14 de fevereiro de 2019

Cinema | Vidro


Título original: Glass

Lançamento: 18 de janeiro de 2019

Duração: 2h 09min

Direção: M. Night Shyamalan

Gênero: Drama, Sci-Fi, Thriller

Elenco: James McAvoy, Bruce Willis, Samuel L. Jackson, Anya Taylor-Joy, Sarah Paulson, Spencer Treat Clark, entre outros.

Saiba mais: IMDb - Filmow
Sinopse: Após os eventos de “Fragmentado”, Elijah Price, também conhecido como Mr. Glass, descobre que David Dunn está perseguindo Kevin e sua figura super-humana, A Fera. Em uma série de encontros crescentes, a sombria presença de Glass surge como um orquestrador que detém segredos críticos para ambos os homens.


Semana passada fui assistir àquele que era um dos filmes mais aguardados por mim este ano: Vidro. A chuva de críticas que o filme vinha recebendo não fez minha expectativa diminuir, mas deveria ter feito. Se eu tivesse dado ouvidos à elas, não teria saído do cinema tão decepcionada.

Como este filme fecha a "trilogia" iniciada em 2000 com Corpo Fechado, fica difícil falar sobre o enredo sem entregar muita coisa sobre os outros dois filmes, já que eles são bem interligados. Resumindo bem resumidamente, em Vidro vamos acompanhar a busca de David Dunn (Bruce Willis) por Kevin Wendell Crumb (James McAvoy), que está repetindo o que havia feito - e do que havia conseguido fugir - em Fragmentado.

David, que possui uma força descomunal e um corpo à prova de qualquer abalo, tornou-se uma espécie de justiceiro e capturar Kevin é seu mais recente objetivo. Porém, quando consegue rastreá-lo e quando está prestes a finalmente enfrentá-lo, os dois acabam sendo capturados por Ellie Staple (Sarah Paulson), uma psiquiatra especializada em uma condição que ela chama de distúrbio de grandeza. O indivíduo que possui tal anomalia tende a achar que é um super-herói, e ela crê que é este o caso de David, cujo "dom" eu já mencionei, e de Kevin, que possui vinte e quatro personalidades sendo que uma delas, A Fera, se acha superior à tudo e à todos, tornando-se um grande perigo. Os dois são levados para uma clínica psiquiátrica onde já se encontra Elijah Price (Samuel L. Jackson). Ele, é o total oposto de David, tendo um corpo extremamente frágil e até mesmo por isso é chamado de Mr. Glass (Sr. Vidro).

Agora Ellie tem pouco tempo para demovê-los daquilo que ela considera ser apenas um delírio. Elijah, entretanto, tem outros planos.


Mesmo decepcionada preciso enaltecer a visão de Shyamalan. O diretor e criador de Corpo Fechado, Fragmentado e Vidro começou a explorar esta ideia de super-heróis muito antes do conceito tornar-se tão popular (e rentável) nos cinemas. Sem efeitos especiais que simulam poderes, Shyamalan consegue, apenas com a concepção do que é ser um super humano, nos fazer acreditar naquilo. Seu erro, entretanto, foi plantar a dúvida de sua própria afirmação. Ao tentar desconstruir o que levou quase vinte anos para construir, Shyamalan dá um tiro no pé. Ainda que, como uma fênix, haja o ressurgimento de diversas possibilidades, o que se sobressai é a falta de ritmo, a falta de explicações e o mau aproveitamento de personagens importantes.

Chega a ser um tantinho revoltante ver Bruce Willis e Samuel L. Jackson sendo tão subaproveitados! Seus personagens neste filme têm uma relevância pífia, é quase vergonhoso. Levando-se em consideração que o filme se chama Vidro em clara referência ao personagem de Samuel, eu esperava vê-lo brilhar. Ledo engano. E o que falar de David Dunn e seu desfecho? Sem comentários!

Sarah Paulson conduz sua personagem com competência, todavia, mais uma vez, o roteiro atrapalha o que poderia ter sido interessante se não fosse o péssimo timing. Não havia tempo hábil para desenvolver os motivos reais de seu interesse por Elijah, David e Kevin. Ficou jogado e muito aquém do que Shyamalan é capaz de fazer e do que vinha fazendo desde 2000. Outra coisa que me surpreendeu negativamente foi a função de Casey, personagem de Anya Taylor-Joy, na história. Quem assistiu ao filme anterior sabe o porquê dela ter sido poupada, por isso esperava um maior destaque para o desenvolvimento de sua trama. Seu papel em Vidro resume-se a trazer a personalidade original de Kevin para luz, nada mais.

E falando em Kevin, James McAvoy é o único que se salva e o único que salva o filme de um naufrágio completo. Sua atuação é brilhante. O cara interpreta vinte e quatro fucking personagens. Cada um com uma voz. Cada um com um trejeito. Cada um com um olhar. Ele merecia um Oscar!


Lembram da falta de ritmo que eu mencionei? Pois é. O filme demora a pegar no tranco, sua primeira hora é extremamente cansativa, nada acontece. Há toda uma construção de um clímax que nunca chega.

Ele. Nunca. Chega.

O filme começa e termina da mesma maneira: simplório.

No mais, Vidro é um filme mediano. Só não vou dizer que não vale o ingresso porque James McAvoy não merece isso!


28 comentários

  1. Oiii Tami

    É que esse é daqueles filmes que todos nós esperávamos que fosse maravilhoso, tremendo trio de atores, tremenda premissa e uma publicidade que deixa a gente mega curioso, pena que que só serviu pra frustrar quem foi com expectativas, chato isso. Eu até pretendo assistir, mas depois de tantas criticas vou com as expectativas bem mais baixas.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  2. Oi, Tami! Tudo bom?
    AAAAAAAAAAAAAAAA não li sua resenha desculpa! Ainda não assisti Fragmentado e lembro BEM POUCO de Corpo Fechado então tô fugindo de tudo sobre Vidro xD
    Quero assistir de uma vez e sem spoilers UHASUHASUHUHASUHASUHAS

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando tem spoiler eu aviso, não falei absolutamente nada sobre a trama em si, nem sobre os filmes anteriores.

      Excluir
  3. Oi Tami, eu nunca fui de lamber esse diretor, confesso rsrsrs Não vi o filme, mas estarei com as expectativas baixas.

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  4. Olá, Tamires.
    Eu não assisti a nenhum dos filmes. E só soube que eram ligados quando vi lançar esse terceiro hehe. E nem sei se vou assistir porque as opiniões que vi sobre ele foram muito parecidas com a sua. Que pena porque com atores como esses, o filme era para ter sido incrível.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  5. Oie!
    Eu estou muito triste comigo mesma porque não assisti nenhum dos filmes, e é um tipo de filme que eu adoro. Uma pena que esse tenha sido mediano, pelo trailer ele me pareceu incrível. Bem, pelo menos eu já vou assistir com menos expectativa. E, nossa, o ator tem que ser muito bom para interpretar 24 personagens, socorro! Uma pena mesmo não ter sido tão bom :(
    Beijos
    Our Constellations

    ResponderExcluir
  6. Oi Tami,
    Confesso que esperava qualquer coisa, mas 'simplório'? NUNCA.
    Eu vejo tantos elogios a essas obras que imaginava que Vidro fosse ser MEGA INCRÍVEL. Estou bem chocada! rs
    Preciso assistir aos filmes ainda.
    beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Amei seu post, estou vendo comentários super positivo sobre esse filme, estou doida para assistir!

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tá vendo? Me mostra pq só vejo o povo detestando! Hahaha

      Excluir
  8. Oi Tamires!! Eu não leito muito esse tipo de gênero. Confesso que prefiro ver os filmes. Você fez uma resenha maravilhosa, viu?
    Beijos!!!
    "Borboletra""Instagram"

    ResponderExcluir
  9. Oi Tami,

    Eu não assisti aos dois outros filmes, mas meu marido vive me infernizando para ver rsrs.
    Uma pena que esse filme não tenha sido tão bom quanto a expectativa do público, mas quero ver só pela interpretação do James.
    Bjs e um bom fim de semana!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram

    ResponderExcluir
  10. Oi Tami!
    Ahhhhhh, que pena!
    Estava com expectativas pra esse filme tbm! Vou assistir ainda.
    O James Mcavoy é um ator muito maravilhoso cara!
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Oi Tami! Eu acabei não conferindo o filme e acabei perdendo a vontade de pois de alguns comentários. Apesar de gostar do elenco, não está em minhas prioridades. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  12. Oei Tami =)

    Eu não assisti aos filme anteriores, pois não sou muito fã de filmes do gênero. Lembro que li muitas resenhas positivas de Fragmentado quando o filme foi lançando e é uma pena que o filme que fecha a trilogia não tenha mantido o mesmo nível.

    Beijos e uma ótima semana;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
  13. Oi
    nunca assisti os outros filmes, pena que esse decepcionou um pouco e que faltou foco em outros personagens, pelo menos o James McAvoy se saiu bem , deve valer a pena assistir por ele. Gostei de ver sua opnião.

    https://www.meuepilogo.com/2019/02/cinema-vidro.html

    ResponderExcluir
  14. Eu gostei de corpo fechado acho que vale a pena assistir e tirar as conclusões valeu pela dica

    lucrarcommilhas.com

    ResponderExcluir