17 de setembro de 2018

Resenha | A Rainha dos Sete Mares - Bianca Sousa


Autora: Bianca Sousa

Número de páginas: 146

Ano: 2018

Publicação independente

Skoob: AQUI

Compre: Amazon
Sinopse: Nada vai ser como antes.

O fundo do mar é governado por seres dotados de inteligência e ganância, como qualquer grande império. No entanto, dentre os sete reinos, um deles oculta um inquietante segredo capaz de ruir com tudo o que foi construído até o momento.

Agatha é a sereia herdeira deste reino, mas tem ideias contrárias às tradições que a impedem de exercer seu lugar de direito: o trono. Geniosa e corajosa, ela não aceita tais condições nem mesmo quando se vê obrigada a assumir o controle após uma catástrofe que ameaça a vida marinha. Sem a menor chance de desabar, precisa ser forte para provar a todos – e a ela mesma – que poderá ficar à frente do povo. Para proteger a todos precisará mergulhar fundo em segredos obscuros e trazer à tona verdades enterradas pelo tempo, além de enfrentar o maior e mais temido monstro dos mares: o Kraken.


Eu queria ser dona da minha vida, do meu destino.

Há muito tempo, o oceano foi dividido em sete reinos: Atlantis, Acquamarine, Ferdald, Soken, Mirum, Siren e Awyn. Atlantis, como o nome não nega, tem como base a cidade perdida de Atlântida, e é lá que reina o tritão Christopher III, o rei mais respeitado que Atlantis já teve. Foi ele quem baniu o Kraken, um temido polvo gigantesco que destruía tudo ao seu redor, para as Águas Profundas.

Atlantis era habitada majoritariamente por Sereianos e Octopus, criaturas que viviam em constante animosidade, já que os primeiros associavam o outro grupo ao Kraken e, consequentemente, os marginalizavam. Agatha e Malvina são duas habitantes de Atlantis. A primeira é uma princesa que quer ser dona da própria vida, já a segunda é uma Octopus que se apaixonou pela pessoa errada e pagou por isso.

As vidas dessas duas criaturas, que poderiam ou não ter convivido se as circunstâncias do passado fossem outras, acabam se cruzando quando o temido Kraken é solto misteriosamente. A terrível criatura parte para Atlantis, destruindo tudo e matando todos que não conseguem sair de seu caminho.

Durante minutos eternos não se ouvia nada senão o som de silêncio e morte. Nem os tubarões estavam mais lá. Somente eu, em cima dos escombros. Eu era a rainha de um reino que não existia mais.

Agora órfã, Agatha tem que lutar contra aqueles que não a querem no poder. Mas o mais importante de tudo, ela, assim como seu pai, precisa banir novamente o Kraken para o lugar de onde ele nunca deveria ter saído.

Para isso, ela vai contar com a ajuda de Maleika, Hanine, Johanna e Fridah, quatro bruxas do mar responsáveis por abrir o portal das Águas Profundas. Assim que atravessa o vórtice, Agatha compreende que não há mais volta; ela terá que arriscar tudo para salvar o que restou de seu reino e honrar a memória de seus pais.

Mas a medida que nada, Agatha vai descobrindo fatos importantes sobre o passado, e quando seu caminho cruza com o de Malvina, ela descobre a história que nunca lhe foi contada. Agora, Agatha precisa fazer uma escolha: repetir os erros de seus antepassados ou escrever um novo capítulo na história dos sete mares?

A única forma de descobrir como ele conseguiu, é revirando as areias do tempo que se encontram no mais profundo dos oceanos.


••••••••••

A Rainha dos Sete Mares é o mais novo lançamento da autora parceira Bianca Sousa. A Bianca foi uma das primeiras parceiras aqui do Meu Epílogo, e uma das coisas mais bacanas em manter uma parceria por tanto tempo é o fato de poder acompanhar o desenvolvimento da autora. Desde Eterna: O Som do Amor, primeiro livro da Bianca que li, sua escrita evoluiu demais, está muito mais objetiva (sem ser superficial) e envolvente.

Quem acompanha o blog sabe que eu não gosto muito de fantasia, é de longe o último gênero na minha escala de leitura. O único tipo de fantasia que me agrada são aquelas mais distópicas, com um pezinho na realidade. Acho que a única fantasia que li e que curti real foi Harry Potter, depois disso comecei a torcer o nariz para tudo que contém fadas, bruxas, duendes, magos... sereias. Dito isto, quero deixar bem claro que esta resenha está sendo escrita por uma pessoa que não gosta desse gênero. Aí vocês devem estar se perguntando: Então por que você leu, Tami?

Primeiro, porque a Bianca é minha parceira, sempre foi super solícita e atenciosa mesmo na minha pior fase. Eu não poderia deixar de prestigiar seu novo livro! Segundo, porque sair da zona de conforto é super válido, às vezes a gente se surpreende bastante, às vezes não, mas arriscar é bacana.

Eu curti a proposta do livro, que discorre sobre as consequências de um julgamento precipitado. Gostei também da intenção de fazer Agatha uma heroína contra o machismo e o descrédito; porém, eu não simpatizei com a personagem em nenhum momento e foi esse meu problema com a história. A personagem evolui na medida do possível considerando o tamanho da história, então seria injustiça da minha parte falar que ela não tem bons momentos, ela tem e evolui, mas durante boa parte da narrativa achei que ela não lidou bem com o poder recém-adquirido. Quando a história terminou fiquei pensando no tipo de rainha que ela seria caso o desfecho de toda a situação fosse outro... e não imaginei bons cenários.

Já com Malvina a história foi outra, adorei a personagem! A vida toda ela foi inferiorizada e desvalorizada por ser diferente, por não se encaixar em um padrão considerado aceitável, bonito. Ela é uma vítima da crueldade e da intolerância, é fácil trazê-la para o mundo real, temos muitas Malvinas por aí e às vezes nós mesmas somos uma Malvina, ao contrário de Agatha. A personagem aguentou o quanto pôde, tentou não internalizar todo o mal que recebia, mas não conseguiu. Quando a história terminou, assim como fiz com Agatha, fiquei pensando no tipo de rainha que Malvina seria caso os papéis estivessem invertidos... e os cenários foram ótimos.

Entenderam meu ponto de vista? Foi uma questão de identificação e empatia.


Os demais personagens são bem secundários, então não vou discorrer sobre eles. Mas um em particular, que é o Alec, conselheiro do rei, tinha um grande potencial considerando seu papel em dois momentos da história de Atlantis, ele merecia um pouco mais de destaque.

O mundo subaquático criado pela autora foi muito bem pensado, desde o motivo que causou a divisão dos reinos até a criação do Kraken. A reviravolta foi interessante e o artifício utilizado até chegar ao momento da mesma é bem orquestrado, com passagens no presente de Agatha e flashbacks do passado de Malvina. Bianca também teve todo o cuidado ao adaptar certas expressões corriqueiras que usamos como, por exemplo, a famosa expressão "soltei o ar", que aqui virou "soltei a água". O livro possui um bom ritmo, onde as coisas são introduzidas e explicadas de uma maneira bem satisfatória, mas senti que no final ouve uma ligeira acelerada, porém, nada que atrapalhe muito a leitura.

Eu li o eBook, então não posso falar sobre a parte gráfica do livro, mas posso falar sobre essa capa... o que é essa capa, Brasil? MARAVILHOSA! Eu olho para essa sereia e vejo a Agatha, o que acho muito importante. A revisão está muito boa, não encontrei erros, e há também um pequeno glossário com o significado de alguns termos que aparecem ao longo da história. O eBook pode ser adquirido na Amazon e também está disponível no Kindle Unlimited. Exemplares físicos podem ser adquiridos diretamente com a autora através deste link.

Para finalizar, indico o livro obviamente para quem gosta de histórias sobre sereias e para quem curte fantasias mais juvenis. Espero que vocês apreciem a leitura! 😉


44 comentários

  1. Oi Tami. Eu já gostei mais de fantasia, mas recentemente esse gênero tem me incomodado um pouco quando leio e não estou conseguindo sentir aquela satisfação que sentia antes com essas leituras, mas não deixo de me interessar pelos universos criativos que os autores criam. Eu ainda não li nenhum livro com sereias e adorei a premissa dessa história. É uma pena que os personagens não te cativaram tanto, é sempre difícil se envolver na história quando não rola a empatia. De qualquer forma, adorei a dica e vou anotar na minha lista.
    Beijos
    http://espiraldelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi Tami,
    não conhecia a autora ou o livro, mas gosto de conhecer livros com essa temática mais voltado ao fundo do mar. No blog a nossa sereia é a Bianca, então normalmente eu indico esse tipo de leitura pra ela. Curti a ideia, mas acho que assim como você eu também teria essa questão com as personagens. E não sei quanto isso poderia afetar minha leitura. Espero que a autora conquiste novos e bons leitores e tenha muito sucesso!

    Att.,
    Eduarda Henker
    Queria Estar Lendo

    ResponderExcluir
  3. Ooi Tami!
    Tinha visto em algum lugar sobre esse lançamento, mas ainda não tinha conhecido mais sobre a história. Achei o enredo bem interessante e, como é um livro mais curto, acho que arriscaria a leitura ☺

    **
    Sobre a Tag, ela foi criada por mim e pela Jéssica, do blog Valeu a pena esperar, há uns 4 anos atrás, mais ou menos hehehe.

    Os Delírios Literários de Lex

    ResponderExcluir
  4. Oi Tami, tudo bem?

    Eu ando bem longe das fantasias no momento e por isso não me interessei muito na leitura, mas eu achei mega interessante essa parte do universo subaquático e o enredo!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Bianca trabalhou muito bem a questão do mundo submerso!

      Excluir
  5. Oi, Tami!

    Ainda não sabia do lançamento e achei a capa super linda. São poucos os livros que existem sobre sereias e achei o mundo criado pela autora muito interessante. Mesmo a protagonista não sendo carismática, acho que eu daria uma chance pra leitura!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oiii Tami

    Tb achei a capa maravilhosa, não conheço a personagem da Agatha mas acho perfeito quando rola essa identificação, de a gente olhar na capa e já visualizar o personagem. A trama, vou ser sincera, eu adoro fantasia e é o gênero que mais leio, mas recentemente li To kill a kingdom, um livro de sereias com uma premissa bem parecida à deste, então por enquanto não leria este porque já vou saturada do gênero já que minha leitura de To kill nem foi tão bacana assim, mas quem sabe um dia...

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Alice! Tudo bem? Fui dar uma conferida no livro que você mencionou, mas não tem nada a ver com A Rainha dos 7 Mares. Fica aqui o convite para ler e comprovar você mesma! :) Bjs!

      Excluir
    2. A autora já se manifestou! Hahaha

      Excluir
  7. Oi, Tami
    Quando vi a primeira vez esse livro eu adorei porque não gosto de fantasia, mas quando leio uma, fico viciada. Eu acho que pelo fato de você não ter simpatizado com a protagonista foi o que moldou sua opinião. Achei a ambientação muito legal e tenho certeza que eu adoraria, ainda mais se for bem desenvolvida a história, independente do personagem ser bom ou não.
    Beijo
    http://www.suddenlythings.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então dá uma chance, Mi. Dá pra ler o livro numa sentada só. ;)

      Excluir
  8. Oi Tami.
    Ainda não tinha escutado falar do livro e gostei da premissa e a capa é realmente muito bonita. Eu até leio fantasia mas também não sou muito fã e acho que no momento não leria. Vou deixar a sua dica anotada. Pode ser que um dia desses eu resolva ler.
    Bjus
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi Tami,

    Eu vi a autora fazendo a divulgação desse livro e como gosto muito de fantasias, não posso deixar de acrescentar na lista.
    Achei muito bacana sua sinceridade de ler o livro mesmo não sendo o seu gênero favorito e tirando o melhor da história.
    Bjs e uma boa semana!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não poderia deixar de ler! E espero que você faça o mesmo! :)

      Excluir
  10. Oi Tami, tudo bem?
    Quando vi a capa do livro eu já fiquei super empolgada, porém a sua nota me desanimou. Mas sua resenha ficou tão boa que agora entendi porque uma nota tão baixa, mas como eu amo sereias e fantasia, com certeza quero ler esse livro um dia! A capa do livro está apaixonante! hahaha

    Obrigada pelo carinho. Volte sempre!
    Um super beijo :*
    Claris - Plasticodelic

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas três não é uma nota tão baixa, três é bom! ;)

      1- ruim
      2 - razoável
      3 - bom
      4 - muito bom
      5 - excelente

      Excluir
  11. Oi Tami, td bem?
    Nunca li nada da autora!
    Eu tbm n sou chegada em fantasias, e tenho um pouco desse preconceito com bruxas, fadas e sereias, rs. Como vc, gosto de Harry Potter, e tbm tenho uma parceira que escreve fantasia lá no blog (a Lu Evans) que tenho lido com o maior prazer, mas n passo muito disso n XD
    Então n garanto que leria A rainha dos sete mares...
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Oi, Tami!
    Sou apaixonada nessa capa desde que vi o lançamento. Não é muito o meu gênero preferido e não sei se leria, mas gostei de ver suas ressalvas e como você saiu da sua zona de conforto. Isso é ótimo, né?
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos

    ResponderExcluir
  13. Olá, Tamires.
    Eu amei essa capa. É perfeita. Acho que comentei por aqui quando você falou sobre o lançamento do livro que amo livros de sereias, mas acho bem dificil de encontrar um que seja realmente bom. Então estava com esperanças nesse. Dai vi sua nota e desanimei hehe. Mas entendi sua posição e acho que vou dar uma chance ao livro.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh dá sim, Sil. Ficaria muito feliz se fizesse isso! <3

      Excluir
  14. Oi, Tami! Tudo bem?

    Primeiramente, é necessário falar desta capa porque ela é realmente linda, muito mesmo. Dá vontade de ler o livro só pela capa.
    Infelizmente, as últimas fantasias que li foram decepcionantes, por isso, estou evitando qualquer fantasia por agora, mas talvez um dia eu leia.

    Beijos,
    Magia é Sonhar
    Conheça o nosso Canal

    ResponderExcluir
  15. Oi Tamires tudo bem? Não conhecia essa autora, desejo muita sorte para ela. Adoro fantasia e ficção e esse livro me chamou a atenção sobre a opressão das mulheres e o preconceito de ser diferentes fisicamente, fiquei com dó da Malvina tenho a tendência de gostar de personagens mais oprimidos e torcer por eles kkk, e a Agatha que tem lutar pelo seu lugar de direito isso me deixou curiosa para saber o final. Apesar de você não gostar muito do gênero sua resenha ficou ótima e sua sinceridade é que mais destacou, parabéns pela resenha e obrigado pela dica, bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O caminho da sinceridade sempre é a melhor saída, não consigo ser diferente disso. <3

      Excluir
  16. Bom dia Tami!!!

    Acho que vi algo no face sobre a divulgação desse livro. No início me lembrou mesmo sem parecer em nada, um livro da Nora Roberts, que vai tratar de seres marinhos e fantasia. Gostei dos nomes das personagens e gostei ainda mais da relação que tem com a autora, são essas amizades que faz o blog no seu caso e a leitura valer a pena !!!
    Muito bem escrita sua resenha!
    Bjs

    ResponderExcluir
  17. Tamis, é como eu disse antes: obrigada pela amizade sincera e carinho com o meu trabalho. Super beijo!

    ResponderExcluir
  18. Oi Tamires, tudo bem?
    Que bom que apesar de não ser seu gênero favorito, o saldo final da leitura foi positivo. Eu gosto de mitologia então acredito que o livro me agradaria, sem falar que sua resenha me deixou curiosa para conhecer Agatha, Malvina e o mundo em que elas vivem.

    *bye*
    Marla
    https://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Oi, Tamiris.
    Achei super bacana que você tenha topado ler esse livro, mesmo não sendo o tipo de história que você costuma escolher!
    Ainda não sei se é bem o tipo de livro que estou procurando, mas vou anotar a dica e pensar sobre ele!
    beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  20. Oi Tamires!
    A capa desse livros é bem chamativa!
    Achei bacana você querer se aventurar um pouco em outro gênero de leitura.
    Vou anotar a dica já que gosto de fantasias, fiquei curiosa para ver outras adaptações de frases corriqueiras e embarcar na aventura nesse mundo que a autora criou.

    Beijos
    FLeituras

    ResponderExcluir
  21. Oie Tami =)

    Apesar de gostar bastante de fantasia, confesso que não curto muito livros com sereias rs... Acho que peguei ranço por causa da Ariel XD

    Mas lendo a sua resenha, achei a premissa de Rainha do Sete Mares interessante em especial pela forma com a autora construiu as personagens principais.

    Acho importante quando ao final de um livro ficamos imaginando como o desfecho poderia ter sido, porque isso é um sinal que a narrativa nos fez refletir.

    Beijos;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
  22. Oiiiii,

    Achei interessante a premissa, principalmente porque gosto de fantasia, mas me desanimei um pouco porque a personagem não te convenceu, e pra esse tipo de coisas acontecer é porque a personagem tem falhas e elementos que não conseguem prender o leitor. Gostei de saber que mesmo com algumas falhas ainda tiveram personagens que foram capaz de te conquistas. Mas pesando tudo eu não sei se daria uma chance pra história.

    Beijinhos...
    http://www.paraisoliterario.com

    ResponderExcluir
  23. Oi Tami, a capa é realmente linda demais! Eu nunca li nada sobre sereias, então só isso seria suficiente pra me tirar da zona de conforto haha acho bacana que a parceria dure tanto tempo, assim como você acompanha o crescimento e amadurecimento da autora, ela acompanha o seu! Adorei sua resenha, foi muito sincera, esse é um dos generos que menos leio mas fiquei curiosa.

    ResponderExcluir
  24. Eu fiquei bem curiosa com esse universo subaquático criado na narrativa porque eu nunca li nada parecido que eu me lembre. Em relação as personagens, acho que eu também seria cativada pela malvina, mas só lendo pra saber não é mesmo.
    Ainda não conhecia o livro e fiquei um tiquinho interessada.
    beijos

    ResponderExcluir