7 de julho de 2017

Resenha | A Conquista - Elle Kennedy


Livro cedido em parceria com a editora.

Autora: Elle Kennedy

Série: Amores Improváveis #4

Número de páginas: 336

Ano: 2017

Editora: Paralela

Skoob: AQUI

Compre: Americanas | Submarino
Sinopse: De todos os jogadores do time de Hóquei da universidade de Briar, John Tucker se destaca por ser o mais sensato, gentil e amável. Diferente de seus amigos mulherengos, ele sonha com um futuro tranquilo: esposa, filhos e, quem sabe um dia, um negócio próprio. Mas nem mesmo o cara mais calmo do mundo estaria preparado para o turbilhão que está por vir.

Sabrina James é a pessoa mais ambiciosa, dedicada e batalhadora do campus. Seu jeito sério e objetivo é interpretado por muitos como frieza, mas ela não está nem aí para a fama de antipática. Tudo o que quer é passar em Harvard, tirar ótimas notas e conquistar a tão sonhada carreira de advogada. Só assim ela conseguirá escapar de seu passado difícil.

Um acontecimento inesperado vai mudar completamente os planos desses jovens. Juntos, eles aprenderão que a vida é cheia de surpresas - e que o amor é a maior conquista de todas.


Passo um braço sob seu pescoço, e, mesmo dormindo, ela se ajeita em mim, enroscando as pernas nas minhas. Dormimos abraçados. Duas metades de um todo maior e melhor.

John Tucker é um sonho: bonito, inteligente, bom filho, gentil, atencioso, cavalheiro... e ruivo! 😍 Ele é um dos astros do time de hóquei da Briar, mas, ao contrário de seus melhores amigos, nunca encarou o esporte como uma provável carreira. Seu grande sonho é se formar, retornar ao Texas e abrir um próspero negócio, podendo, deste modo, começar a construir sua tão sonhada família.

Em uma noite chuvosa que não prometia nada, Tucker põe os olhos em Sabrina James. E basta este olhar para ele ter apenas uma certeza: ele quer aquela garota! Só que as coisas não serão tão fáceis assim, já que Sabrina sabe que Tucker é um dos melhores amigos de Dean, por quem ela nutre uma antipatia enorme. Como o bom jogador que é, Tucker tem o jogo de cintura necessário para driblar esse pequeno obstáculo e acaba conseguindo chamar a atenção de Sabrina com seu charme e seu bom papo.

"Nunca quis virar profissional", acrescento. "Acho que é uma daquelas coisas que você tem que querer muito para correr atrás."
E então ela me oferece a abertura. "E o que você quer hoje em dia?"
"Você", respondo, sem rodeios.

Sabrina não tem boa fama nos arredores do campus da Briar. Sua determinação e seu desejo de ser sempre a melhor em tudo deram a ela uma fama não muito boa, mas ela não está nem um pouco interessada no que os outros pensam dela, pois sabe que se não se esforçar e se não tirar as maiores notas possíveis seu sonho de entrar para a faculdade de direito de Harvard pode não se concretizar, e seu maior sonho é poder sair de seu ambiente familiar desestruturado e desagradável.


Tucker e Sabrina começam uma espécie de amizade colorida, sem amarras e sem compromisso, mas ele não fica nada contente com isso, pois, como o bom moço que é, seu desejo é namorar como manda o figurino e ele acha que Sabrina é a mulher perfeita para ele. Só que Sabrina acha que não merece Tucker, acha que ele é bom demais para ela e que ela acabará estragando tudo mais cedo ou mais tarde.

Quando ele me beija, não é como das outras vezes. Aqueles foram beijos brutos, quentes e carregados de energia sexual. Este tem a leveza de uma pétala de flor e é doce como o mel em que ele envolve suas palavras. É como se Tucker estivesse despejando ternura em mim aos baldes. A cada toque dos seus lábios contra os meus, está repetindo a promessa de não me dar nada mais do que o que eu pedir.
E é este beijo - este beijo doce, terno e atencioso - que me assusta mais do que qualquer coisa na vida.

Mas algo totalmente inesperado acontece e Sabrina terá que aprender a lidar com seus sentimentos. Ela vai ter que acreditar que Tucker é capaz de lidar com seus fantasmas e ele, por sua vez, vai ter que repensar tudo o que tinha planejado, pois todos os seus planos agora estão nebulosos. Mas algo continua claro como água: ele quer Sabrina... e lutará com todas as suas forças para tê-la.

••••••••••

É o fim. Acabou. A série mais amorzinho de todos os tempos termina aqui! Ainda estou processando esse término, mas meu coração está em paz porque sei que esses personagens, agora, fazem parte de mim de alguma maneira.


Falar sobre o enredo deste livro é complicado, pois para quem não leu o livro anterior, O Jogo, seria um spoiler enorme, e eu não quero estragar a experiência de ninguém. É por isso que meu resuminho de sempre ficou tão enxuto. 😉

No livro anterior eu tinha me apaixonado por Dean, mas Tucker chegou de mansinho com seu jeito meigo e cavalheiresco e me conquistou completamente, tornando-se meu personagem preferido dentre os quatro protagonistas. Ele é perfeito, gente! Aquele tipo que abre a porta do carro, puxa a cadeira para você sentar e faz de tudo para te agradar. A Elle fica criando esses personagens maravilhosos e fica até difícil da gente se interessar por alguém na vida real... Tucker é o genro que toda mãe gostaria de ter, e o melhor de tudo: ele não é irreal. E isso é uma característica de todos os personagens masculinos da Elle, pois por mais que eles sejam lindos, gostosos, maravilhosos, musculosos e afins, eles são críveis e possíveis, mas são espécie em extinção.

Sabrina também não deixa nada a desejar no quesito personalidade. Ela não é uma unanimidade no campus e possui apenas duas amigas, mas ela precisa dar uma de crazy bitch para seguir em frente. Seu ambiente familiar é tóxico e conta com sua condescendente avó e com seu nojento padrasto. Ela tem dois empregos e de um deles não se orgulha nem um pouco, mas segue em frente para conseguir juntar uma grana para se manter em Harvard. E o curioso é que desde o livro anterior sabemos da antipatia mútua entre Dean e ela, mas os dois são farinha do mesmo saco: se escondem atrás de uma máscara. Ambos querem que as pessoas pensem que eles são coisas que na verdade não são, talvez por isso havia tanto atrito entre eles.


Elle Kennedy criou quatro histórias maravilhosas e envolventes com a medida certa de sensualidade, nenhuma delas foi vulgar e com A Conquista não foi diferente, acho até que é o livro menos picante. E em termos de enredo a autora também foi muito feliz em todas as histórias, pois abordou temas super importantes e assuntos pelos quais nós, jovens de vinte e poucos anos, passamos, vamos passar ou conhecemos alguém que passou.

Todos os personagens que aprendemos a amar dão as caras nesta história, o que contribui ainda mais com a sensação de despedida. E grande parte da história de A Conquista ocorre simultaneamente com a de O Jogo, então é bem legal a gente ver as lacunas do livro anterior serem preenchidas neste volume, Elle não perdeu nenhuma conexão.

A edição segue o padrão dos volumes anteriores e essa é a minha segunda capa favorita. A diagramação é simples, confortável e eu estava tão mergulhada na leitura que confesso não ter percebido qualquer erro de revisão. A história é narrada em primeira pessoa, alternando-se entre Sabrina e Tucker.

E como eu sei que o pessoal da Paralela sempre lê as resenhas () tenho que dar os parabéns pelo carinho e dedicação que eles sempre tiveram com esta série. Acho que o entusiasmo deles foi essencial para o sucesso da mesma e foi um acerto enorme trazê-la para o Brasil. Espero do fundo do meu coração que eles continuem publicando a Elle e ainda me permito indicar a Sarina Bowen, uma outra autora maravilhosa que possui livros com esta mesma pegada e que inclusive escreve com a Elle!


E a autora não para por aqui, já que a série Amores Improváveis ganhou um spin-off! \õ/ A nova série se chamará Briar Hockey e contará histórias de personagens queridos que apareceram nos quatro primeiros livros. O primeiro livro desta nova série já tem até nome: The Chase (A Caçada) e contará a história de Summer e Fitzy. O livro promete passagens hilárias, já que Summer ficou louca por Fitzy assim que colocou os olhos nele, mas o rapaz morre de medo dela, pois acha que ela é atirada demais! 😂 😂 😂 😂 A previsão é que ele saia ainda este ano lá nas gringas... vamos aguardar!

Leia também:

http://www.meuepilogo.com/2017/04/resenha-o-jogo-elle-kennedy.htmlhttp://www.meuepilogo.com/2017/03/resenha-o-acordo-elle-kennedy.htmlhttp://www.meuepilogo.com/2017/03/resenha-o-erro-elle-kennedy.html

42 comentários

  1. Oi Tamires, Tucker e um amor mesmo e a Sabrina se tornou a minha protagonista preferida, ela passa por tanta coisa e não é mimizenta! Eu já estou com saudades da série, ainda bem que vai ter spin-off <3

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  2. Oi, Tami!
    Nossa, fica difícil escolher qual foi o meu livro favorito. Todos me conquistaram do seu jeito.
    Desde O Jogo eu estava louca pela história da Summer com o Fitz! Não vejo a hora desse livro sair.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  3. Oi Tami,
    Tenho o livro 1 no kindle, mas até agora eu não li.
    Vejo muitos elogios a série e mesmo assim vou adiando cada vez mais... Uma vergonha! Preciso me dedicar mais aos livros que estão se acumulando.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá...
    Eu ainda não terminei essa série, mas, tenho a mesma opinião que você: a autora criou histórias extremamente envolvente.
    Gostei demais de acompanhar as histórias dos amigos <3
    Bjo

    http://coisasdediane.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Mentiraaa que a série vai ter um spin-off! Socorro, que notícia maravilhosa! To com A Conquista aqui pra ler e preciso fazer isso logo, todos estão elogiando um monte esse último volume. Quem diria que essa série seria tão boa e envolvente e faria tanto sucesso né!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Tamires, tudo bom?
    Já vi muita gente falando dessa série, mas ainda não parei pra procurar a respeito. Só coisinhas que li em resenhas e comentários no Skoob. Gosto bastante de NA e esses parecem ótimos pro que promete o gênero.
    Saber que tem um final satisfatório me anima muito!
    Adorei sua resenha.

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que dê uma chance em breve, Denise!

      Excluir
  7. Olá, Tamires.
    Eu que nem gosto do gênero fui conquistada pela autora e pelos garotos. Quero muito ler esse livro e conhecer a Sabrina, já que por enquanto eu não gosto dela e o Tucker atá agora não sinto nada por ele. Mas que bom que a autora finalizou a série bem e que todos apareceram na história. Odeio finais de séries que isso não acontece.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho certeza que você vai se apaixonar por eles, Sil!!!

      Excluir
  8. Oi, Tami! Tudo bem? Ah, essa capa é muito linda! *--* Tenho "O Erro" e "O Acordo" e espero lê-los em breve. Adorei a resenha! :)

    Abraço

    https://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Ola
    Essa série esta na minha lista de desejados, ainda mais porque só leio bons comentários de todos os títulos, e não poderia ser diferente nas suas impressões. Amo esse estilo, então expectativas é o que não faltam.. já comecei a ler o primeiro e estou adorando. Ah, sou apaixonada por essas capas ♥
    Beijos, F

    ResponderExcluir
  10. Oi Tami,

    Menina preciso urgentemente ler essa série, todo mundo fala bem dos livros que a gente acaba ficando curiosa com a história.
    È difícil se despedir de série boas, mas o bom é que tem o spin-off para acalmar o coração.
    Já está na minha lista.
    Bjs
    http://diarioelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi, Tami.
    É um sentimento tão agridoce quando ons despedidos de uma série que gostamos tanto, né? Estou só esperando o momento certo para dar adeus aos personagens lindos e cativantes que a Elle criou. E como eu já li O Jogo, já até imagino a vida desses dois de cabeça para baixo. Eu quero muito conhecer o Tucker, porque foi um dos personagens que infelizmente menos aparecem nas outras histórias, mas tenho certeza que a Elle reservou algo especial para ele.
    Beijocas,
    http://leitoraencantada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele aparece pouco mesmo, mas ele é o mais reservado dos três, então é justificável. Mas a história é maravilhosa!

      Excluir
  12. Já ouvi muitos elogios dessa série mas nunca li nenhum livro. Acho as capas bem bonitas :)

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal que curte as capas, são bonitas mesmo.

      Excluir
  13. Oi Tami,
    já dei uma lida bem por cima nessa série e gostei muito do que vi.
    Esse é o livro que mais tenho curiosidade em ler, pois pelo que venho percebendo o Tucker é o mais apagadinho da história, então esse mistério em volta dele me atrai. Para conhecê-lo mais de pertinho.
    Já sei o que de inesperado acontece na vida dele e acredito que esse é um dos fatores que tornam o livro mais fofo e possivelmente será o meu preferido.

    Bjs,
    Garotas de Papel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele é reservado, então por isso que não tem muito destaque. Nesse livro a gente entende mais a personalidade dele e se apaixona, tenho certeza que você vai amar, Thi! ;)

      Excluir
  14. Oi Tami,
    Espero logo, logo iniciar essa série. Aproveitei que o primeiro ficou gratuito na Amazon tempo atrás e peguei. Já até fuxiquei um pouco e curti pelo que vi. Sobre esse casal, parecem ser carismáticos, eu ri aqui com fato dela não querer se aproximar por causa do amigo HAHA...eu mesma.

    tenha uma ótima semana =D
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou dessas também, menina, se meu amigo tem um amigo que eu não gosto eu não consigo disfarçar minha antipatia! hahahah

      Excluir
  15. Oie, tudo bom?
    Realmente, como eu ainda não li os livros anteriores, me senti um tiquinho perdida no contexto da história. Mas já ouvi muuuitos elogios a essa série de livros e sinto vontade de começar a ler pra ver se é tudo isso mesmo!

    ResponderExcluir
  16. Eu li O Erro dessa série e fiquei apaixonada e preciso ler a série toda logo, pois sempre vejo resenhas positivas como a sua, tô só esperando uma promoçãozinha, hahah.
    E fiquei feliz que tem spin-off e já quero ler também! <3

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  17. Já era super a fim de ler essa série tão lida, tão bem falada e recomendada.
    Mas a sua resenha despertou ainda mais meu interesse!
    Adorei os quotes que você colocou.
    Difícil falar do livro de uma série sem dar spoilers do anterior, né?
    Sei bem como é. rsrs
    Vou ler a série em breve! Um beijo!

    Eliziane Dias

    ResponderExcluir
  18. Você tem noção do quanto quero ler esta série todinha? Já tenho os quatro livros, mas ainda não encontrei um tempo para ler todos. Geralmente não curto séries assim, mas são tantos elogios para com a narrativa e desde que li dois livros da Elle Kennedy em parceria com outra autora, tenho curiosidade de ler algo só dela.
    E já tem Spin Off? Opaaaaaaaaaaaaaa, vou querer ler também!
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Olá, tudo bom?

    Tenho o primeiro volume em e-book que tava de graça na Amazon mas até hoje não li, gostei muito de saber que a série não é vulgar porque não tenho costume de ler este estilo mas como elogiam tanto quero muito conhecer.

    Beijos:*

    ResponderExcluir
  20. Oi Tamires!

    Eu não sei ao certo, mas acho que li todas as suas resenhas dessa série e só posso dizer que estou louca, louca para conferir essas tramas de perto. Todos os seus comentários me deixaram curiosíssima e estou aqui super desejosa de conhecer o Tucker, essa maravilha de homem. hahaha'
    Muito obrigada pela dica! ♥

    Ingrid Cristina
    Plataforma 9 3/4

    ResponderExcluir
  21. Ola Tamires...
    Então tinha muita vontade de ler essa série, mas peguei uma birra tão chata com os livros por causa de uma vendedora que acabei adiando e então eu recebi O Jogo como parceria e gamei na história por isso eu to chocada com a sua resenha ai hahahahaha

    Jesus a Sabrina? :o

    Adorei a sua resenha e já li o terceiro e o primeiro livro, agora vou ler o segundo e o quarto em breve kkk

    beijos
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  22. Oi Tami,
    Estou com medo de ler esse livro? Estou, pois não quero que a leitura termine, então, vou adiando haha.
    Gostei muito da sua resenha e fiquei muito contente por você ter curtido tanto a leitura. O personagem masculino é meu crush dos outros livros, mesmo não aparecendo tanto neles. Também gosto muito da forma como o relacionamento acontece.
    espero me encantar como você.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  23. 1-

    Olá!

    Eu preciso MUITO ler esse livro! Acho a seria fantástica e a escrita da autora maravilhosa. Fico triste também por ser o último da série, mas se vai ter um spin-off então já me deixou animada ❤️

    Um beijo

    ResponderExcluir
  24. Oi Sabrina,
    confesso que estou adiando a leitura desse livro, pelo simples fato de que não estou preparada para dizer adeus, mesmo que temporário aos meus amados jogadores. Nunca fui muito com a cara da Sabrina, principalmente devido a perseguição dela ao Dean (ele é lindo, mas também inteligente oras), apesar de que já li o comecinho da história e já tive uma noção do porque ela ser como é, quanto ao Turcker sempre foi um mistério pra mim, o mais discreto dentre os quatro e com o final de o Jogo já sei bem no que eles estão enrolados hahaha mal vejo a hora de saber como eles irão resolver essa questão.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  25. Olá!

    Nunca tinha ouvido falar do livro, o jeito como descreveu ele parece muito interessante. Dei um tempinho com romances, mas me interessei por essa série, uma coisa que faz tempo que não vejo é personagens masculinos narrando uma história em romances. Irei adicionar a série à minha lista e quem sabe um dia a leio ;)

    ResponderExcluir
  26. Eu terminei O Jogo louca pra ler esse, porque por mais que não tenha acompanhado a série toda, deu pra perceber que ele se meteu em uma tremenda confusão e que vai dar o maior bafafá quando todos souberem.
    Adorei saber que foi o fechamento perfeito para a série, agora tenho mais vontade de ler ele

    ResponderExcluir
  27. Olá,

    Gente, é impossível escolher qual dos quatro é o meu favorito, infelizmente ainda não li A Conquista, mesmo querendo muito, muito, muito, mas pelo o que li na sua resenha, Tucker vai ser tão maravilhoso quanto os outros meninos e estou assim ó <3. Sabrina se apaixonar por qualquer pessoa que seja é algo bem inesperado para mim, pois sempre a tive com a imagem de uma megera hahaha, por isso quero saber o tanto que ela mudou (ou não).

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  28. Esse é um tipo de gênero que nunca li, acabando achando bem clichê, mas claro que possa estar bem engano, eu gosto das capas dessa série de livros. Mas achei bem legal essa coisa simultânea que a autora fez com os personagens acaba deixando a história mais completando e dando pra saciar o conhecimento em relação aos personagens que nos apegamos.

    ResponderExcluir
  29. Olá, tudo bem?
    Desde que vi a série fiquei bem curiosa sobre como seria as tramas de cada livro, comprei a série toda mas ainda não tive tempo de ler.
    Sua resenha está bem completa, e me motivou a dar inicio o quanto antes a leitura, fiquei feliz que esse série te marcou e espero ter o mesmo sentimento.
    Um beijo.

    ResponderExcluir