11 de junho de 2019

HBO | Chernobyl


Título original: Chernobyl

Lançamento: 10 de maio de 2019

Episódios: 5

Duração média: 1h

Criador: Craig Mazin

Gênero: Drama, Histórico

Elenco: Jared Harris, Stellan Skarsgård, Jessie Buckley, Emily Watson, Paul Ritter, Adam Nagaitis, Sam Troughton, Robert Emms, entre outros.

Saiba mais: IMDb - Filmow
Sinopse: Ucrânia, 1986. Uma explosão seguida de um incêndio na Usina Nuclear de Chernobyl dizima dezenas de pessoas e acaba por se tornar o maior desastre nuclear da história. Enquanto o mundo lamenta o ocorrido, o cientista Valery Legasov, a física Ulana Khomyuk e o vice-presidente do Conselho de Ministros Boris Shcherbina tentam descobrir as causas do acidente.


Até semana passada, se alguém me perguntasse qual era a melhor produção da HBO, eu responderia Game of Thrones sem pestanejar. Apesar da última temporada vergonhosa que eu finjo que nem existiu, a série baseada nos livros de George R.R. Martin foi o marco de uma década. A estreia de Chernobyl, entretanto, mudou a minha resposta para a pergunta acima. Chernobyl tornou-se a melhor e mais bem produzida série da HBO, uma superprodução que não precisa de megalomania para se destacar. Uma série sóbria, dolorosa, revoltante e muito imersiva, que vai fazer com que você sinta que seus tecidos estão sendo corroídos pela radiação do mais grave acidente nuclear da história da humanidade.


No dia 26 de abril de 1986, o reator número quatro da Usina Nuclear de Chernobyl, na Ucrânia, passaria por um teste, mas uma sequência de erros culminou em um superaquecimento do reator fazendo com que o mesmo explodisse. Com a explosão, o núcleo extremamente radioativo do reator ficou exposto, liberando cem vezes mais radiação do que as bombas de Hiroshima e Nagasaki. A série brilhantemente criada por Craig Mazin vai esmiuçar todos esses acontecimentos, bem como vai enaltecer pessoas que foram essenciais em toda esta situação.

Stellan Skarsgård interpreta Boris Shcherbina, um político inicialmente cético para com as proporções do desastre, mas que aos poucos vai compreendendo o tamanho do problema que tem em mãos. É ele o mediador entre o químico inorgânico Valery Legasov, brilhantemente interpretado por Jared Harris, e o alto escalão da URSS, já que esta última quer manter a gravidade do acontecimento como segredo de estado. Somente quarenta e oito horas após a explosão, quando a Suécia começa a detectar níveis altos de radiação no meio ambiente, é que a URSS admite internamente que houve uma explosão em um dos reatores de Chernobyl. Entretanto, foram necessários quase vinte dias para eles darem alguma satisfação ao restante do mundo, ainda assim omitindo diversos fatos. E são esses fatos, investigados pela física Ulana Khomyuk, interpretada por Emily Watson, que a série vai abordar.

Vale mencionar que tanto Shcherbina quanto Legasov realmente existiram. Já Khomyuk foi inspirada em diversos cientistas que se dedicaram ao desastre.

Sente gosto de metal?
Chernobyl é uma série irretocável! Há muito tempo eu não assistia a algo tão responsavelmente produzido, algo que pretende fazer um serviço ao espectador e não somente entretê-lo. É revoltante ver que a politicagem, os interesses, os acordos e o dinheiro sempre se sobrepõe ao interesse do povo, que foi quem mais sofreu com o desastre. Mais de 350 mil pessoas foram evacuadas. Milhares adoeceram. Homens foram claramente sacrificados em prol da manutenção das mentiras da URSS. Mais de 140 mil quilômetros foram contaminados pela radiação e serão necessários 20 mil anos até que Pripyat, cidade vizinha a usina, possa ser habitada de forma segura novamente. Ainda assim, até hoje, a Rússia ainda se mantém firme em algumas de suas alegações, dizendo, inclusive, que produzirá uma série contando sua versão da história.

As atuações de Jared Harris, Stellan Skarsgård e Emily Watson são sólidas e competentes, mas é o primeiro quem se destaca. Jared soube conduzir com maestria todas as difíceis nuances de Valery Legasov. De servo obediente a detentor dos segredos de uma nação conhecida por não admitir a perda do controle, o ator entrega uma atuação impecável.

Chernobyl tornou-se um fenômeno de público e crítica. Logo após sua estreia, a série passou a ocupar o topo do ranking de séries do IMDb. Com atuações primorosas, um roteiro magistral, uma fotografia sóbria e um ritmo dolorosamente cadenciado, Chernobyl entra para a história da TV e com certeza receberá todos os prêmios para os quais for indicada.

© HBO
© HBO
É assustador ver que erros éticos de mais de trinta anos continuam sendo repetidos e que a ciência continua sendo marginalizada e diminuída. Em tempos onde verbas educacionais estão sendo cortadas, onde pesquisas estão sendo interrompidas, onde a eficácia de vacinas está sendo questionada, onde mudanças climáticas estão sendo tratadas como alarmismo e onde até mesmo o formato da Terra está sendo discutido, é essencial que se preste muita atenção na mensagem que Chernobyl quer passar. Ela não quer contar uma história. Não somente. Ela quer dar um recado.

Ser cientista é ser ingênuo. Focamos tanto na procura pela verdade que não consideramos que poucos querem que a encontremos. Mas ela está sempre lá, quer a vejamos ou não, escolhamos ou não. A verdade não se importa com o que queremos. Não se importa com nossos governos, ideologias, religiões. Ela ficará à espera para sempre. E isto, por fim, é a dádiva de Chernobyl. Já temi o preço da verdade, mas agora apenas pergunto, qual é o preço das mentiras?


28 comentários

  1. Oi Tami, até agora parece que todo mundo adorou mesmo essa série. Tá na minha lista, acho que vou intercalar com Lúcifer pra dar uma aliviada rsrsrsrs

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  2. Meu filho acabou de ver essa série e eu assisti os últimos episódios
    Agora vou assistir desde o início pois trata de série primorosa que tem por objetivo contar o que aconteceu nesse trágico acontecimento de nossa história
    Mostra a ganância a arrogância dos homens
    E assustador mas e real e e atual
    Lembremos a tragédia de Mariana e Brumadinho
    Parabéns pela resenha

    ResponderExcluir
  3. Oi, Tami
    Eu assisti um episódio aleatório na casa de um amigo meu mas estou louca para conferir a série, ainda mais porque é um tema super interessante, me deixou bem curiosa já que eu não conheço muito sobre o que realmente aconteceu. Deve ser louco né? Eu vou ver assim que puder!
    Beijo

    http://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Já ouvi falar dessa série mas, nunca assisti. Estou um pouco desmotivada para assistir séries porque eu acabo ficando viciada e só desligo quando está quase no final.
    Beijocas.

    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Tami!
    Eu vi muita gente falando bem que só desse seriado, e parece realmente incrível. Eu só vi o trailer mas já deu pra perceber que é uma baita produção. Infelizmente não é meu tipo, então dificilmente assistirei, mas a dica fica anotada caso role.

    Abraços
    David
    https://territoriogeeknerd.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também não é o tipo de série que eu costumo assistir, mas algumas coisas vão além do gosto pessoal e essa série é uma delas.

      Excluir
  6. Acompanhei essa minissérie e amei, HBO mandou muito bem, passei raiva com o pessoal negando o que estava tão claro, com as pessoas que se sacrificaram pelo bem maior, que série

    ResponderExcluir
  7. Olá, Tamires.
    Mesmo antes de acabar GOT eu já estava vendo o povo elogiando essa série. E mesmo não sendo uma série de um gênero que eu goste de ver, pelos elogios e pela crítica eu acho que vou assistir.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  8. Oi Tami,
    Estava esperando acabar pra maratonar - pela quantidade de episódios - e conferir sogrito Seu Stellan arrasando.
    Essa semana li que o povo lá da Rússia ficou incomodado com a abordagem, acabei ficando ainda mais curiosa, pq se incomoda é pq alguma ferida mexeu, e deve ser verdade.
    É incrível, que apesar dos fatos, as pessoas ainda questionam ou fingem que nem aconteceu. Vi tanta burrice pelo Twitter nos dias de exibição que plmdds.

    até mais,
    Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também li muita asneira. Tem que ter coragem, porque noção não tem. Hahahaha

      Excluir
  9. tem msm mt gente elogiando essa serie, to esperando passar um pouco essa ressaca de GOT, mas com certeza to curiosa pra assistir

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha ressaca de GOT nem existiu. Com aquela última temporada medonha eu estou fingindo que nunca nem vi.

      Excluir
  10. Oi, Tami!
    Eu estava esperando terminar a temporada para poder maratonar. Coincidiu que terminou enquanto estou viajando, mas com certeza quando voltar vai ser a primeira coisa que irei ver. Fora que quero ler mais sobre o desastre antes de começar a assistir. Sempre faço essa "pesquisa" antes de assistir algo sobre acontecimentos reais.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  11. Oi Tami,
    Até agora só vi elogios sobre essa série e apesar de não fazer muito meu estilo, quero conferir por tantos comentários bons que encontrei. E pelo visto você foi mais uma que adorou.

    Nem quero lembrar daquele final de GOT, para mim já está esquecido hahaha.

    Bjs e uma boa semana!
    Diário dos Livros
    Conheça o Instagram

    ResponderExcluir
  12. Oi Tami! Eu não costumo ver séries assim, mas os comentários sobres esta produção estão me deixando curiosa e acho que vou conferir. Eu nunca me aprofundei neste acontecimento e vai ser uma boa oportunidade. Bjos!! Cida
    Moonlight Books



    ResponderExcluir
  13. Já tinha ouvido falar da série mas nunca dei muita bola e nunca assisti. Mas agora lendo seu post, me deu até vontade de conferir.

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  14. Oi, Tami!

    Essa série é sensacional, e assim como você falou, assustadora por conta do tanto de erros ocorridos, principalmente da parte política que demorou a aceitar o que de fato tinha acontecido e o perigo que isso representava. Ainda tenho que assistir o último episódio, mas sem dúvidas é uma série essencial e importante pra história, para compreendermos melhor o que houve, e muitos detalhes que haviam sido escondidos até os dias de hoje

    xx Carol
    https://caverna-literaria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  15. Oi Tami,
    Quero conferir essa série, tem tanta gente comentando sobre ela e sobre sua qualidade que vale a pena assistir. E o bom é que já saíram todos os episódios.
    Sei que vou sofrer, mas é importante conhecermos a história!
    beijos
    https://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  16. Oi Tami!
    Excelente crítica!
    Fiquei mais animada agora em saber q são só 5 eps!
    Foi um boom essa série né? Do nada eu lia Chernobyl em td o canto, rs.
    Deve ser tensa, mas verei!
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com
    ps: tem sorteio de 5 anos rolando no blog ;)

    ResponderExcluir