11 de maio de 2017

Resenha | Coroa Cruel - Victoria Aveyard


Livro cedido em parceria com a editora.

Autora: Victoria Aveyard

Série: A Rainha Vermelha #0,1 / #0,2

Número de páginas: 232

Ano: 2015

Editora: Seguinte

Skoob: AQUI

Compre: Americanas | Submarino
Sinopse: Duas mulheres uma vermelha e uma prateada contam sua história e revelam seus segredos.

Em Canção da Rainha, você terá acesso ao diário da nobre prateada Coriane Jacos, que se torna a primeira esposa do rei Tiberias VI e dá à luz o príncipe herdeiro, Cal tudo isso enquanto luta para sobreviver em meio às intrigas da corte.

Já em Cicatrizes de Aço, você terá uma visão de dentro da Guarda Escarlate a partir da perspectiva de Diana Farley, uma das líderes da rebelião vermelha, que tenta expandir o movimento para Norta e acaba encontrando Mare Barrow pelo caminho.


O fogo está dentro dele, o fogo que queimará o mundo inteiro.

No conto Canção da Rainha nós conhecemos a cantora Coriane Jacos. Cantores têm o poder de controlar as pessoas, basta olhar nos olhos da vítima e falar o que deseja para que a pessoa, hipnotizada, realize o que quer que seja. Só que Coriane era uma boa pessoa e não conseguia usar seu poder em benefício próprio. Em um mundo onde quanto mais poderoso você for, mais seguro você estará, a benevolência de Coriane foi, em parte, responsável por seu fim.

Coriane era uma jovem de quinze anos quando teve que se mudar para a corte, em Archeon. Ela era uma Jacos, uma casa que, por mais tradicional que fosse, estava à beira da falência. Em uma festa, Coriane acaba conhecendo o príncipe Tiberias. Ele, por sua vez, acaba se apaixonando por Coriane, mas tem um compromisso com a Prova Real, competição onde as meninas mais poderosas do reino competem entre si e onde a mais poderosa ganha a honra de se casar com o príncipe herdeiro. Tiberias abre mão da Prova Real e acaba casando-se com Coriane. Isso desperta a ira de muita gente, inclusive de Elara Merandus.


Alguns anos depois, após a morte do rei Tiberias V, príncipe Tiberias passa a ser o rei Tiberias VI, e Coriane passa a ser rainha de Norta. Só que desde o seu casamento com Tiberias, Coriane passou a ser atormentada com pensamentos estranhos e pesadelos perturbadores. Ela acha que alguém está invadindo a sua mente, tentando fazer com que ela enlouqueça. Após o nascimento do seu primeiro filho, Tiberias (sim, todo mundo se chama Tiberias 😂), os pesadelos vão ficando cada vez mais insuportáveis.

Coriane escreve todas as suas angústias em um diário que ganhou de seu irmão, Julian. É nesse diário que ela escreve seus piores medos. É nesse diário que ela escreve suas expectativas em relação a Norta e em relação ao seu filho. E é nesse diário que ela escreverá as suas últimas palavras.

Os Calore são filhos do fogo, tão fortes e destrutivos quanto suas chamas. Mas Cal não será como os que vieram antes dele. O Fogo pode destruir, pode matar, mas também pode criar. A floresta queimada no verão estará verde na primavera, melhor e mais forte do que antes. As chamas de Cal vão construir, vão criar raízes sobre as cinzas da guerra.

Em  Cicatrizes de Aço acompanhamos Diana Farley em sua primeira grande empreitada. Antes de tornar-se uma das grandes líderes da Guarda Escarlate, Farley não tinha autonomia para nada, mas isso muda quando o Comando a envia em sua primeira missão como capitã, onde teria sua própria equipe.


Seu objetivo era conseguir alianças para a causa, mas como estamos falando de Farley, não demora muito até ela começar a arquitetar planos por conta própria. Acompanhamos suas incursões em territórios inimigos, o que gera muitas perdas, mas também um grande achado, achado este que torna-se um informante valioso e uma aquisição indispensável para a Guarda.

Vamos juntos com Farley até pouco depois do momento fatídico que transforma Mare Barrow em Mareena Titanos.

Soldados vermelhos são recrutados, lutam, e morrem aos milhares, ano após ano. Dizem-lhes para lutar pelo rei, para defender sua família e o país, que certamente seria dominado e destruído se não fosse pela coragem forçada deles. E os prateados ficam sentados confortavelmente, movendo suas legiões de brinquedos de um lado para o outro, trocando golpes que nunca parecem mudar muita coisa. Os vermelhos são pequenos demais, limitados demais, desinformados demais para perceber. É doentio.


••••••••••
Coroa Cruel reúne dois contos. Canção da Rainha, o primeiro deles, antecede a história do primeiro livro, A Rainha Vermelha. Já o segundo, Cicatrizes de Aço, acontece quase simultaneamente.

Foi legal conhecer um pouco mais a rainha Coriane, que foi mencionada algumas vezes no decorrer do primeiro livro, mas os acontecimentos antes da sua morte não são muito relevantes.

Acho que o mais interessante foi ver que a rainha Coriane escreveu em seu diário tudo aquilo que ela queria que Cal não fizesse, mas Cal está – ou estava – transformando-se justamente naquela pessoa que ela não queria que ele fosse.
  
Canção da Rainha não é um conto ruim, mas é dispensável para o desenrolar da história.

Cicatrizes de Aço, por mais cansativo que seja com seu tom mais militarizado, nos mostra uma perspectiva interessante através dos olhos de Farley.

Apesar de ser uma mulher forte e destemida, que não tem medo de arriscar a própria vida em prol daquilo que acredita. Farley também tem um lado mais vulnerável, que só vem à tona quando aspectos de sua vida pessoal são mencionados. Esses aspectos não são explorados nesse conto, mas temos um vislumbre dos mesmos.

Nesse conto vemos o desabrochar de uma guerrilheira, uma mulher que vai fazer de tudo para salvar inocentes de um governo tirano e opressor.



A edição da Seguinte está linda, a capa é um primor, aliás, as capas de todos os livros da série são maravilhosas, pena que meu exemplar veio com a capa toda arranhada. As folhas são amareladas, de boa qualidade e eu não encontrei erros de revisão. Ao final do livro temos um mapa, o que eu adoro, pois sou dessas pessoas que gostam de ficar indo consultar o mapa conforme os personagens vão se movimentando na história.

Em suma, Coroa Cruel não é uma leitura obrigatória, mas não deixa de ser interessante poder acompanhar eventos que ajudaram - ou atrapalharam - os acontecimentos dos livros seguintes.

48 comentários

  1. OI MENINE

    confesso que o que mais me chama a atenção quando me deparo com esses livros são as capas. Esse brilhante maravilhoso, quase holográfico, fica me chamando e dizendo: ME COMPRE. ME TENHA NA SUA PRATELEIRA! HAHAHAHA
    pelo que ja li da sinopse (que procuro não aprofundar muito com medo de spoilers) também seria o meu tipo ideal de leitura, só me faltam os dinheiros, menine D;

    beijo
    beinghellz.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahahahha as capas são maravilhosas mesmo!

      Excluir
  2. Oi, Tami!
    Menina, queria saber como recuperar meu tempo que perdi lendo esses contos... Naaam pelamor! A Canção da Rainha foi o conto mais dispensável que já li na vida!
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não fiquei tão revolts quanto você, mas realmente é dispensável! hahaha

      Excluir
  3. Oi Tami,
    Confesso que não consigo gostar dessa série de livros.
    Sinto que todas as histórias anteriores se unem em uma só e não consigo me convencer a gostar dos personagens, sabe?
    Sei lá... Não recomendaria. :(
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sempre recomendo, porque não é porque eu não curto muito que outra pessoa não pode gostar, né? Por isso sempre digo que é bom ler para tirar as próprias conclusões! :)

      Excluir
  4. Olá, Tamires.
    Eu não comprei esse livro. Tenho os outros três, mas achei que esse não era exatamente necessário para a leitura hehe. Mas fiquei interessada no conto que é pelos olhos da Farley, parece ser bem interessante mesmo. Pode ser que eu compre hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é necessário mesmo, Sil, mas é interessante conhecer o outro lado também!

      Excluir
  5. Oi, Tami! Eu li esse livro é senti que perdi um tempo precisooooooo. Só gostei do conto Canção da Rainha e o resto não me prendeu. Aliás essa série... Despensa maiores comentários porque você já sabe tudo o que digo sobre ela.

    Bjão
    Di, Blog Vida & Letras
    www.blogvidaeletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oi, Tami!
    Não sei se você lembra, mas não consegui ir até o fim do primeiro livro dessa série, né... então, não gostei muito, por isso acho que nem vou continuar com os outros. :/ Uma pena. Queria gostar hahaha
    beijos
    whoosthatgirrl.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lembro sim, Rê! Eu ainda estou conseguindo seguir firme e forte! hahaha

      Excluir
  7. Oi Tamires! Tudo bom?
    Não li os contos porque achei meio dispensável, especialmente por ter tanta informação relevante nos livros. A Victoria explica tudo, fazer conto extra pra personagem que é melhor ficar no enigma acaba estragando um pouco as coisas :P
    Adorei a resenha!

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O conto da Farley eu achei bem pertinente, pois podemos ter um vislumbre do motivo pelo qual ela é como é, então achei legal. :)

      Excluir
  8. Olá, tudo bem? Estou doida para ler essa série, mas ainda não tive tempo... Adorei a resenha!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  9. Oi, Tamires. Só lendo um pouco a sua resenha eu percebi o quanto a história da Rainha Vermelha parece muito com as outras histórias de distopias que conheço, talvez seja por isso que mesmo tendo o livro, nunca quis realmente ler a história. É uma pena porque muita gente realmente gostou, mas eu não tenho o mínimo interesse :/
    Beijo! Leitora Encantada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela é realmente muito parecida com muitas distopias, é uma colcha de retalhos!

      Excluir
  10. Olá sou suspeita pra falar sobre esses livros, ainda não tive a oportunidade ler coroa cruel mais a rainha vermelha e espada de vidro foram leituras maravilhosas que me pegaram de jeito.

    ResponderExcluir
  11. Olá!

    Bem, eu não consegui entender muita coisa da trama, já que nunca li o primeiro livro. Mas confesso que curiosidade não me falta, preciso encaixar logo esse livro na minha TBR. Mas o conjunto da obra me parece ser muito interessante, sinto que vou gostar!

    Ingrid Cristina
    Plataforma 9 3/4

    ResponderExcluir
  12. Confesso à você que eu nunca tive vontade de ler nenhum livro da série até agora.
    Mas fiquei completamente encantada pela forma como você fez a sua resenha. Não que eu não tenha me deparado com bons resenhistas, mas sua forma de escrever é maravilhosa. Parabéns!
    Me instigou muito, eu fiquei super curiosa!

    Eliziane Dias

    ResponderExcluir
  13. Ola
    Já li os outros títulos, estou a espera desse, e cada dia mais ansiosa, especialmente porque amo essa série, e também porque já li bons comentários a respeito. Li sua resenha por cima porque não quero ler muito da trama em si, mas gostei de acompanhar suas impressões. Impossível não querer ler logo! Amei a foto <3
    Beijos, F

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Não li nenhum livro dessa série ainda, mas quero muito.
    Lendo a sua resenha, achei esse dos contos meio parecido com o enredo da Seleção. Estou enganada?
    Mesmo assim, adoro as capas desses livros, e espero poder ler todos em breve.

    ResponderExcluir
  15. Já li A rainha vermelha e amei, pretendo ler a continuação, mas apesar das tramas desses contos serem interessantes, não pretendo ler, já que não é obrigatório. Eu não curto contos, então acho que não vai ser uma leitura aproveitável pra mim.

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  16. Oi Tamires,
    fiquei perdida em algumas coisas, pois não acompanho essa série.
    Achei até que A Prisão do Rei era o último, mas vi que terá mais um livro.
    Acho que os contos devem ser muito validos para quem é fã da série eles acabam dando uma ampliada no universo criado pela autora.
    Infelizmente ainda não tenho vontade de iniciar essa série. =/

    Bjs,
    Garotas de Papel

    ResponderExcluir
  17. Olá!
    Eu sou louca para ler a série A Rainha Vermelha, mas ainda bem que esse livro que você resenhou é dispensável para o entendimento da história, porque ele não me chamou atenção em nada, talvez me dê vontade de ler, quando eu começar a ler a série e ficar mais interessada nos personagens, né? Mas por enquanto, é algo que eu não leria. A leitura parece ser extremamente cansativa.
    Beijos,
    Nay
    Traveling Between Pages

    ResponderExcluir
  18. Oii, tudo bem?
    Tenho o primeiro livro aqui, mas ainda não li, então, li sua resenha por cima kkk sempre ouço dizer que é uma história que ou a pessoa gosta ou odeia.. espero que goste kkk
    Não sabia que já haviam 4 livros da série, acho que vou esperar um pouquinho pra começar a ler, já que estou evitando séries

    ResponderExcluir
  19. Olá!
    Não tenho vontade de ler a série, mas concordo que essas edições estão maravilhosas com essas capas espelhadas. Acho que esses contos são mais para quem é fã da série e quer saber mais sobre aquele mundo, raramente vejo um que realmente acrescente algo na história. Mas adorei sua resenha e os pontos que você levantou!
    Beijos,

    Luana

    ResponderExcluir
  20. Oiiiii,

    Eu tenho muita vontade de ler esta serie só por causa da edição da seguinte que é simplesmente maravilhosaaaaaaa. Eu estou com Rainha Vermelha na minha lista de próximas leituras e sua resenha sobre os contos e a maneira como eles se encaixam na história principal me deixaram curiosa pra poder saber os reais acontecimentos da história.

    Beijinhos...
    http://www.paraisoliterario.com/

    ResponderExcluir
  21. Olá!!!

    Até agora eu só li a rainha vermelha, gostei do livro, mas não é tudo aquilo que eu achei que seria. Sendo assim, estou protelando um pouco para continuar e já que esse livro de contos não é tão relevante vou me manter na história principal e depois conferir Coroa Cruel. Adorei sua resenha.

    Beijos e Sucesso!!

    ResponderExcluir
  22. Olá!!!

    Até agora eu só li a rainha vermelha, gostei do livro, mas não é tudo aquilo que eu achei que seria. Sendo assim, estou protelando um pouco para continuar e já que esse livro de contos não é tão relevante vou me manter na história principal e depois conferir Coroa Cruel. Adorei sua resenha.

    Beijos e Sucesso!!

    ResponderExcluir
  23. Oi Tami, tudo bem? Eu acho as capas da série belíííssimassss, ia ficar muito chateada se recebesse o livro com ela arranhada ahahaha. Então, não gosto muito de distopias mas ainda encaro algumas e pensei muito em pegar essa série. Sei que eu deveria tirar minhas próprias conclusões mas as opiniões são bemmm divididas. Pelo que entendi esse livro é tipo um prelúdio e ao mesmo tempo um novo olhar sobre a história, é isso? Vi muita gente falando que era desnecessário, é chato quando os autores ficam arrastando a série com livros só pq fez sucesso né? aff

    Bjosss

    www.porredelivros.com

    ResponderExcluir
  24. Olá, tudo bom?
    Não li os outros livros ainda, então fiquei um pouco perdida na resenha e acredito que não adiante eu ler esse sem ter lido os outros né? Achei legal esse pequeno "complemento" a série, ainda mais sendo uma distopia, gênero que tem muitos elementos. Fiquei curiosa com esse conto onde temos o desabrochar de uma guerrilheira. Uma pena que seu exemplar veio com a capa arranhada =/

    Beijos

    ResponderExcluir
  25. Li o primeiro livro e não funcionou muito bem pra mim porque senti muitos elementos de outros livros e isso me incomodou. Que bom que você está seguindo com a série e que ela está te satisfazendo.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  26. As pessoas sempre falam que essa série é muito parecidas com outras e tals, mas todas são! hahah Sempre vai ter algo em uma série que nos lembre de outra (o que é Divergente se não Jogos Vorazes de outra forma, e essas são duas séries que eu amo), o que as faz se diferente é o enredo , a forma de narrar , mas ideia é a mesma, então acho meio justo dizerem que essa série em específico , traz traços semelhantes de outras séries.
    Eu tenho esse livro (bem como os demais da série), e quero muito ler o quanto antes, eu amo esses contos , mesmo que eles sejam dispensáveis para a trama da série. Beijos!!

    ResponderExcluir
  27. Olá, tudo bom?

    Já ouvi falar muito bem dessa série, quero muito ler. Não sabia que esse livro era de contos da história, achei que era uma continuação. Acho interessante quando os autores fazem contos da história na visão de outros personagens, faz o ler leitor ver a história de outra forma e até gostar mais dela, se não curtiu tanto.

    Beijos:*

    ResponderExcluir
  28. Oie! Tudo bem?

    Eu desisti de realizar a leitura dessa série, enquanto ela era uma trilogia e as pessoas falavam bem da trama minha vontade era grande, mas quando veio a noticia de que haveria mais livros e as criticas começaram a ficar ruins, preferi deixar essa série de lado e focar em outras!

    bjSS

    ResponderExcluir
  29. Oi!
    Eu não tenho o livro físico, mas tenho os contos separados no meu Kindle, e preciso criar vergonha na cara e lê-los, já que estou partindo para o terceiro livro já.
    Mesmo não sendo uma leitura obrigatória deve ser muito interessante acompanhar alguns pontos da trama pelos olhos dessas narradoras

    ResponderExcluir
  30. Sempre achei essa coleção muito linda. Já ouvi muita gente falar bem nas histórias também. Me convenceu, vou ler a série! Tomara que eu goste também. Beijos!

    ResponderExcluir
  31. Oie!
    Eu gostei bastante do livro, pois traz mais detalhes sobre essa história que me conquistou bastante.
    Não vejo a hora de ler o terceiro volume que foi publicado recentemente, e preciso ler para ontem.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  32. Oii Tamires, tudo bem? Adorei a resenha. Eu li os dois primeiros livros da serie e gostei, mas não foi aquilo tudo, sabe? A Mare me irritou demaisss, porém adorei as reviravoltas, e confesso que em certos momentos me vi torcendo um pouquinho pelos vilões haha. Eu não sei se lerei Coroa Cruel, pois vejo aqui que não vai mudar em nada minha visão sobre os livros, ou algo na história, então passarei direto para o terceiro livro! :D Também acho as capas maravilhosas, só não gostei que o A Prisão do Rei é de cor diferente, ficaria muito mais harmonioso todos prateados :)

    Beijos

    ResponderExcluir
  33. Oi, tudo bem?
    Eu já li muitos comentários sobre essa série e confesso que apesar da mesma não ser de um gênero que costumo ler, eu tenho certa curiosidade com os livros, por essa razão fiquei animada com o seu post, mas lendo seus comentários não parece ser nada muito incrível e não me senti animada com os contos, sabe?

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  34. Oi Tamires, tudo bem?
    Eu sou apaixonada pelos dois primeiros livros dessa série e não vejo a hora de ler A Prisão do Rei, mas estou guardando Coroa Cruel para me distrair enquanto espero o quarto hahaha.
    Mesmo você falando que A Canção da Rainha é dispensável, eu gostaria de ver mais sobre a rainha Coriane.
    Ah e que chato sua capa ter vindo toda arranhada. Essa edição é tão linda, dá até uma dorzinha no coração de pensar na capa assim :/
    Adorei sua resenha e espero gostar deste livro quando eu finalmente resolver ler.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  35. Olá,
    Confesso que estou totalmente por fora da sequência dos livros dessa série, mas achei legal que você situou em que período cada um dos contos acontece.
    A premissa é bem interessante e podemos conhecer duas personagens bem distintas e peculiares. A que mais chamou minha atenção foi Coriane que mesmo tendo poderes bem interessantes não utilizou-os em benefício próprio.

    LEITURA DESCONTROLADA

    ResponderExcluir
  36. Não consegui ler os outros livros da série por perder o interesse, mas nitidamente pra quem gostou dos livros ler alguns contos no universo é bem proveitoso.
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  37. Oi, tudo bem?
    Eu não sabia que esse livro era um livro de contos da série, estou chocada hahaha.
    Não li a série e confesso que a história não faz muito meu tipo, então é bastante improvável que eu leia esse. Mas quem sabe eu não mude de ideia né? Achei legal a ideia desse livro para explorar ainda mais o universo :)

    ourbravenewblog.weebly.com

    ResponderExcluir
  38. Olá,

    Eu baixei cicatrizes de aço no iBooks, mas ainda não li porque não comecei a ler essa série ainda, já até comprei Rainha Vermelha e estou morrendo de curiosidade em conhecer esse universo.

    ResponderExcluir
  39. Oi Tami!
    Recentemente recebi o terceiro livro da série, mas ainda não li nenhum, então, estou perdida! Adorei conhecer suas impressões sobre esse volume e acho que é um livro que acrescenta bastante para a história.
    Gostei de saber que dois contos se passam antes do primeiro livro e outro simultaneamente. Vou tentar ler na "ordem".
    Beijos

    ResponderExcluir