12 de dezembro de 2017

Resenha | Fraude Legítima - E. Lockhart


Livro cedido em parceria com a editora.

Autora: E. Lockhart

Número de páginas: 280

Ano: 2017

Editora: Seguinte

Skoob: AQUI

Compre: Amazon
Sinopse: Jule West Williams é uma garota capaz de se adaptar a qualquer lugar ou situação. Imogen Sokoloff é uma herdeira milionária fugindo de suas responsabilidades. Além do fato de serem órfãs, as duas garotas têm pouco em comum, mas isso não as impede de desenvolver uma amizade intensa quando se reencontram anos depois de terem se conhecido no colégio. Elas passam os dias em meio a luxo e privilégios, até que uma série de eventos estranhos começa a tomar curso, culminando no trágico suicídio de Imogen e forçando Jule a descobrir como viver sem sua melhor amiga. Mas, talvez, as histórias das duas garotas tenham se unido de maneira inexorável — e seja tarde demais para voltar atrás.


— Você acha que uma pessoa é tão ruim quanto suas piores ações?

Jule West Willians é uma sobrevivente. Órfã, inteligente, forte e versátil, a jovem se recusa a aceitar o que a vida lhe oferece de bom grado. Fã de histórias de super-heróis, Jule quer ser sua própria super-heroína, e para isso passa a correr atrás de tudo o que ela acha que merece. Imogen Sokoloff tem a vida que muitas pessoas gostariam de ter. Foi adotada por um casal rico que lhe dá tudo do bom e do melhor, mas esperam que ela seja algo que não é. A verdade é que Imogen sente-se perdida dentro de si mesma, e por isso acaba abandonando a universidade e passa a viver um ano sabático na ilha Martha's Vineyard; e é em Martha's Vineyard que Jule e Imogen se reencontram.

Elas haviam estudado juntas por pouco tempo no passado e agora, com essa reaproximação, tornam-se inseparáveis. Ao lado de Imogen, Jule sente-se notada, importante e valiosa. Imogen, por sua vez, parece ter encontrado a amiga ideal. Ela sabe que Jule não vai julgá-la e que pode ser quem realmente é, dividindo com ela seus medos, frustrações e muitos defeitos.

Tudo parecia perfeito, até o dia em que Imogen comete suicídio ao pular de uma ponte. E é aí que a vida perfeita de Jule termina... ou começa?

Essa é a história de origem de Jule West Willians. Quando estava vivendo no Playa Grande, ela diria que esta era a história favorita sobre a sua vida.


••••••••••


Começo as minhas considerações falando que fiz cosplay de Nazaré Tedesco inúmeras vezes durante a leitura de Fraude Legítima!😂

Foi quase impossível fazer um resuminho - bem resumido por sinal - dessa história sem revelar demais! Perdi a conta de quantas vezes rascunhei os míseros parágrafos acima, pois de maneira nenhuma queria estragar a experiência de vocês para com esta leitura. Não posso nem inserir outras quotes na resenha, pois a maioria que marquei são reveladoras demais! E. Lockhart narra essa história de trás para frente e isso até chegou a me incomodar nos primeiros, talvez, cinco capítulos, mas depois que eu peguei a dinâmica da coisa essa nova experiência tornou-se interessantíssima. Este livro é um labirinto muito bem construído e é preciso prestar muita atenção para poder extrair tudo o que Fraude Legítima está disposto a oferecer, o que não é pouco.

Há alguns anos li Mentirosos e foi uma das melhores leituras da minha vida, sem exagero. Eis que me deparo com uma obra totalmente diferente, mas que também me arrebatou e mostrou que E. Lockhart, quando se propõe a escrever um livro, não está para brincadeira. Uma coisa que essa mulher escreve no início do livro - que na verdade é o final - nós só vamos entender lá na frente, é muito louco! Criar um texto com uma estrutura tão peculiar sem perder a coerência e coesão não é para qualquer um...


Jule e Imogen inicialmente são a amálgama perfeita. Duas órfãs, mas quis o destino que o crescimento delas fosse totalmente oposto. Juntas elas se complementam, juntas elas são uma só, até que Imogen decide não mais ser. Imogen acredita ser um espírito livre, mas sua consciência é sua pior carcereira. Jules acredita ter a consciência livre, mas o espírito de Imogen a manterá presa.

AAAAAAAAAAAAA, tanta coisa que eu queria falar, mas não posso! 😂😂😂

Os personagens secundários são interessantes, mas são apenas peças no jogo de xadrez de Jule e Imogen, por isso não vou ater-me à eles mais profundamente, apenas adianto que todos são escadas que as duas amigas não hesitam em escalar.

A edição da Seguinte está ótima, só não curto a capa, mas a ideia da mesma procede. A história, que é narrada em terceira pessoa, possui páginas amareladas, de boa qualidade e não encontrei erros.

Fraude Legítima é um livro ousado, insano e corajoso que com certeza vai bugar a sua cabeça!

34 comentários

  1. Oi Tami! Eu não li Mentirosos, mas vejo resenhas de gente que amou e de gente que não gostou muito do fim, eu fico curiosa pra saber sobre o final, confesso hehehhee adorei o gif da Nazaré, gosto de livros que nos fazem pensar, acho que vou curtir Fraude Legítima!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico aqui pensando no que o povo que não gostou de Mentirosos tem na cabeça! Hahahaha

      Excluir
  2. Oi, Tami!
    Eu não li Mentirosos, mas pela discussão que participei dele, o babado é bem tenso. E vendo Fraude Legítima já percebi que a autora gosta mesmo é de bagunçar com a cabeça do leitor hahahahaha
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do Natal Literário e ganhe prêmios maravilhosos

    ResponderExcluir
  3. Olá, Tamires!
    Fiquei agoniada por você! kkk Sei exatamente o que é essa sensação de querer falar, falar, falar sobre o que acabamos de ler e não poder para não estragar a experiência dos outros! hahaha Mas o melhor é que acabei de ler sua resenha e já fui correndo acrescentar esse livro na minha TBR. Quero MUITO lê-lo! Tem tudo pra ser o tipo de livro que eu curto!
    Se eu ficar agoniada pra falar assim vou te mandar um e-mail falando tudo que estiver engasgado pq a "culpa" vai ser sua hahahaha
    Beiiijos!!

    http://www.aquelaepifania.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Tamires, assim como a autora de "Fraude Legítima" você bagunçou minha cabeça rsrs... Digo isso de forma boa, pois ainda não li nenhum livro de E. Lockhart, nem tinha muito interesse, mas você pode ter me convencido do contrário. Adorei sua resenha, sei bem o quanto é difícil guardar todas as sensações e informações de um livro ótimo só para si, quando nossa vontade é sair gritando aos quatro ventos, mas você alcançou seu objetivo e me deixou bem curiosa quanto ao desfecho da história. ;)

    Beijinhos e até a próxima!
    Fernanda Magalhães

    https://ateaultimapagina.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  5. Oi, Tami. Eu já vi outra resenha a respeito da obra e a sensação que tive foi a mesma: preciso ler esse livro! Nunca li Mentirosos, mas muita gente diz que amou, e gostaria de sentir o mesmo com as obras da autora. Acho que seria ótimo começar com o pé direito com ela, assim estaria mais a vontade de ler outras obras dela.
    Beijão!
    http://www.leitoraencantada.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se eu fosse você dava uma chance, é muito bom!

      Excluir
  6. Oi Tami.
    Já disse que gosto muito das suas resenhas? Você consegue se expressar muito bem e sempre me deixa muito curiosa com os enredos dos livros. Desta vez não foi diferente. Não li Mentirosos e nem sei se vou ler, mas este com certeza vai para a lista.
    Bjus
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  7. olha, se vc fez cosplay de nazaré entao ja amei
    eu adoro esse tipo de livro e ja to muito ansiosa pra ler
    adorei a resenha

    ResponderExcluir
  8. Oi, tudo bem?
    Eu não li Mentirosos que é livro da mesma autora, mas dizem que ele é tão bom que você ou ama ou odeia. Fraude Legitima me deixou super curioso ainda mais depois desse gif icônico da Nazaré!

    Beijão,
    Vinicius
    omeninoeolivro.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu amei... quem odiou não leu direito! Hahahahah
      Brincadeira! Hahahha

      Excluir
  9. Eu li Mentirosos da E. Lockhart e confesso que o livro todo fiz cosplay da Nazaré kkk, exatamente essa cara. Fraude Legítima está na minha lista de desejos, ainda mais pela forma em que a história é contada, inovador para mim.

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem inovador mesmo! Vou ficar aqui torcendo para você gostar! :)

      Excluir
  10. Parece ser uma leitura um pouco insana mas parece ser interessante com algum mistério =)

    MRS. MARGOT

    ResponderExcluir
  11. Aiii mulher, que mistério! Fiquei curiosa com esse livro! A capa dele já é linda, e essa história de orfãs que se encontram depois, é algo que eu adoro ver! E também amo histórias de tras pra frente, tipo Caixa de Passaros, certeza que irei amar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A estrutura é diferente da de Caixa de Pássaros. Esse realmente é contato de trás para frente, já o do Josh não, ele é meio misturado.

      Excluir
  12. Olá, Tamires.
    Meus parabéns porque fazer resenhas de livros assim não é fácil não. Eu nem me aventuro na maioria deles. Como gosto de spoilers, fico sempre querendo contar tudo hehe. E fica muito dificil falar a nossa opinião sobre o livro sem dar detalhes da história hehe. Eu também amei mentirosos e fiquei de cara com o final, por isso quero muito ler esse.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é fácil mesmo, Sil. Mas a gente precisa se conter! Hahahah

      Excluir
  13. Dei risada de você falando que fez a Nazaré. Porque parece eu quando fico tentando assimilar algumas histórias ou seriados. Quando a história é de trás para frente realmente é mais complicada, mas quando li o Eu Estive Aqui me senti assim, neste mesmo estilo de história.

    ResponderExcluir
  14. Me sinto perdida até hoje por ainda não ter lido Mentirosos! Quando Fraude Legítima foi lançado me interessei muito e agora com sua resenha fiquei ainda mais curiosa. Quanto a narrativa de traz pra frente, já tive essa experiência com "Sobrevivente" de Chuck Palahniuk e naquela história, esse recurso foi muito bom empregado. Acho que para histórias assim acaba acrescentando um ar de mistério ainda maior, não é? Para esse ano ainda tenho leituras mais que suficientes, mas quando riscar algumas da minha lista com certeza vou voltar a procurar sobre esse livro.

    http://anneandcia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi, Tami ♥
    Meu deus, que livro é esse? Como assim eu não conhecia essa belezura?
    Amo livros que as vezes temos que ir criando uma linha de raciocínio para entender. Ainda não li nada da autora e acho que também nunca li algo que meio que se inicia no fim e vai no começo que é onde entendemos tudo. Estou fascinada com sua resenha, mesmo você não podendo dar muitos detalhes ( acho que foi isso que me deixou mais curiosa) estou loucamente curiosa. Beijos!

    ResponderExcluir
  16. Ai-meu-Deus! Quanto mistério! hahaha Simplesmente me pegou de jeito com essa resenha instigante!
    Eu adoro livros que "bugam" a cabeça e mesmo que tente deduzir tudo que há por trás da história dessas garotas, acredito que não devo ter chegado nem perto rsrs
    O final no começo? Sério? Menina, vou correr ali comprar e já volto rsrs
    Dica mais que anotada. Obrigada pela indicação!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  17. Oi, Tamires!
    Eu nunca tinha lido uma resenha deste livro antes e, confesso que o simples fato de você ter feito cosplay da Nazaré durante a leitura, já me deixou bastante curiosa. Gosto de livros neste estilo, que dão um "nó" nas nossas cabeças e queremos, descontroladamente, desvendar o que há por trás de toda a história. Vou anotar as suas dicas: afinal, também fiquei com vontade de ler Mentirosos, já que essas duas obras te conquistaram tanto!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  18. Oi Tamires, tudo bem? Minha primeira vez no seu blog. E adorei o layout. Agora, falando da resenha. Fico feliz em ter alguém para surtar! Quando li esse livro, também fiquei MUITAS VEZES como o meme da Nazaré fazendo contas! Também me peguei ansiosa pra caramba, porque apesar da história ser reveladora, é impossível segurar a ansiedade até o final! Adorei essa publicação da Editora Seguinte! Adorei a resenha! Beijos!

    ResponderExcluir
  19. Faz muito tempo que não leio uma obra narrada em terceira pessoa então acho que a dica veio em boa hora, essa mulher de fato não está para brincadeira quando o assunto é escrever, só vejo bons comentários sobre essa autora! Ri muito porque alguns booktubers receberam uma peruca junto com o kit do livro, bacana ne? Nunca li nada dela, mas a cada resenha tenho mais certeza de que irei amar.

    ResponderExcluir
  20. Oi Tamires! Tudo bem?
    Acho interessantíssima a proposta desse livro e depois do teu texto, eu realmente quero saber como foi que as coisas chegaram no ponto que tu mencionou na resenha. Um excelente texto com certeza!
    Abraços e beijos da Lady Trotsky...
    http://rillismo.blogspot.com
    http://osvampirosportenhos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  21. Olá, Tami!
    POstei ontem a resenha desse livro e realmente só tenho elogios a ele. Cara, que abusada essa personagem protagonista e até sua amiga, Imogem.

    Fiquei meio perdido também com essa narrativa não linear, mas achei tão gostosa e tão envolvente a narrativa, que fiquei tranquilo. Foi o máximo!

    Agora quero ler Mentirosos, estou só esperando chegar.

    Bjux
    Diego, Blog Vida & Letras
    www.blogvidaeletras.blogspot.com
    Me siga no Instagram: @vidaeletras

    ResponderExcluir
  22. Oi Tamires....
    Eu tentei ler Mentirosos por duas vezes e não consegui chegar na metade, então deixei esse de lado, sem a menor vontade de tentar. Acontece que sua resenha me deixou curiosa - mais ainda por eu não ter lido a sinopse e nem seu resumo, só as considerações...
    Essa coisa de começar o livro pelo final e ainda assim ser coeso e te deixar pensando como e com coisas para entender só mais para a frente, realmente não é para qualquer autor e isso é o que mais me chamou a atenção. Vai que dessa vez me dou bem com um de seus livros?
    Vou arriscar....
    Beijinhos,
    Lica

    ResponderExcluir