9 de setembro de 2018

Netflix | Sierra Burgess é uma Loser

No feriado de 7 de setembro, estreou na Netflix mais um filme delicinha! Sierra Burgess é uma Loser é uma história divertida, mas possui mensagens muito importantes.

Título original: Sierra Burgess is a Loser

Lançamento: 07 de setembro de 2018

Duração: 1h 45min

Direção: Ian Samuels

Gênero: Comédia, Drama, Romance

Elenco: Shannon Purser, Kristine Froseth, RJ Cyler, Noah Centineo, Lea Thompson, entre outros.

Saiba mais: IMDb - Adoro Cinema
Sinopse: Sierra é uma adolescente inteligente, mas que não se encaixa exatamente nos padrões de beleza impostos no ensino médio. Quando um incidente de confusão de identidade resulta em um romance inesperado em sua vida, ela se vê precisando da ajuda da garota mais popular da escola para poder ficar com o menino que gosta. 


Sierra (Shannon Purser) cresceu em um lar onde a elevação da autoestima era tema recorrente nas conversas familiares, entretanto, a prática é mais complicada que a teoria, sendo assim, por mais que tente se fazer de forte, a menina sofre - em silêncio - por não se encaixar nos padrões de beleza impostos pelo cruel ensino médio. Sua aparência, sua elevada inteligência, sua participação na banda da escola e sua oferta de aulas particulares fecham o pacote do que todos consideram ser as características de uma perdedora.

Netflix © - 2018
Sierra, que possui apenas um amigo, o divertido Daniel (RJ Cyler), normalmente consegue lidar bem com as provocações, mas não contava que uma armação de Veronica (Kristine Froseth) fosse complicar tanto sua vida. A capitã das líderes de torcida e megera da escola fornece o telefone de Sierra para Jamey (Noah Centineo), quarterback do time de futebol de um colégio rival, que fica todo envaidecido ao achar que pegou o telefone de uma garota bonita.

Assim que recebe a primeira mensagem de Jamey, Sierra fica sem entender nada, mas continua a conversa e descobre que o jovem é muito divertido e que possuem muitas coisas em comum. Rapidamente Sierra descobre que tudo não passou de uma armação de Veronica, então que mal faria vestir a carapuça? Mas é claro que uma farsa dessa não poderia ser mantida por muito tempo, e quando Jamey fala que quer vê-la, Sierra fica sem saber o que fazer.


Aproveitando-se de um momento de vulnerabilidade de Veronica, Sierra propõe ajudar a líder de torcida a parecer mais inteligente para impressionar um garoto mais velho que a dispensou, em troca, Veronica terá que ajudá-la encontrando-se com Jamey.

É a partir daí, nessa pegada Cyrano de Bergerac, que toda a trama se desenrola. Não vou falar mais nada para não estragar a experiência de vocês, mas já adianto que o filme é muito mais sobre Sierra e Veronica do que sobre Sierra e Jamey, e é isso que deixa tudo ainda mais legal! E por trás de toda a trama do catfishing, há vários assuntos importantes sendo abordados como autoestima, aceitação, estereótipos, empatia e sororidade.

Shannon Purser está ótima na produção. Ela consegue flutuar entre a teoricamente adolescente segura para a completamente insegura Sierra. Ela, que pensava saber quem era, se vê completamente perdida em relação à sua própria identidade; em relação ao que era, é ou será. Suas atitudes são sim questionáveis e se eu tivesse que apontar uma única coisa errada seria o fato de não ter havido algum tipo de punição. Há a lição e ela a aprende, mas faltou uma punição. Quando vocês assistirem vocês vão saber sobre o que eu estou falando. Tirando isso, a atriz está ótima e ainda dá uma canja cantando uma das músicas da incrível soundtrack que já está on repeat no meu Spotify.

Mas quem rouba mesmo a cena é Kristine Froseth! A atriz iniciante está super confortável em cena, em um papel que exige que ela interprete alguém que interpreta. Como assim? É que Veronica cria uma personagem, cria uma imagem idealizada de si mesma para conseguir lidar com o fato de ser ela mesma. Ela é um estereótipo ambulante e se beneficia das suposições que fazem sobre ela para conseguir lidar com o tipo de vida que possui.

E quando essas duas personagens se encontram e se compreendem... é só amor!


O desenvolvimento da amizade entre elas é MUITO mais interessante do que o desenvolvimento do relacionamento entre Sierra e Jamey. Noah Centineo é um zero à esquerda neste filme, de verdade. Ele é fofo, ok; mas nada além disso. Espero que a Netflix dê uma pisada no freio em relação ao ator, tudo o que é excessivo, enjoa. 👌

Como uma pessoa que sofreu bullying e gordofobia na adolescência, e eram ataquem diários e cruéis, digo que Sierra Burgess é uma Loser é um filme muito necessário. Ele tem defeitos, ok? Como eu disse, faltou uma punição para a Sierra, mas ela compreende seu erro. Nem sempre as coisas precisam ser verbalizadas para existir, por isso, falta de punição à parte, o filme entrega, sim, uma boa história. O filme é real, o filme não coloca panos quentes em cima da gordofobia; ela existe. O filme mostra que a gente precisa parar de olhar apenas o que as pessoas aparentam ser... temos que olhar o que elas são de verdade.

A produção também conta com participações tímidas, mas simpáticas, de Lea Thompson (Switched at Birth) e Chrissy Metz (This Is Us). O filme é divertido de um modo geral, mas o papel de alívio cômico cai nas mãos de RJ Cyler (Pânico) e Loretta Devine (The Carmichael Show). RJ até dá uma exagerada às vezes, mas está engraçado em seu papel de tentar colocar um pouco de juízo na cabeça de Sierra. Loretta, por sua vez, interpreta uma professora nada convencional, que faz piadinhas com pílulas anticoncepcionais e com a fertilidade dos alunos.

Netflix © - 2018
Netflix © - 2018
Netflix © - 2018
Netflix © - 2018
Já falei sobre a soundtrack ali em cima, mas preciso enaltecer essa maravilha! As músicas possuem uma pegada de soundscape muito relaxante, é muito gostoso de ouvir. Além de ter toda a pegada do fim dos anos 80 e início dos anos 90, onde eu imagino que o filme foi ambientado se formos observar o figurino e até mesmo a cores empregadas na produção. Deem play e curtam a brisa!


Sierra Burgess é uma Loser é mais uma aposta certeira da Netflix. Que a plataforma continue investindo em filmes amorzinhos assim! 💜


40 comentários

  1. Oi, Tami! Tudo bom?
    Infelizmente não vou assistir. A Bibs assistiu recentemente e apontou tantos erros (coisa de esteriótipo gordofóbico e piada transfóbica e outros absurdos) que aaaaaaaaaaa. A decepção já me deixou no chão. Prefiro passar longe pra não ficar triste UHUHASUHASUHASUHASUHAS
    Só fico triste porque amo tanto a Shannon e o Noah e eles mereciam mais </3

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O estereótipo gordofóbico existe, sempre vai existir. O que importa, ao meu ver, é a maneira como o estereótipo é abordado. Como uma pessoa que sofreu na pele bullying pesado por conta do meu excesso de peso na adolescência, digo que Sierra teria me ajudado muito caso tivesse existido em 2004, auge das minhas crises de self-pity. ;)

      Excluir
  2. Oi, Tami
    Eu amei demais esse filme, eu não consigo entender como que as pessoas ainda conseguem encontrar erros pra reclamar, chega dá vontade de revirar os olhos. Em relação ao Noah, eu amo ele mas eu gosto de variada também, é sempre bom conhecer novos atores e concordo em relação a isso. Eu amei demais a amizade delas e o foco nisso, ainda mais porque as atrizes estão ótimas nos papeis!!
    Por mais filmes assim.
    Beijo
    http://www.suddenlythings.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Coisa de gosto, né? Acontece...
      O filme está longe de ser perfeito, mas a mensagem de aceitação e amor próprio que ele passa é linda!

      Excluir
  3. Oi, Tami! Tudo bem?

    Estou tão feliz em ler sua resenha, porque tudo que envolve este filme me encanta e o que você disse é tão verdadeiro!
    Eu também amei muito o filme e concordo plenamente com tudo, mas preciso ressaltar que realmente, o filme acaba sendo mais a amizade da Sierra e da Veronica, que é mesmo incrível. Foi tão maravilhoso ver as duas juntas em cena, são atrizes tão maravilhosas.

    Já assisti o filme duas vezes e provavelmente vou assistir mais.

    Beijos,
    Magia é Sonhar
    Conheça o nosso Canal

    ResponderExcluir
  4. Oi Tami!
    Tbm adorei o filme!
    E com certeza a amizade da Sierra com a Verônica rouba muito mais a cena que tudo no filme, por isso gostei ainda mais, hahah.
    Concordo com a aposentadoria do Noah por um tempinho! HAHAHAH
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Oiii Tami

    Só hoje ja li tanta resenha maravilhosa sobre esse filme, que delicinha, com certeza quero assistir,Adoroe sses dramas/comédias teens e Sierra além disos traz uma mensagem atual e com certeza necessária. Vou ver com certeza.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  6. Oi, Tamires!

    Só estou ouvindo coisas boas sobre este filme... Já quero assistir!

    Abraços, Cris

    ResponderExcluir
  7. Oi, Tami!
    Socorro que eu sempre sou a hater que vê problemas nesses filmes fofos. OK que, pra mim, ele não foi de todo ruim mas houve algumas coisas que ele pecou, como quando a Sierra expõe a Veronica. Eu acho que ela deveria ter sido mais repreendida, saca? Se tu for parar pra analisar, nem desculpa propriamente dita ela pediu pra guria... Enfim... a gente já aceitou que discordamos em algumas coisas hahhahah
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  8. Que legal saber que você amou a série. Vi muitas pessoas que não gostaram tanto de algumas coisas. Eu estou curiosa para assistir e ver o que acho..

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi Tami, eu adorei o filme tb! E a relação de amizade das meninas é o melhor do longa, super concordo com vc! E até acho que o erro da Sierra faz da personagem uma pessoa real e complexa. Enfim, espero mais filmes bons assim na Netflix.

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Mi. O filme é bem vida real mesmo.

      Excluir
  10. Oi, Tami!
    Eu vi alguns comentários negativos sobre o filme e alguns bem positivos, como a sua resenha. Quero assistir para tirar minha própria opinião, mas me conhecendo, sei que tem tudo para eu gostar, viu hahaha
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos

    ResponderExcluir
  11. Olá Tami! Tudo bem?
    aaahh quero sair gritando e ligando a tv! não tinha a menor ideia do que era a série, só comecei a ver todo mundo no meu feed falando que estava adorando e tal.. estava precisando de uma resenha como a sua e já estou enlouquecida aqui para assistir também!! :D
    beeijo

    https://lecaferouge.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Oi Tami! Este filme foi o assunto do fim de semana e logo fui ver o que ele tinha de especial. Produção inteligente e divertida, que mesmo com clichês, consegue surpreender. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  13. Oi Tami,
    Eu ainda não pude assistir pois fiquei sem internet durante semana passada, mas fiquei curiosa pelo rebuliço que tá causando. Amei saber que a Loretta está no filme, amo sa mulher.

    até mais,
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  14. Amei sua resenha, ainda não consegui assistir mas já vi que é um sucesso, né ? Vi muitas resenhas sobre ele hoje. Quero tentar assistir amanhã!

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  15. Oi Tami.
    Mais um que está aqui na minha imensa de lista de filmes a assistir...
    Eu gosto de filmes com essa pegada e espero achar amorzinho também.
    Bjus
    Doces Letras

    ResponderExcluir
  16. Oi Tami, tudo bem?
    Estou bem ansioso pare ver esse filme, pretendo assistir essa semana ainda
    Blog Entrelinhas

    ResponderExcluir
  17. Olá, Tamires.
    Esse filme está na minha lista e assim que der vou assistir. Eu tinha dado uma esfriada depois de ler alguns comentários da Bianca lá no stories do Ig, mas li seu comentário ali em cima e como já passei por isso também vou assistir sim hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  18. Assisti hoje e gostei muito, concordo muito com o que falou na crítica, o foco maior na amizade do que no relacionamento me pegou muito :) mas, como você disse, faltou uma punição e até uma passagem sobre o silêncio da Sierra naquele acontecimento lá no final do filme...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, mas ainda assim virou favoritão! hahahah

      Excluir
  19. Olá Tamires,

    Esse será o próximo filme que vou assistir na netflix, estou super curioso e com altas expectativas, ainda mais depois da sua resenha....kkkk....ótima dica...bjs.


    http://devoradordeletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tomara que você goste tanto quanto eu, Marco.

      Excluir
  20. eu vi no final de semana e gostei bastante, a gordofobiaa existe mesmo, acho legal como mostra ela lidando com isso apesar de tudo...

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir