dean é tão carismático e tão encantador que era impossível deixá-lo esperando. Adorei a leitura e o finalizei com um sorriso no rosto e com a boca aberta, já que temos um cliffhanger daqueles para o próximo livro, A Coquista!


Leia também:

http://www.meuepilogo.com/2017/03/resenha-o-acordo-elle-kennedy.htmlhttp://www.meuepilogo.com/2017/03/resenha-o-erro-elle-kennedy.html

57 comentários

  1. Oi, Tami. Eu também fiquei com um pé atrás com o Dean porque eu achei ele muito galinha, e sem aprofundamento. Assim que terminei a obra dele e vi o quanto ele era fofo, e super gente boa, eu passei a amá-lo. É um dos boys mais legais que tem na história, mesmo que eu goste de todos kkk Gostei muito da Allie também mas demorei muito pra lembrar dela já que desde o primeiro livro, não vi ela aparecendo nenhuma vez. Fora isso, eu até chorei!!!
    Estou louca para ler A Conquista e tentar entender aquele final porque fiquei de queixo caído.
    Beijo! Leitora Encantada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dean enganando direitinho a gente! hahahah

      Excluir
  2. Oi, Tami.
    Há gente todo mundo ama esses livros, e sei que estou perdendo tempo, mas estou com tanta leitura parada.
    Gostei que o casal desse livro parece ser aqueles fofos, do tipo conta comigo né?
    Beijo

    Te Conto Poesia ♥

    ResponderExcluir
  3. Olá Tamiii. Eu nunca tinha ouvido falar desse livro (tbm, fico só nos psicopatas), mas quando li a sinopse meu interesse tornou-se nulo, porém sua resenha tá muuuuuuito boa e parece que uma história bem feito no final, os personagens tem evolução (tipo o Dean) e bom, não se leria, mesmo tendo concluído que ele é bom, já que o gênero não me dá muita paciência, mas eu assistiria uahsuashuahsau

    bjs, Carol | Espilotríssimo
    www.carolespilotro.com

    ResponderExcluir
  4. Oi, Tamires!
    Estou louca para ler esses livros!
    Só pela sua resenha já estou apaixonada pelo Dean. Muito bom quando a autora nos surpreende e nos faz gostar de um personagem que odiávamos a princípio. rsrs...
    Obrigada pela dica!
    Beijão!
    http://www.lagarota.com.br/
    http://www.asmeninasqueleemlivros.com/

    ResponderExcluir
  5. Oi Tami!
    Essa série é incrível! E realmente, contra todas as probabilidades, o Dean foi o amigo que mais me surpreendeu. Ele com aquela pose toda de "sou fodão e que o mundo se exploda" não deixa transparecer o seu eu real. A cena com os rapazes discutindo sobre Crepúsculo é impagável! kkkk
    Amei a resenha... Bjs e até mais!

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito divertida a parte do Crepúsculo! hahahaha

      Excluir
  6. Oi, Tami!
    RÁ! Sabia que você também seria mais uma a gostar do Dean. Realmente a Elle fez toda aquela imagem de cafajeste pro cara e na hora desse livro, ele é muito amorzinho. Confesso que me surpreendi com a personalidade dele.
    Eu adorei a relação entre ele e a Allie. Como você disse, eles comentam de tudo um com o outro.
    Aquela parte dramática até hoje me dói e tenho traumas. Só fico feliz porque a Elle comentou que chorou horrores quando escreveu.
    Só sei que já estou na expectativa da história da Summer com o Fitz. Só pela curta cena deles, já sei que o babado vai ser bom hahahhaha
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do #Sorteio1KSeguidores

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amei a Summer, a menina tem atitude: "quero ele!" Super objetiva! hahahahah

      Excluir
  7. Olá
    Eu quero muito começar a ler os livros dessa autora, especialmente porque só leio bons comentários a respeito e acho as capas maravilhosas. É um gênero que eu amo, por isso espero adquirir logo a série completa. Sua resenha me deixou ainda mais apaixonada!
    Beijos, F

    ResponderExcluir
  8. Olá, Tamires.
    Eu não li O Acordo, só O erro por isso não lembro da garota. E também mal me lembro dele hehe. Eu acho os livros dessa série ótimos, mas são histórias que não ficam gravadas, eu praticamente já me esqueci de todo mundo hehe. Mas quero ler esse e me apaixonar pelo protagonista hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhhh, pois eu lembro de todos os meus New Adults amorzinhos! <3 hahahah

      Excluir
  9. Oi Tamires!

    Acho que de todos esse foi o mais engraçado, eu ri muito com o casal! Dean é encantador e a Allie é uma personagem super livre, madura, gostei bastante dos dois! Agora é esperar o próximo.

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante
    Sorteio A guerra que salvou a minha vida

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem me fale, já estou aqui super na vontade de ler A Conquista! \õ/

      Excluir
  10. Salve Tami!!!
    Olha quem voltou, se não o blogueiro mais herpes que você respeita (herpes, pq quando vc acha que se livrou de mim... tcharam eu apareço de novo)
    Vc sabe que essa não é exatamente minha leitura.
    "Então o que diabos vc ta fazendo aqui?" vc deve estar se perguntando.
    Passei aqui pra comunicar que uma vez de volta com o notebook, eu irei agora resenhar o Duque e eu.
    E queria perguntar tbm, como andam suas leituras, pra saber quando vc podera ler aquela hq que eu te passei.
    bjos LP
    quatroselos.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "herpes, pq quando vc acha que se livrou de mim... tcharam eu apareço de novo"

      BERRO!!!!! HAHAHAHAHAHAHAHA

      Ansiosa para ler sua resenha de O Duque e Eu! hahahahahaha
      Sobre a HQ, não li ainda...shame on me!

      Excluir
  11. Oi. :)
    Tenho os dois primeiros livros, mas nunca tive a chance de ler rs.
    Já preciso desse pra ler os 3 um atrás do outro, só leio elogios sobre essa série.
    É bem o gênero que eu amo, sua resenha só me deixou ainda mais ansiosa pra começar a leitura.
    Parabéns pela resenha, ficou ótima!
    Blog As Meninas Que Leem Livros
    Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meniiina você tem que começar logo, aproveita que o quarto vai ser lançado já já e faz maratona! hahahaha

      Excluir
  12. Quero muito ler esta série porque li um outro livro da Elle Kennedy e adorei fortemente. Outro fator é que só leio elogios e isso aumenta minha curiosidade.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    bj

    ResponderExcluir
  13. Oi
    eu já estava curiosa para ler essa série, mas depois dessa resenha com certeza vou ler quando tiver chance, que bom que teve uma visão diferente do personagem desse livro.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Olá, ainda não comecei a ler essa série da qual o livro faz parte, mas após conferir as resenhas estou bem animada para lê-la, pois parecem o tipo de romance que gosto. Achei legal a protagonista ir atrás dos seus sonhos, não se prendendo a um relacionamento infeliz, e gostei também do fato de o protagonista surpreender sendo bem melhor do que se poderia imaginar pelos livros anteriores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você achou isso legal então vai adorar o livro! \õ/

      Excluir
  15. Olá, tudo bem? Essa série deve ser bem legal, estou vendo falarem super bem dos livros... Adorei sua resenha e fiquei mais curiosa do que já estava!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  16. Oi Tami! Eu preciso retomar a leitura da série, pois amei o primeiro e gostei da narrativa fluida da autora.

    Bom final de semana!!!Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Retome sim, Cida! A série é maravilhosa! <3

      Excluir
  17. Oi Tami,
    Eu tenho os ebooks desses livros (acho que o 1 e o 2, falta este).
    Fiquei com medo de ler a resenha e pegar algum spoiler importante, mas saber que você gostou tanto já me anima a ler a série. Geralmente, sequências não são tão boas, né?
    Beijos
    https://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minhas resenhas não têm spoiler, Alê! Caso eu precise soltar algum eu sempre coloco spoiler alert! ;)

      Geralmente não são mesmo, mas as da série Amores Improváveis são! <3

      Excluir
  18. Oi! Quero ler essa série. E não sabia que abordava temas tão serios. Realmente Dean pelo que descreveu não é de se apaixonar. Mas a graça do livro é mexer com nossas emoções. Bjos ❤

    Click Literário

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois Elle aborda assuntos importantes sim, e acho isso ótimo!

      Excluir
  19. Oi Tamires, tudo bom?
    Já passei por essa série várias vezes, mas não tinha parado pra saber do que se tratava - só que era um NA porque a capa deixa isso a entender :P
    Adoro quando obras desse tipo abordam temas importantes e trabalham eles direito, com críticas pra cima disso. Esse gênero literário, principalmente, tem muito a ensinar pra juventude. Já fiquei interessada por saber que a autora faz isso muito bem!
    E o relacionamento dos protagonistas parece ótimo! *---*
    Adorei a resenha.

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Têm mesmo, Denise. Muitos falam sobre drogas, abuso sexual, más companhias... é bom que quem está passando por algo do tipo pode se identificar e ao menos tentar buscar ajuda, né?

      Excluir
  20. Oie Tami =)

    Ao contrário de você sempre gostei do Dean, justamente por esse lado cafajeste dele. Algo me dizia que existia algo a mais nisso, e que no fundo ele era "um bom menino" rs...

    Estou lendo O Jogo no momento, porém devo confessar que já quis dar uns tapas da Allie em muitos momentos rs... ela me irritou com todo aquele mimimi dela com o Sean ¬¬

    Acho que termino de ler ele hoje, depois que chegar do cinema. A única coisa que me deixa triste é que mês que vêm o ultimo livro da série chega =/ Acabou tão rápido.

    Beijos;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que o mimimi dela foi aceitável, ela passou muito tempo com o Sean... mas pelo menos ela superou rápido, né?

      Nem me fale, já estou sofrendo aquiiiii!

      Excluir
  21. Oie, tudo bom?
    Já vi resenhas sobre esse livro, mas ainda não me interessei pela leltura! Não sei o que me impede, rs. O sobrenome Di Laurentis já me fez pensar na hora em PLL, hahaha. A capa também não me deixa curiosa sobre. Acho que deixo passar ^^

    ResponderExcluir
  22. Oie!
    Eu amo essa série!
    Ainda não li o terceiro livro, mas será uma das minhas próximas leituras, e com certeza será uma das minhas favoritas.
    A narrativa da autora é ótima!
    Uma das melhores!
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  23. Oii :)

    Ual que resenha incrível! Eu só li " O Acordo" até agora e amei! preciso muito continuar a série, estou louca para ver esse outro lado do Dean, também achei ele cafajeste kkk

    Beijos!
    Jess
    www.pintandoasletras.com.br

    ResponderExcluir
  24. Olá!
    Não li essa série. Mas, fico contente por saber que você iniciou o livro não gostando do personagem e no segundo tenha mudado de opinião. significa que a série só está crescendo mais e mais. Quem sabe eu arrisque essa leitura breve.
    Abs
    nizete
    Cia do leitor

    ResponderExcluir
  25. Olá!! :)

    Eu confesso que não conhecia este livro mas ainda bem que apreciaste a leitura assim tanto! Contudo, não lerei por não gostar de livros hot..

    Bem, acho ótimo que tenha sido a leitura mais rápida dos três..! Ah, e também foi complicado para mim habituar-me a diálogos entre aspas... Mas há livros assim :P

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  26. Oi! Já tinha visto falar desses livros, que são histórias de diferentes protagonistas, mas que aparecem como secundários nos outros livros.
    Só não vou adicionar à minha lista por não gostar muito do gênero, mas adorei sua resenha!

    ResponderExcluir
  27. Oi, eu amei realmente O Erro, e nunca cheguei a odiá-lo; acredito que mesmo ele sendo um cafajeste, ele nunca enganou ninguém e todos sabiam seu estilo, ele apenas não havia encontrado a certa assim como seus amigos e tenho que confessar que esse é o livro que mais amei a capa e que estou literalmente louca para ler! Adoro esses romances onde ambos temem estilos de relacionamento, mas não conseguem segurar seus sentimentos. Tenho certeza que irei me apaixonar ainda mais ao conhecê-lo como ele realmente é e não com a imagem que ele insiste em manter e Allie realmente não parece ser do tipo sem personalidade, o que já me faz gostar dela. Correndo para garantir o meu e já iniciar a leitura! Amei e espero continuar amando essa série <3
    Um beijo
    www.brookebells.com

    ResponderExcluir
  28. Oii, tudo bem?
    Não conhecia a obra, confesso que o gênero não me chama a atenção. Não curto livros hot pela maioria dos personagens serem um poucos superficiais. Achei clichê também, então, vou passar a dica.
    Bjos

    ResponderExcluir
  29. olá. :D
    Eu achei que seriam apenas dois livros xD
    não me animei pra ler porque não curto esse gênero, romance...
    bacana você ter se surpreendido de maneira positiva com o personagem Dean, depois de tê-lo visto como alguém detestável. Senti algo parecido com um personagem de Jane Austen ahhahha
    bjs, flor... ^^

    ResponderExcluir
  30. Eu tenho uma certa dificuldade pra associar séries de romance... Pra mim essas histórias deveriam ser fechadas, acho que acaba sendo mais do mesmo, e isso não me agrada no geral. Fico feliz que tu tá curtindo e fico na torcida pra que goste de todos.

    ;D
    Nelmaliana Oliveira

    ResponderExcluir
  31. Oi, tudo bem?
    Gosto muito do estilo dessas capas, diferente né?
    Eu li O Erro e não gostei hahaha. Não dá certo comigo esse gênero... Mas, para quem gosta, parece realmente ser uma ótima série.
    Você disse que a autora aborda assuntos importantes, além do romance, e realmente notei isso quando li O Erro. Foi a parte que mais gostei :)

    ourbravenewblog.weebly.com

    ResponderExcluir
  32. Oie! Tudo bem?

    Eu amo demais as capas e propostas desses livros, a cada resenha positiva como a sua que leio, fico cada vez mais com vontade de ter eles logo para realizar a leitura, espero amar as histórias como você!

    BJss

    ResponderExcluir
  33. Oii Tamires, tudo certo? Ameei sua resenha! Tenho lido muitas sobre essa série recentemente, mas acho que O Jogo tem tudo para me agradar, então quem sabe eu comece logo por ele haha. Ansiosa para conhecer essa personagem cheia de atitude :D Dica anotadíssima.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  34. Oi Tamires, como está?
    Acho as propostas dessa série tão clichê e ao mesmo tempo tão interessantes que minha vontade de ler aumenta a cada resenha deles que leio. Ainda mais quando as histórias, apesar de parecerem mais do mesmo, trazem assuntos que precisam ser abordados sempre.
    Abraços e beijos da Lady Trotsky...
    http://rillismo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  35. Olá!
    O primeiro livro dessa série, O Acordo, está na minha lista de desejados a muito tempo, tenho muita vontade de dar inicio a essa série que rende tantos elogios. É maravilhoso quando as capas seguem um padrão, né? Da vontade de colocar na estante e ficar só observando. O bom de se envolver tanto com um personagem, por causa de sua carisma é que a leitura flui muito melhor, ainda que a história não seja a mais maravilhosa de todas.
    Beijos,
    Nay
    Traveling Between Pages

    ResponderExcluir