17 de setembro de 2017

Resenha | Esposa até Segunda - Catherine Bybee


Livro cedido em parceria com a editora.

Autor: Catherine Bybee

Série: Noivas da Semana #2

Número de páginas: 252

Ano: 2017

Editora: Verus

Skoob: AQUI

Compre: Amazon
Sinopse: Carter Billings: com seus cabelos loiros, olhos azuis e beleza hollywoodiana, ele pode ter a mulher que quiser. Mas, quando decide concorrer à vaga de governador do estado da Califórnia, Carter sabe que vai ter de abandonar a vida de solteiro e se tornar um homem de família. E para isso ele precisa de uma esposa. Entra Eliza Havens, que gerencia a agência de casamentos Alliance.

Eliza Havens: ela está feliz por sua amiga Sam ter arrumado um marido rico e atraente. Só tem um detalhe que a deixa louca da vida: o melhor amigo dele, o sexy e ousado Carter Billings. Eliza nunca brigou tanto com um homem — e nunca conheceu alguém que mexesse tanto com ela.

Juntar pessoas solitárias é a maneira como Eliza ganha a vida, porém um obscuro segredo do passado a faz descartar totalmente a possibilidade de se casar. Pelo menos foi assim até agora...

 

 — Você é realmente bom nisso — ela disse enquanto se movia para beijar a lateral do seu pescoço.
— Em beijar? — Ele brincou com a orelha dela.
— Em me fazer sentir como a única mulher no mundo.
...
— Você é a única mulher no meu mundo, Eliza.

Com o casamento de Samantha e Blake no livro anterior, Eliza Havens assume a Alliance, agência de acordos matrimoniais da qual agora é sócia. Ela segue fazendo seu melhor para manter a lista de contatos atualizada com nomes importantes, já que a ambição das amigas sempre foi transformar a Alliance na mais conceituada agência entre a alta sociedade americana.

Blake prometera casar-se com Samantha todo ano, uma espécie de renovação de votos anuais para compensar o casamento impessoal que tiveram em Las Vegas. O lugar escolhido para a renovação de votos dessa vez é o Texas. Eliza, claro, é a madrinha, mas não está muito feliz com o vestido amarelo escolhido por Gwen, irmã de Blake. O detalhe do vestido combinado ao fato de estar fazendo um calor infernal no estado sulista deixa Eliza em um baita mau-humor. Ela não achava que as coisas pudessem piorar, mas eis que chega Carter Billings, melhor amigo de Blake, com quem ela não consegue manter uma conversa civilizada por mais de cinco minutos. A implicância é mútua, mas tudo não passa de uma baita tensão sexual, já que ambos sentem atração um pelo outro, porém, não querem correr o risco de tentar alguma coisa, pois a convivência com Blake e Samantha poderia ficar prejudicada caso tudo terminasse mal.

O coração de Eliza bateu forte no peito. Ali estava o verdadeiro motivo do seu mal-estar. Carter Billings era tudo o que ela sempre quis em um homem, mas completamente fora de seu alcance. Algo dentro dela se acendia toda vez que o via. Infelizmente, essa resposta geralmente terminava em uma observação irônica ou em uma batalha defensiva.


Estressada com todos os preparativos da renovação de votos, Eliza acaba indo a um bar acompanhada de Gwen. Seria uma noite de meninas, mas quando Carter fica sabendo resolve ir atrás delas com a companhia de Neil, segurança de Blake que possui uma quedinha por Gwen. A noite começa inocente, mas depois de alguns copos de cerveja, bebida com a qual não está acostumada, Gwen envolve-se em uma enrascada com um dos cowboys com quem estava conversando. Se Carter e Neil não tivessem intervindo algo muito grave poderia ter acontecido.

Só que envolver-se em uma briga de bar era tudo o que Carter menos precisava, pois um escândalo como esse com certeza prejudicaria sua corrida rumo ao cargo de governador da Califórnia. A confusão, é claro, estampa a capa de todos os jornais e sua posição nas pesquisas começa a cair. Uma das alternativas para consertar o estrago é o matrimônio, já que eleitores geralmente preferem homens de família no cargo e talvez isso possa reverter a situação. E quem é a primeira pessoa que ele cogita para ocupar o lugar de Srª Billings? Eliza, claro!

Ela, por sua vez, sentindo-se culpada por ter colocado Carter nessa situação, resolve ajudá-lo e participa de uma coletiva de imprensa com o intuito de esclarecer os fatos daquela fatídica noite. Eliza sabe que não pode ficar sob os holofotes, pois alguns fantasmas de seu passado podem voltar para assombrá-la... e eles voltam.

O noticiário exibiu imagens da entrevista coletiva de Eliza, bem como algumas fotos dela em várias situações. Em muitas dessas imagens, ela estava ao lado de Billings, e na maioria escondia um pouco o rosto, mas não em todas.
Uma, em particular, fez Dean se lembrar da mãe de Eliza. E, se ele percebia a semelhança, outras pessoas poderiam perceber também. 


••••••••••

Esposa até Segunda foi uma leitura mais interessante que a do seu antecessor, Casada até Quarta. A pitada policial deste volume, ainda que bem amadora, deu um diferencial interessante e tornou a história mais atraente. Catherine soube conduzir muito bem a tensão que criou, fazendo com que tudo acontecesse no momento certo. A história ainda é clichê, mas o novo enfoque trouxe um frescor muito bem-vindo.

Carter é mais interessante que Blake e Eliza é mais interessante que Samantha. O que, pelo menos para mim, foi uma surpresa, já que no livro anterior eles foram bem aleatórios. Mas cada personagem carrega uma bagagem diferente e calhou de eles dois possuírem histórias com mais possibilidades do que os dois protagonistas anteriores.

Carter é muito responsável e leva muito a sério sua futura carreira como político. Ele faz parte de uma família com certa tradição e nem todos os membros da mesma escolheram os caminhos mais louváveis para sua ascensão pessoal. Admirei o caráter do personagem, pois mesmo podendo conceder favores para obter certas vantagens ele segue firme em suas convicções. Já Eliza foi minha personagem preferida! Senti muita empatia por ela e a autora soube trabalhar muito bem a alternância entre a Eliza forte e decidida e a Eliza vulnerável e desamparada. O drama do passado da personagem foi bem pensado e Catherine conseguiu fazer com que eu torcesse por sua cria. A química entre os protagonistas é excelente e as cenas mais sensuais, que são poucas, são de muito bom gosto.

Já Gwen, irmã de Blake, é uma personagem muito fora da realidade. Entendo que ela foi criada cercada de proteção, mas a inocência dela soou-me deveras forçada. A mulher tem trinta e um anos e tem atitudes que nem uma menina de quinze teria! Confesso que não estou animada para ler o livro dela, viu...


Como eu disse lá em cima, a pegada policial da trama é bem amadora. Os fãs de livros policias, como eu, conseguirão enxergar várias situações bem forçadas, mas o que temos aqui é uma autora de New Adult tentando seguir um caminho que foge do óbvio e eu achei a tentativa super válida. O desenvolvimento segue sendo corrido, mas isso é um defeito comum em livros mais enxutos, já até abstraio isso...

A edição da Verus segue linda, apesar de eu achar esse vestido um dos menos bonitos dentre os de todas as capas; com esse eu não casaria. 🙈 O livro é narrado em terceira pessoa, as folhas são amareladas, a diagramação é simples e confortável e não encontrei erros de revisão.

Reitero que essa série não tem nada a ver com a série A Garota do Calendário, pois sigo vendo essas comparações improcedentes. Esposa até Segunda foi uma leitura gostosa que foi feita em poucas horas. Agora vamos ver o que acontecerá nos próximos volumes.

Leia mais:

http://www.meuepilogo.com/2017/08/resenha-casada-ate-quarta-catherine.html

36 comentários

  1. Oi Tami!
    Cara, essa série ainda não me animou de verdade... Mas é bom saber q não tem nada a ver com a do Calendário, rsrs
    As capas são realmente lindas e acho que o enredo desse segundo volume me agrada um pouco mais que o do primeiro!
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tem nada a ver mesmo, vai sem medo! ahahhaha

      Excluir
  2. Oi, Tami. Haha, pelo visto você tem um olhar bem mais crítico do que eu porque eu adorei essa história só pelo fato dela ser um pouquinho mais trabalhada e sair do clichê. Só espero que você curta a Gwen, eu achei-a bem fofinha, apesar dela ser meio irreal mesmo.
    Beijos
    http://www.leitoraencantada.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aiii, acho que não vou gostar dela não, hein! ahhahaah

      Excluir
  3. Oi!! Realmente o livro não tem nada a ver com a garota do calendário. Achei o enredo bem interessante, a Gwen parece infantil mesmo. Estou curiosa para ler essa série. Bjos ❤

    Click Literário

    ResponderExcluir
  4. Olá, Tamires.
    Eu gostei bastante desse livro. Gostei de ver que a autora tentou inovar para não ficar sete livros com o enredo parecido. Mas nossos gostos de vestido de noiva é diferente. Eu gostei bastante desse, sem as luvas hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não gosto nem de tomara-que-caia e nem dessa saia bufante! hahahaha

      Excluir
  5. Respostas
    1. Como assim aumentar? Em número de páginas? Se for, depende da história que está sendo contada... essa é mais trabalhada que a do primeiro. :)

      Excluir
  6. Oi Tamires,

    Fico feliz em saber que o roteiro foge de A Garota do Calendário, pois vi bastante comparações com a série e isso me desanimou um pouco de ler.
    Mas mesmo assim pretendo ler o primeiro livro em breve.
    Bjs e uma ótima noite!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem bastante gente comparando, tô tentando entender onde eles estão vendo essa semelhança... hahahaha

      Excluir
  7. Oi Tami, tudo bem?
    Eu sou doida para ler esses livros!
    Adoro demais livros que vão pro lado meio clichê e tem uma leitura muito fácil.
    Muito bom saber sua opinião.

    Beijos :*
    Say My Book

    ResponderExcluir
  8. Olá, Tami! =)
    Mais uma vez essa é uma série que não me convidou de forma alguma, a não ser essa capa, que, vou concordar com você, nos apresenta o vestido mais bonito de toddas as outras. A cor também (inclusive combinou com seu blog).

    No mais, achei as sinopses... blá!

    Bjux.
    Diego, Blog Vida & Letras
    www.blogvidaeletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A capa em si é linda, mas na verdade eu não curti o vestido... questão de gosto mesmo, não gosto dessas saias e formato de bolo! hahaha

      Excluir
  9. Olá Tamires,
    Pela sua resenha deu para perceber, que a autora conseguiu dar um melhor desenvolvimento a trama, em comparação ao livro anterior. Não gosto muito dos títulos, mas a proposta me agrada, quero ler.

    *bye*
    Marla Almeida
    https://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Olá...
    Adorei sua resenha!
    Nossa, eu estou mega ansiosa para realizar essa leitura! Gostei muuuito do primeiro volume e pelos seus comentários acho que irei amar ainda mais esse volume! Os personagens parecem ser bem legais e com certeza tem tudo para me agradar <3
    Fiquei curiosa em relação a essa pitada policial :)
    Bjo

    ResponderExcluir
  11. Li o primeiro volume dessa série e me decepcionei bastante ao me deparar com uma história clichê que não me cativou em momento algum. Uma história boa pra passar o tempo, mas de forma alguma memorável. Por isso, perdi a vontade de ler os volumes seguintes, mas fiquei feliz em saber que o segundo volume possui uma leve melhora na qualidade e na construção dos personagens. Adorei a resenha e a sinceridade! Quando estiver à procura de uma leitura leve, talvez eu dê uma chance pra Esposa até segunda!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa, que pena que você se decepcionou com o primeiro. Realmente é uma história clichê, mas eu achei um bom passatempo.

      Excluir
  12. Oi Tami! Gostei muito do primeiro, ms concordo que o segundo é melhor, gostei mais dos protagonistas e essas capas são lindas <3

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  13. Oiii tudo bem??

    Li o primeiro e achei legalzinho, pois não sou fã do gênero, e leria o segundo sim.
    Quanto a questão da pegada policial ser bem amadora, acredito que seja mais um livro pra relaxar, tirar ressaca, então não me importaria.
    Pois geralmente pego policial e suspenses bem legais.
    Adorei a resenha.
    Bjus Rafa

    ResponderExcluir
  14. Oi, Tamires!
    Esse livro está na lista para esse mês!!! Leve e divertido é o que preciso. rsrs... E eu não sabia que ia ter um quê de suspense nesse, já que não leio sinopses. :O Quero ler logo!!
    Beijão!
    http://www.lagarota.com.br/
    http://www.asmeninasqueleemlivros.com/

    ResponderExcluir
  15. Oiee Tamires ^^
    Olha, eu vou ter que ser sincera... Não tenho vontade de ler essa série. Curiosidade eu até sinto, apesar de perceber que as histórias são bem clichês (apesar de você ter mencionado que a autora tentou criar uma trama mais pendente pro lado policial). Talvez seja pelo fato de serem muitos livros, não sei ao certo :/
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
  16. Sou encantada pelas capas dessa série. Mas as obras eu confesso que não me atraem muito. Eu gosto muito de livros com pegada policial, mas se nesse caso ela é amadora, não resolve muito. Eu, de fato, tenho lido comparações com A Garota do Calendário, até achei que tivesse alguma relação. Bom saber que não tem. Adorei as suas fotos. Eu gostaria muito de ter essa habilidade, mas infelizmente não sou muito criativa para fotos. :)

    Tatiana

    ResponderExcluir
  17. Essas capas são maravilhosas, eu amo os jogos de cores utilizados! Acho bacana isso da autora tentar seguir por outros generos também, acaba saindo daquela mesmice previsível. Tô ansiosa pra ler os livros dessa autora, fico empolgada com cada quote que vejo!

    ResponderExcluir
  18. Já imaginava que essa série não tinha nada a ver com a garota do calendário, mas mesmo assim quero muito conferir ela. Adorei a premissa, e todas resenhas que eu leio me deixam bastante empolgada pela leitura. Que pena saber sobre a parte policial, sou fã do gênero, e pelo jeito vou me decepcionar nesse quesito, mas tudo bem! rs
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  19. Embora a serie não tenha nada a ver com A garota do calendário (obrigada senhor), achei meio longa e bem clichê, por isso ainda não me animei muito em conhecer. Mas as capas estão lindas Né? Acho caprichosíssimas.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  20. Olá, tudo bem?
    Eu gostei bastante do primeiro livro desta série, mas acho que vou amar o segundo. Apesar de você ter achado o Carter e a Eliza meio aleatórios no primeiro livro, eu simpatizei com o Carter desde a primeira vez que ele apareceu e fiquei bem feliz de saber que ele é o protagonista desse livro.
    Além disso, adorei saber que este livro conta ainda com um toque de suspense e já estou curiosa para saber mais sobre o passado da Eliza.
    Adorei a resenha e espero ler este livro em breve.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  21. Olá,

    De início fiquei bem interessada nessa série, mas acabei perdendo o interesse e desde então não tenho lido nada sobre essas obras. Gostei de saber que esse livro foge um pouco do óbvio, principalmente se tratando de um livro curto. Adoro o gênero new adult e até acho essa premissa curiosa, porém não é o que procuro para ler no momento.

    Beijos,
    oculoselivrosblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Olá!
    Definitivamente, não me atraio por esse tipo de leitura.
    Como você mesma disse, acho as premissas um tanto quanto clichês, mais do mesmo.
    Não consigo sentir vontade de começar nenhuma dessas séries.
    Mas fico feliz que esteja gostando, apesar da dificuldade com uma das personagens.
    Um beijo

    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
  23. Olá!
    As capas desses livros são lindas! Mas não me senti atraída pelo conteúdo em si. Mesmo gostando muito de New adult.
    Mas ainda penso em dar uma chance aos personagens, principalmente a Eliza.

    ResponderExcluir
  24. Oi, tudo bem?
    Eu já vi esse livro por ai, mas confesso que minha animação com ele é bem pequena e lendo sua resenha agora deu para perceber que não é uma leitura que me agradaria no momento, então dispenso.

    Beijos :*

    ResponderExcluir