7 de agosto de 2017

Resenha | Casada Até Quarta - Catherine Bybee


Livro cedido em parceria com a editora.

Autora: Catherine Bybee

Série: Noivas da Semana #1

Número de páginas: 196

Ano: 2017

Editora: Verus

Skoob: AQUI

Compre: Amazon
Sinopse: Blake Harrison: rico, nobre, charmoso... e precisando de uma esposa até quarta-feira. Para isso, Blake recorre a Sam Elliot, que não é o homem de negócios que ele esperava. Em vez disso, ele encontra Samantha Elliot, linda e exuberante, com a voz mais sexy que ele já ouviu.

Samantha Elliot: dona da agência de casamentos Alliance, ela não está no menu de pretendentes... até Blake lhe oferecer milhões de dólares por um contrato de um ano. Não há nada de indecente na proposta dele, e além disso o dinheiro vai ser muito útil para quitar as contas médicas da família dela. Samantha só precisa disfarçar a atração que sente por seu novo marido e evitar a todo custo a cama dele.

Mas os beijos ardentes de Blake e seu charme inegável se provam muito difíceis de resistir. Era um contrato de casamento que previa tudo... menos se apaixonar. Agora só resta a Samantha proteger seu coração até que o contrato chegue ao fim.


Fazia uma eternidade que não era beijada, e certamente nenhum beijo se comparava a esse. Talvez fosse o fato de estar conhecendo o toque de Blake depois de trocarem votos de casamento, ou talvez fosse ele próprio. Talvez todos os duques beijassem como ele.

Blake Harrison, duque de Albany, precisa de uma esposa urgentemente. Para herdar oficialmente a fortuna, a casa ancestral de sua família e impedir que elas caiam em mãos não tão merecedoras, Blake precisa cumprir uma cláusula do testamento deixado por seu pai que estipula que para receber o que é seu por direito ele deve se casar até completar trinta e cinco anos... e a data está se aproximando. Se até a próxima quarta-feira ele não estiver casado, tudo vai por água abaixo! Casar com uma de suas duas namoradas está fora de cogitação, pois Blake não quer emoções e sim um acordo, acordo este que poderia ser revogado após um ano, tempo necessário para o cumprimento da cláusula. E é por isso que ele procura Sam Elliot, que ele julga ser um empresário que ajuda homens em situações semelhantes. Só que, para sua surpresa, Sam Elliot não é um homem, muito pelo contrário, é uma mulher muito interessante.

Samantha Elliot é uma jovem vinda de uma família rica, mas que se despedaçou após seu pai ser preso em um escândalo de grandes proporções. Após perder tudo e ver seus antigos amigos lhe virarem as costas, Samantha se reergueu e criou a Alliance, uma espécie de agência de acordos matrimoniais. Sam almeja um cliente com o cacife de Blake Harrison desde a fundação de sua empresa, pois isso seria algo que lhe abriria muitas portas e lhe daria ainda mais credibilidade. Conseguir uma esposa para o duque passa a ser sua prioridade... ela apenas não imaginava que ele iria querer casar logo com ela!



— O que é isso?
— O acordo que o meu advogado e eu redigimos hoje à tarde.
Ela estava louca para abrir o envelope, mas apoiou as mãos sobre ele.
— Que acordo?
Blake fixou seus olhos cinzentos nos dela.
— Estou oferecendo um contrato de casamento para você.
O coração de Samantha bateu audivelmente.
— Eu não estou no menu, sr. Harrison.

A primeira reação de Samantha é a de negar a oferta, mas acontece que esse acordo iria ajudá-la a cuidar de sua irmã, Jordan, que perdeu algumas funções cerebrais após uma tentativa de suicídio e agora vive em uma clínica especializada em casos como o dela que custa mais de cem mil dólares por ano. Sam já está atrasando os cheques e o que mais lhe assusta é a possibilidade de ter que colocar Jordan em uma clínica pública, onde ela seria negligenciada. Após considerar a proposta, Sam acaba concordando e parte junto com Blake rumo à Las Vegas para se casar.

Seria, claro, um casamento de aparências e a intimidade não fazia parte do acordo. Mas quando algumas pessoas começam a investigar a vida do "casal" como se quisessem comprovar que aquilo era uma fraude, Sam acaba tendo que se mudar definitivamente para a casa de Blake... e é aí que as coisas começam a mudar entre eles. Ambos viajam para Londres, onde Blake assinaria a papelada que lhe concederia oficialmente o título de duque e onde seria oferecida uma recepção em homenagens aos novos duque e duquesa de Albany. Só que uma nova cláusula no contrato pega Blake totalmente de surpresa.

Ambos retornam para os Estados Unidos e Blake, com a ajuda de seu advogado, tenta encontrar uma brecha na nova cláusula, o que se mostra impossível, mas mal sabe ele que isso não faria nenhuma diferença. Enquanto isso, os dois estão cada vez mais apaixonados...

Enquanto o mundo se calava e Blake murmurava palavras doces, Samantha sabia que estava em apuros. Apaixonar-se por seu marido não fazia parte dos seus planos. Mas, apesar da honestidade que havia em seu relacionamento, não parecia sábio expressar suas preocupações.



O relacionamento dos dois sempre foi pautado, desde o início, na confiança e na honestidade... e é quando esta última sai de cena que tudo pode desmoronar.

••••••••••

Quando a série Noivas da Semana foi anunciada eu fiquei entusiasmada... mas aí vieram as comparações com a série A Garota do Calendário e isso me desanimou bastante. Porém, mesmo assim, resolvi dar uma chance para o primeiro livro. Casada Até Quarta foi uma leitura super rápida, coisa de poucas horas. É uma história divertida e ágil. Bem ágil! O livro possui um desenvolvimento que costumo classificar como desenvolvimento Usain Bolt, mas para meu alívio é só nesse quesito que ele se assemelha com a série de Audrey Carlan. Quem, como eu, gosta de uma história mais bem trabalhada, com todos os aspectos da mesma sendo bem explorados e esmiuçados, não vai encontrar isso nesse livro.

Como é um livro bem enxuto, os personagens não são tão bem desenvolvidos, mas o que nos é apresentado é satisfatório. Samantha é uma jovem decidida que não deixa seu passado definir quem ela é. Sua devoção à irmã doente me comoveu e fez com que o fato dela aceitar tão rápido a proposta de Blake se tornasse mais verossímil, afinal, o montante de dinheiro faria muita diferença. Já Blake é um bon vivant que não quer colocar sua vida prática e sem as complicações de um relacionamento em risco, e uma coisa que eu achei legal é que em nenhum momento o achei um babaca. Ele tem seu estilo de vida, mas não é um cretino. O relacionamento deles evolui super rápido, mas a química entre eles compensa e as cenas mais sensuais não são vulgares.



Os personagens secundários servem apenas de escada para os protagonistas. Eliza, amiga e sócia de Samantha, e Carter, melhor amigo de Blake, são os protagonistas do segundo livro, Esposa Até Segunda.

A história em si é super clichê, assim como seus personagens, mas eu não ligo para isso, pois, como sempre digo, o que importa é como a história se desenvolve. A escrita de Catherine Bybee é super fluida, o que compensa um pouco o probleminha com o desenvolvimento. É aquele tipo de leitura que a gente lê sem nem sentir, sabe?

A edição da Verus está super caprichada e essa capa está maravilhosa! Achei o vestido maravilhoso e eu super casaria com ele! 😍 A diagramação do livro está super confortável e eu não encontrei erros de revisão. As páginas são amareladas, de boa qualidade e a narrativa é feita em terceira pessoa, o que achei interessante, pois 99% dos livros do gênero que leio são narrados em primeira pessoa.


Casada Até Quarta não é um livro que te fará pensar ou que mudará a sua vida, sua proposta é entreter e ele faz isso. Continuarei lendo a série porque gostei do seu tom mais leve e descontraído, espero que Catherine me surpreenda!

31 comentários

  1. Oi, Tami. Acho que o livro é bom realmente, dei nota quatro pra ele, mas acho que superficial seja a melhor palavra para descrevê-lo, infelizmente. Esperava um melhor desenvolvimento, mais aprofundamento em algumas cenas mas não acho que a leitura tenha sido ruim, apenas satisfatória, o que não é de longe maravilhosa, mas ainda quero ler as outras obras da série.
    Beijo
    http://www.leitoraencantada.com/

    ResponderExcluir
  2. Ola
    De fato, é um livro mais descontraído e de leitura bem leve, então não dá para se esperar muito. Porém, eu gostei muito da história, já li o segundo e não vejo a hora de ler os outros. Essa capa está mesmo maravilhosa né?!
    Beijos, F

    ResponderExcluir
  3. Oi, Tami!
    Morta com o desenvolvimento Usain Bolt hahhahhhhahahha
    Gente, não sei da onde o povo estava comparando com Garota do Calendário... achei totalmente diferente.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Concorra ao livro Depois do Fim autografado

    ResponderExcluir
  4. Oi Tamires,
    Que bom que apesar do pouco desenvolvimento o livro possui uma boa trama e cumpre seu papel de entreter. Dica anotada!!

    *bye*
    Marla Almeida
    https://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá Tamires! Tudo bem?
    Eu estava doida para saber mais sobre esse livro desde que vi essa capa linda na livraria. E eu fiquei super interessada pelo que falou, mesmo clichê eu acho que deve ser super divertido e levinho!! ^^
    beeijo

    http://lecaferouge.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi
    eu tenho mais vontade de ler esse livro da autora do que o da outra série, primeiramente a capa é linda, eu gosto de histórias clichês e é bom saber que é ágil,ultimamente ando precisando de histórias assim.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi Tami! A comparação com Garota do Calendário quase me fez desistir, achei que era mais um livro erótico, mas não é nada disso e me encantei pela história.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  8. Oi Tami,

    Fiquei curiosa com essa série desde que foi anunciada. Gosto de livros que tem um processo rápido de desenvolvimento e acredito que vou gostar da história, ainda mais para ler em uma tarde qualquer.
    Bjs
    http://diarioelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi Tami, tudo bom?
    Eu tenho bastante vontade de ler essa série, mas ao mesmo tempo acho que não vai fazer meu estilo (igual a Garota do Calendário).
    Acho que é o tipo de série pra ler sem compromisso, pra relaxar. Por ser uma história simples e tudo mais.
    Adorei a resenha!

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  10. Olá Tamires!
    Eu não sabia que havia comparações dessa série com a série "A garota do calendário"...Ainda bem, se não eu nem teria lido, rs. A minha opinião é bem parecida com a sua porque eu gostei bastante da história, mas achei bem rasa mesmo. Enfim, talvez o próximo seja melhor né?
    Beijos!

    http://excentricagarota.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Wonderful post, love it! :)
    Maybe follow for follow? :)

    veronicalucy.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Uau! Adorei o enredo. É bem o tipo de leitura que estou precisando para tirar essa ressaca maldita. Gostei de garota do calendário, mas leio de tempos em tempos porque a personagem me irrita. Saber que cada livro trata de um personagem me anima mais.
    Obrigada pela resenha!
    Www.praxeliteraria.com.br beijos

    ResponderExcluir
  13. Olá, tudo bem? Essa capa está lindíssima, ein?! Adorei a resenha e fiquei super curiosa para ler a série, parece ser ótima!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  14. Oie!
    Eu ainda não tive a oportunidade de ler o livro, mas estou bem curiosa. Desde que vi o lançamento, eu achei linda a capa de cada um dos volumes, e estou curiosa com a leitura. E quando diz que é bem enxuta, me deixou interessada.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  15. Olá...
    Adorei sua resenha!
    Já li esse livro e, mesmo não sendo de um gênero que estou habituada a ler, gostei bastante de ler! Adorei esse lado mais descontraído e amei demais e torci pelos protagonistas..É realmente bem clichê, mas, não me incomodei com isso.
    Também quero ler toda a série ;)
    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Oie, tudo bem?

    Já tinha lido sobre ele e falaram basicamente a mesna coisa hsuasha de que era clichê e cumpriu com o objetivo de entreter muito bem. Mas não sou muito fã disso, por isso deixarei passar rsrsrs Beijos,

    www.estranhoscomoeu.com

    ResponderExcluir
  17. Olá! Enquanto lia sua resenha, acabei lembrando daquele filme com a Sandra Bollock, "A proposta" ahahha. Eu super leria esse livro, ainda mais depois dessa resenha. A capa do livro é lindaaa!!
    Beijos,
    Meise Renata.
    viciadas-em-livros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. Oi Tami,
    Parece ser um livro fofin, haha
    Fiquei curiosa com essa série, porque a editora está fazendo uma super divulgação, então meio difícil não querer ler. Curti a proposta, mesmo pecando no desenvolvimento. Acho que ficarei sentida com a história da irmã...bem provável.

    Achei as capas lindas também. Adoro aquela prateada.

    tenha uma ótima quinta.
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  19. Oi, Tami! Tudo bem? Eu mal tinha começado a ler a resenha e já tava pensando em A Garota do Calendário, socorro! Até a quantidade de páginas parecida rs Mas enfim, essa parece ser melhor que a outra série. Adorei a resenha! :)

    Abraço

    https://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Olá, eu não sei bem se quero ou não ler esse livro. Acho a premissa até interessante, com esse diferencial de o mocinho precisar manter esse título de nobreza. No fundo, eu gosto de romances, e posso até ler o livro quando estiver em busca de uma leitura bem leve e rápida, para passar o tempo.

    ResponderExcluir
  21. Oiee, tudo bem? Eu estou bem em dúvida se leio ou não esse livro, pois mesmo gostando de leituras rápidas e romances mais clichês, não estou no clima para leituras assim no momento, e me incomodo também com a falta de desenvolvimento dos personagens, acho que seria um problema :\
    Gostei muito de conferir sua opinião. Ótima resenha!

    Beijos

    ResponderExcluir
  22. Oie Tami =)

    Confesse que desde que soube do lançamento dessa série, achei ele com uma premissa um pouco "parecida" com a série A Garota do Calendário e por isso não me interessei tanto pelos livros.

    Ótima resenha!

    Beijos;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
  23. Oiee Tamires ^^
    Quando vi que os livros iam sair um atrás do outro, fiquei mesmo imaginando que seriam tipo "A garota do calendário". Como eu gosto mais de histórias bem desenvolvidas (o que, pelo jeito, não é o caso dessa série), acho que não seria uma boa arriscar a leitura...haha'
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
  24. Oi. :)
    Comprei esse livro e a ansiedade de lê-lo está grande.
    Não vou colocar na minha cabeça essa comparação com a série "A Garota do Calendário", pra não dar problema rs.
    Sua resenha ficou ótima, parabéns.
    Blog As Meninas Que Leem Livros - Lauri Brandão

    ResponderExcluir
  25. Olá, Tamires.
    Vou começar a ler o segundo livro da série hoje e espero gostar como gostei do primeiro. Eu dei nota máxima porque dentro da proposta dele ele foi ótimo. E essas capas lindas? E ainda tem os marcadores de flores de brinde hehe. Não sei porque o povo comparou com A Garota do Calendário, não tem nada ver. A outra série é tão ruim hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  26. Oi, Tamires!
    Nossa, muito interessante a narrativa ser em terceira pessoa! Realmente só tenho encontrado livros desse gênero em primeira, é uma mudança super bem-vinda, né? Também não ligo para o clichês das histórias se o desenvolvimento for bom, então super me animei com a sua resenha hehe já coloquei na minha listinha :X
    Beijos!

    ResponderExcluir
  27. Olá, tudo bem?
    Vou confessar que o que me chamou a atenção nesse livro, a princípio, foi a capa. Eu AMO vestidos de noiva e, como você, também casaria com esse da capa.
    Adorei saber que esse livro não tem muito em comum com a série Garota do Calendário, porque a única coisa que me desanimava começar a ler era justamente o fato de muitas pessoas compararem as duas. Mesmo não curtindo muito livros que se desenvolvem muito rápido e que não aprofundam os personagens, acho que iria gostar desse livro como uma leitura descompromissada, para intercalar com livros mais densos.
    Adorei sua resenha e estou mais animada para começar essa série.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  28. Olá!

    Eu também fiquei meio receosa quando vi que poderia se assemelhar à Garota do Calendário que, sinceramente, não me convenceu. Estou doida para ler esse livro, pois adoro histórias rapidinhas assim e que cumprem bem o seu dever de entreter. Super obrigada pela dica!

    Ingrid Cristina
    Plataforma 9 3/4

    ResponderExcluir
  29. Oie, tudo bem?
    Adorei as fotos e a capa do livro, porém o enredo não me cativou :(
    Não costumo ler romances, na verdade não leio nada uhahua prefiros outros gêneros, mas aposto que para quem gosta, é um prato cheio né?
    Parabéns pela resenha e blog, beijocas <3

    ResponderExcluir
  30. Oiee!!
    Nossaaa, gostei bastante da premissa.
    Apesar de clichê, ele dá aquele ar de mistério sobre o que pode acontecer depois que eles se percebem apaixonados, como isso vai se desenrolar.
    Gostei!
    Um beijo

    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
  31. Oi Tami,
    Não vou mentir adoro uma trama mais elaborada e bem desenvolvida, mas também curto livros mais leves e pouco trabalhados, acho que são bons para dar uma relaxada, sabe?
    Quando vi as comparações com A garota do calendário também fiquei meio assim, mas acho que vou dar uma dica, pois sinto que posso curtir de verdade. Esse vestido da capa é maravilhoso mesmo.
    Sua resenha e as fotos estão incríveis ♥
    Beijos

    ResponderExcluir