20 de julho de 2019

Fique de Olho | The Grace Year - Kim Liggett

The Grace Year é um livro que está ganhando cada vez mais destaque. Ontem falei um pouquinho sobre ele nos stories do Instagram e tive um retorno muito bacana, por isso resolvi fazer essa postagem de apresentação. Preparem-se, pois duvido que vocês saiam desta postagem sem estarem no mínimo curiosos a respeito desta história!

 


Lançamento: 10/2019 • SkoobFacebookTwitterInstagramPRÉ-VENDA

Sinopse: Ninguém fala do ano da graça. É proibido.

No Condado de Garner, dizem às garotas que elas têm o poder de atrair os homens, enlouquecendo suas mulheres com ciúmes. Elas acreditam que sua própria pele emite um poderoso afrodisíaco, a potente essência da juventude de uma garota à beira da feminilidade. É por isso que elas são banidas em seu décimo sexto aniversário, para liberar sua magia na natureza para que possam retornar purificadas e prontas para o casamento. Mas nem todas elas voltarão vivas.

Tierney James, de dezesseis anos, sonha com uma vida melhor - uma sociedade que não coloque amigo contra amigo ou mulher contra mulher, mas à medida que seu próprio ano da graça se aproxima, ela logo percebe que não são apenas os elementos brutais que elas devem temer. Não são os caçadores dos bosques, homens que estão esperando por uma chance de pegar uma das garotas para ganhar uma fortuna no mercado negro. Sua maior ameaça pode muito bem ser uma a outra.

••••••

The Grace Year está sendo divulgado como uma mistura de O Conto da Aia com Jogos Vorazes. Eu sou meio cética quando o assunto são essas associações, mas desta vez preciso falar que o marketing não está errado.

Nesta distopia feminista voltada para o público jovem, vamos conhecer o Condado de Garner, lar de uma sociedade machista e opressora. Nesta sociedade, onde as mulheres não têm permissão nem de rezar em silêncio, os homens mandam e desmandam. Para eles, as mulheres descendem de Eva e têm uma natureza perigosa. Eles afirmam que as mulheres têm poderes, que elas são capazes de seduzir os homens a fim de forçá-los a fazer o que elas bem entenderem. Afirmam também que o auge do poder das mulheres começa aos dezesseis anos, e é por isso que todas as jovens do Condado passam por uma fase de transição quando atingem esta idade.

As mulheres do Condado possuem apenas duas opções de destino: tornar-se uma esposa ou trabalhar em alguma função a ser definida pelo conselho. Para essa divisão ser feita, as jovens passam por uma cerimônia onde as melhores são escolhidas como esposas e as demais esperam a função que irão desempenhar quando (ou se) todas elas voltarem. Voltarem de onde? Do Ano da Graça!

Todas as jovens, as que foram e as que não foram escolhidas como esposas, são enviadas para fora do condado e são escoltadas até um acampamento. O motivo? Elas precisam se livrar da magia que possuem. Somente assim elas poderão voltar para Garner. Só que neste acampamento muitas coisas começam a acontecer, as meninas começam a se virar umas contra as outras e têm de lidar com diversos perigos, dentro e fora do acampamento.

Ao longo do livro vamos acompanhar a história de Tierney James, a única que consegue enxergar o absurdo de toda aquela situação. Ela não acha justa a forma como as mulheres são tratadas e não acredita nesta história de magia, mas eu vou deixar para esmiuçar mais as coisas na resenha, que provavelmente será postada domingo que vem!

Agora me digam, é promissor ou não? Eu estou exatamente em 90% da cópia antecipada, falta ler apenas a última parte do livro e estou adorando! The Grace Year não foi nem lançado e já teve os direitos de adaptação comprados pela Universal. A responsável pela produção e direção será Elizabeth Banks.

Com todo este destaque o livro provavelmente vai ser publicado por aqui, mas ainda não houve nenhuma notícia a respeito disso. Vamos torcer, né?

Ficaram ou não ficaram curiosos?

29 comentários

  1. Oi Tami,
    Tomara que seja publicado sim, não o conhecia ainda e essa mistura de Conto da Aia com Jogos Vorazes me agrada.
    E não basta ler em inglês, tem que ler antes do lançamento... VOCÊ É MUITO CHIQUE!!!! rs
    beijos
    https://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Tami!
    Vejo fácil fácil esse livro ser lançado por aqui...
    E eu jurava que ele já tinha sido lançado lá fora. Nem me toquei que você estava com a ARC hahahaha
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  3. Oi Tami, tudo bem?
    Uau, essa obra é promissora, hein?
    Já curti quando fala sobre a competição feminina, sobre o sistema nos colocar umas contra as outras. Infelizmente isso é muito real.
    Com certeza ficarei atenta ao lançamento!
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  4. Oi Tami! Eu não li as obras que o livro é comparado, mas achei a premissa muito interessante. Deve ser uma loucura ser mulher nesse lugar, viver apara ser escolhida como esposa é um desaforo. É promissor, tomara que sai aqui.
    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  5. Oiii Tami

    Tb sou bem cética com certas comparacões, especialmente de Jogos Vorazes porque meio que já saturou a quantidade de livros que seguiram a febre e foram comparados com JV mas... achei a sinopse de The Grace Year super bacana, interessante e com chances de surpreender, tem que ser publicado por aqui!!! Vou adorar ler ele.

    Beijos, Ivy

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem mesmo, já dei a dica pra várias editoras. Agora é aguardar...

      Excluir
  6. Olá, Tamires.
    Eu assisti seus stories ontem e já preciso desse livro hehe. A história parece ser muito boa. Tomara que venha logo para o Brasil. É engraçado que o problema de tudo são sempre as mulheres.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  7. Oi Tami, tudo bem? Eu não sou muito fã de distopias mas com certeza fiquei curiosa, principalmente com a questão feminista!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  8. Uau, a história parece ser realmente muito interessante. Fiquei curiosa e espero que publiquem por aqui!

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  9. Estou chocada! E antes mesmo de vc dizer, enquanto eu lia a sinopse já associei o livro ao Conto da Aia. Não sou fã de distopia, mas eu já quero muito ler esse livro, até fui na Amazon ver o preço da pré-venda, mas infelizmente, como vc disse, vamos ter que esperar ser publicado por aqui. Não gosto de ler em inglês, perco muito tempo raciocinando no idioma em vez de dar atenção à história. Mas enfim, sigo aqui ansiosa pela sua resenha.
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥ | Instagram - Vem interagir no Insta tbm!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendi. Então vamos torcer para que ele venha pra cá! \o/

      Excluir
  10. Oi Tamires,..
    Meu Deus que sinopse instigante!!
    Olha, não sou fã do livro e série O conto da aia, mas jogos vorazes eu amo! Você leu em Inglês mesmo?
    Acho que estou louca para ler também, rs..

    Beijos Mila

    Daily of Books Mila

    ResponderExcluir
  11. Oi Tami
    Que história incrível! Me lembrou até um pouco Graça e Fúria. Eu adorei e estou esperando sua resenha. Tomara que lancem aqui, amei a capa!
    Beijo

    https://www.capitulotreze.com.br

    ResponderExcluir
  12. Eita, adorei a novidade. A história parece incrível!

    Beijo
    http://www.leiapop.com/

    ResponderExcluir
  13. Tomara que seja publicado aqui, estou torcendo porque quero muito me aprofundar nessa história!

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  14. Oi Tami,
    Isso supostamente se refere a menstruação, né? Se soubessem que minha mãe teve a primeira dela com 8 anos...
    Achei a premissa bem legal, e como sempre, se aproxima da realidade porque tudo é culpa da mulher... principalmente quando se trata de traição, sedução... e cia.

    até mais,
    Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não diretamente, Nana. Para participar do Ano da Graça as meninas tem que ter menstruado, mas a questão é a feminilidade delas. Quando o corpo delas começa a se desenvolver, começam os problemas.

      Excluir
  15. Oi
    pelo que li no seu poste, já quero que esse livro seja publicado por aqui, parece ser uma história muito boa e gostei da premissa,

    http://momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Ótima dica Tami, esse tipo de trama deixa os olhinhos brilhando, hahah
    Tomara q chegue logo por aqui!
    Bjs
    A Colecionadora de Histórias - Blog

    ResponderExcluir
  17. Vi pelo Instagram você comentando e amei, agora é só esperar chegar por aqui!!

    ResponderExcluir