12 de janeiro de 2018

Resenha | A Hora do Lobisomem - Stephen King


Livro cedido em parceria com a editora.

Autor: Stephen King

Número de páginas: 152

Ano: 2017

Editora: Suma

Skoob: AQUI

Compre: Amazon
Sinopse: O primeiro grito veio de um trabalhador ferroviário isolado pela neve, enquanto as presas do monstro dilaceram sua garganta. No mês seguinte, um grito de êxtase e agonia escapa de uma mulher atacada no próprio quarto.

Agora, toda vez que a lua cheia brilha sobre a cidade de Tarker’s Mill, acontecem novas cenas de terror inimagináveis. Quem será a próxima vítima?

Quando a lua sobe no céu, os moradores da cidade são tomados por um medo paralisante. Uivos quase humanos ecoam no vento. E há pegadas por todos os lados de um monstro cuja fome nunca é saciada.


Lá fora, as pegadas da criatura são cobertas pela neve, e o uivo do vento parece selvagem de prazer. Não tem nada de Divino ou de Luz naquele som insensível; só há o inverno sombrio e o gelo escuro.

O ciclo do lobisomem começou.

Sabe quando a gente não entende o propósito de uma história? Infelizmente isso aconteceu comigo durante a leitura de A Hora do Lobisomem. Até mesmo por isso essa resenha será um pouco diferente e bem enxuta.

Neste livro vamos acompanhar doze meses de um vilarejo chamado Tarker’s Mills que fica onde? No Maine, claro! 😅 Quando a lua está cheia, pessoas são brutalmente e misteriosamente assassinadas. Os habitantes vão criando várias teorias para justificar tal carnificina, nenhum deles, claro, poderia imaginar que isso seria obra de um lobisomem.

Algumas coisas mudam, outras, nem tanto, e, em Tarker's Mills, o ano está terminando assim como chegou: uma nevasca cai lá fora, e a Besta está por perto. Em algum lugar.


É interessante, porém, observar que cada assassinato tem uma característica de seu respectivo mês. Stella Randolph, a vítima do mês de fevereiro, é uma romântica inveterada e solitária que manda cartões de dia dos namorados para ela mesma. Seu ataque ocorre justamente no Valentine’s Day. Já em julho, o ataque a Marty Coslaw ocorre bem no dia da independência dos Estados Unidos, o que eu achei bem simbólico já que a vítima é um cadeirante e, aos olhos das pessoas, principalmente aquelas com mente limitada, incapaz de ter autonomia. Essas conexões continuam e creio que eu não pude aproveitar mais por não ser tão familiarizada com os costumes e cultura locais. Eu pude perceber certas analogias porque certas datas são de conhecimento quase universal, mas determinados meses passaram batidos e eu fiquei com aquela sensação de... e aí?

Os humilhados serão exaltados. Essa máxima foi a única coisa que consegui extrair do texto, talvez até mesmo por ela estar presente em outras histórias do autor, que gosta de dar destaque aos mais desacreditados.

O livro é dividido em meses e a organização me lembrou um pouco a de O Vilarejo, obra de Raphael Montes, onde diferentes contos compõem uma história com um único propósito. Até mesmo o projeto gráfico dos livros é similar.


A edição da Suma está um desbunde! A editora está arrasando nas edições da Biblioteca Stephen King e eu fiquei um bom tempo folheando e admirando todas as ilustrações e o capricho do livro. Com uma capa dura, de toque aveludado e um lobisomem em alto relevo, o livro conta com ilustrações de Bernie Wrightson, que dão vida os meses de horror de Tarker’s Mills, ainda há, ao final do livro, ilustrações de Giovanna Cianelli, Rafael Albuquerque, Rebeca Prado e Lucas Pelegrineti, artistas brasileiros que ilustraram suas cenas preferidas da história. As folhas desta edição são amareladas e bem grossinhas, com um toque poroso bem gostoso e não encontrei nenhum erros de revisão.

Pesquisando sobre o livro acabei descobrindo que a história ganhou uma adaptação em 1985. Vocês podem dar uma conferida no "trailer" AQUI.

Fiquem com mais algumas imagens dessa edição maravigold!


Infelizmente A Hora do Lobisomem não funcionou comigo, eu fico bem chateada quando não consigo captar a intenção do autor, mas acontece nas melhores famílias, né? Mesmo assim não deixo de indicar a obra, afinal, estamos falando de Stephen King, não é mesmo? E não é porque eu não curti que o mesmo vai acontecer com vocês! 😉

43 comentários

  1. Será que é um bom livro para começar a ler a ler Stephen King?
    Achei o visual muito bonito e a resenha ficou ótima =D

    Beijão
    http:atocadalebre.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dora, eu não sou especialista em SK, mas eu não acho que seja o caso. Eu comecei por Desespero e curti. ;)

      Excluir
  2. É um género literário que não aprecio muito, mas as pessoas que apreciam gostam muito dos livros desse autor, pena que não foi uma boa leitura para você.

    MRS. MARGOT

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gosto dos livros dele, sempre tem uma mensagem nas entrelinhas. Uma pena que dessa vez meu entendimento ficou comprometido, mas acontece.

      Excluir
  3. Oi Tami,
    Acho que estou começando a entender que Stephen King não é para mim... Sempre quis ler algo dele, mas nunca sinto vontade de pegar um livro dele, sabe? :(
    Uma pena...
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sei, sinto isso com alguns autores! Hahaha
      Mas acho que quando é assim a gente tem que pegar sem pensar muito, só pega, senta e lê... aí vê o que rola.

      Excluir
  4. Olá, Tamires.
    Essa coleção está demais. Eu queria muito ter os livros aqui na minha estante. E olha que não sou fã do autor. O que aconteceu com você aqui acontece comigo em praticamente todos os livros dele. Acho que ele enrola muito e quando chega ao cerne da questão já foi o livro todo. Esse eu ainda não li, mas como disse queria só pela edição hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como não querer essa edição, Sil? Hahahhaahah

      Excluir
  5. Olha que cheguei a dar um pulo aqui quando vi a nota hehhehe eu não sou uma grande conhecedora do King, os dois que li dele, amei, Uma pena que vc não tenha curtido, mas que a edição tá linda, isso tá rs

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também li alguns que adorei, esse é que realmente não rolou...

      Excluir
  6. Oi Tami,
    Minha prima que pediu esse e foi a primeira leitura dela do King, adorou. Daí já pedi emprestado pq né, a gente não perde tempo kkkkkkk eu já irei bem calma, apesar que não costumo ler muita coisa sobre lobisomens e nem imagino a abordagem que ele fez. A edição é muito linda mesmo, difícil não ficar alisando o lobinho da capa kkkkkkk

    P.S.: A escola técnica de capirotagem ensinou a gente bem haha, TANTO que já quero ver adaptação deliciosa de Jantar Secreto também, vai ser num nível muito Raw e Mártires que o povo vai sair enojado do meio do filme, mas ok kkkkkkkk
    Mas, eu preciso ver a Cora serrando o povo kkkkkkkk

    bjs
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  7. Oi Tami,

    Acredita que eu ainda não li nada do King? Mas pretendo mudar isso esse ano rsrs.
    Pena que a obra não funcionou com você, achei a premissa interessante, mas tem algumas obras dele que quero conferir primeiro.
    Bjs e um bom Domingo!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram

    ResponderExcluir
  8. Oi Tami, tudo bem?
    Eu só li À Espera de um Milagre do autor, que não tem nada de terror, e amei.
    Fui tentar ler Escuridão Total Sem Estrelas e quase dormi várias vezes. Então acho que essa vibe mais aterrorizante da obra do King não funciona pra mim. :(
    Tem sorteio no blog, vem participar!

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele tem várias vertentes e eu costumo gostar da parte mais psicológica.

      Excluir
  9. Oi, Tami!
    Menina, que pena que o livro não funcionou pra você :( Mas a edição está linda mesmo, toda trabalhada na capa dura...
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  10. Oie Tami =)

    Eu não consigo ler os livros do King. Já tentei, mas infelizmente as obras do autor não são meu estilo. Porém é uma pena que esse livro não tenho atingido as suas expectativas. É sempre um pouco frustrante quando isso acontece =(

    Espero que sua próxima leitura seja mais proveitosa.


    Beijos;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library.

    ps: Espero que independente do que esteja acontecendo na sua vida, você saiba que é uma pessoa especial e que tem pessoas que te amam. Se precisar conversar estou por aqui ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pelas palavras, Ane. Tá difícil, mas espero que em breve eu veja uma luz no fim do túnel. <3

      Excluir
  11. Oi, Tami. Ainda acredito que King é superestimado, e por isso geral acha que qualquer história dele vai ser eletrizante, mas não é o que acontece. Eu tenho vontade de ler algum livro dele mas sinto preguiça demais quando vejo o tanto de páginas kk quem sabe um dia rola.
    Beijos
    http://www.suddenlythings.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não acho que seja o caso de superestima, ele realmente é um puta autor, as questões psicológicas nos livros dele são bem loucas, mas muito pertinentes.
      Tem alguns nem tão grandes assim, dá uma pesquisada! ;)

      Excluir
  12. Oi Tamires!
    Eu sou fã do SK, mas sabe que esse livro não despertou em nada meu interesse? Até nem lembro se já havia lido alguma resenha antes da sua , mas agora ele, definitivamente, foi para o final da minha lista. Até pretendo ler um dia porque, como você disse, é um Stephen King, mas tenho outras prioridades.
    Beijos,
    Alem da Contracapa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só o fato de ser um SK já é motivo suficiente, né? Hahahah

      Excluir
  13. Meu Deus!!! Eu estou DOIDO por essa edição, na verdade sou doido por todas porque sou fã demais do King, e essas ilustrações estão incríveis né?
    Esse livro com certeza está na minha lista e só vai sair quando eu realmente lê-lo.
    Amei tudo <3

    ResponderExcluir
  14. Tamii! Esse livro estava na minha wish de 2017 e eu quero muito ler ele. Não sabe o quanto gostei da sua resenha e do modo como trabalhou algumas partes do enredo para não dá spoiler. Esse livro tem um diferencial que são as ilustrações e podem ajudar ao leitor a entender melhor o enredo. Nem sempre as leituras do king são fáceis.

    ResponderExcluir
  15. Oi, Tami! Tudo bem? Todo mundo diz que esse é um dos piores livros do King. Estou lendo uma coletânea de contos dele e tá acontecendo muito isso. Eu leio e não capto nada, aí não gosto hahahahahaha

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico me sentindo tapada quando não entendo! Hahahahah

      Excluir
  16. Oi, Tamires!
    Ainda não li nada do King, mas A Hora do Lobisomem está na lista e como parece, pensei em começar por ele. Uma amiga minha leu e gostou, então talvez ele funcione comigo tb. rsrs
    Bjos
    Lucy - Por essas páginas

    ResponderExcluir
  17. Heiii, tudo bem?
    Achei mtoo bacana a editora relançar em capa duras alguns livros do Stephen King, mas infelizmente eu nao gosto mto das obras do autor, na verdade eu nao gosto de terror no geral e o autor escrever mais esse genero.
    Ainda nao tinha lido nada dessa história e apesar de ser interessante e diferente o formato da história, eu nao pretendo ler.
    Uma pena que o livro tb nao te agradou, acontece mesmo as vezes.
    Beijos.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que pena que você não curte, mas realmente precisa curtir o gênero para ler algo dele...

      Excluir
  18. Não li o livro,mas morro de vontade, mesmo sendo o foco dar destaque aos desacreditados, isso é meio clichê. Eu não li O Vilarejo, mas fiquei pensando, será que alguém copiou alguém kkkk Acredita que fiquei com vontade de tocar o livro só pela descrição da diagramação?!
    Espero ler e captar a intenção do mestre King.

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ninguém copiou ninguém não, essas ilustrações foram feitas para essa edição especificamente. E as histórias são completamente diferentes, só a estrutura é parecida. ;)

      Excluir
  19. Olá, tudo bom?

    É uma pena que você não tenha gostado dele. Quando eu vi essa obra na livraria, mesmo sem saber do que se tratava, queria comprar só pelo projeto gráfico. É lindo e dá vontade de ter na estante. Se tratando de Stephen King, confesso que ainda não li nenhum dos seus livros, apesar de ter alguns na coleção. Tenho certo receio de ler e não gostar, sabe? Apesar de gostar bastante das suas sobras adaptadas.
    Sobre essa em questão, não sabia que já tinha filme, vou procurar para saber mais. Achei bem legal que ele tenha dado um significado para cada assassinato, mesmo que você não tenha percebido alguns. Eu não sei se conseguiria perceber isso se lesse, mas vou ficar reparando e ver se eu consigo captar algo, rs.

    Enfim, adorei a postagem e agradeço a indicação, mesmo assim :)
    Abraços.

    ResponderExcluir
  20. Olá...
    Adorei sua resenha!
    Sempre leio excelentes comentários sobre o autor, mas, infelizmente ainda não li nada dele. Tendo em vista suas ressalvas prefiro passar a leitura!
    Bjo

    ResponderExcluir
  21. É uma pena quando a leitura não funciona tanto conosco, né? Essa edição é realmente maravilhosa, eu não sabia que ela possuia também ilustrações e isso me fez querer ainda mais adquiri-la. A suma realmente arrasa quando o assunto é King.

    ResponderExcluir
  22. Oiee Tamires ^^
    Difícil achar um livro do King que ainda não tenha sido ou que vai ser adaptado, né? Eu ainda não li nada dele, e apesar de sentir curiosidade, não é aquela curiosidade enorme, sabe? Eu ainda não conhecia esse livro, mas acho que não o leria pela premissa. E ver que não te agradou me desanimou ainda mais *-*
    MilkMilks ♥
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br/2018/01/a-vida-sexual-das-gemeas-siamesas.html

    ResponderExcluir
  23. Tenho pé atras com o King, apesar de ter enorme vontade de ler os livros dele, eu somente li Carrie e sei lá...sobre esse livro que vc resenhou não tenho interesse e pelo que puder entender talvez eu iria sentir o mesmo que vc, maaaas só lendo pra saber. Sobre a resenha só tenho que dizer parabéns pela sinceridade, falta muito disso nos blogs, não é normal gostar de tudo igual a todos, continue assim viu 🙂

    Bruna
    http://www.divagandopalavras.com

    ResponderExcluir
  24. Olá, essa edição parece estar ótima. Acredita que ainda não li nada do autor. Eu achei a premissa interessante, ficaria curiosa pra descobrir mais sobre esse lobisomem. Pena que não foi como você esperava essa leitura.

    ResponderExcluir
  25. Olá Tami!
    Apesar de gostar muito das histórias do Stephen King e quase todas serem adaptadas, infelizmente essa é uma das que menos me chama atenção pra leitura. Não consegui curtir logo pela premissa e achei a capa uma das mais feinhas. O que salva é que a editora realmente faz um belo trabalho de marketing com o autor.
    Gostei de conferir sua opinião sobre essa leitura e principalmente a sinceridade.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir