17 de julho de 2019

Resenha | Confie em Mim - Harlan Coben


eBook cedido em parceria com a editora.

Autor: Harlan Coben

Tradutor: Marcelo Mendes

Número de páginas: 320

Ano: 2019

Editora: Arqueiro

Skoob: AQUI

Compre: Amazon
Sinopse: Até onde você iria por amor à sua família?

Preocupados com o filho Adam, que começou a se distanciar deles depois do suicídio do melhor amigo, Spencer, o Dr. Mike Baye e sua esposa, Tia, decidem instalar um programa de monitoração no computador do garoto. Os primeiros relatórios não revelam nada importante, mas de repente uma estranha mensagem muda completamente o rumo dos acontecimentos: “Fica de bico calado que a gente se safa.”

Enquanto isso, a mãe de Spencer, Betsy, encontra uma foto que levanta suspeitas sobre a morte de seu filho. Ao contrário do que todos pensavam, ele não estava sozinho na noite fatídica. Será que foi mesmo suicídio?

Para tornar tudo mais assustador, Adam desaparece misteriosamente. Acreditando que o garoto está correndo grande perigo, Mike não medirá esforços para encontrá-lo.

Quando duas mulheres são assassinadas, uma série de acontecimentos faz com que a vida de todas essas pessoas se cruze de forma trágica, violenta e inesperada.

 

Todas as casas tinham sua tragédia particular. Todas as famílias tinham seus segredos.

Adam Baye costumava ser um menino normal, fã de esportes, estudioso e um filho amoroso. Porém, após o suicídio de seu melhor amigo, Adam muda da água para o vinho. À principio, Tia e Mike, pais do menino, pensavam que era apenas a maneira dele lidar com o luto, mas Adam vai ficando cada vez mais distante e introspectivo.

Sem saber mais o que fazer, Tia e Mike decidem instalar um programa espião no computador de Adam. Deste modo, eles conseguiriam acompanhar todas as conversas e todas as páginas visitadas pelo menino. Inicialmente eles não encontram nada estranho, mas algumas trocas de mensagens muito suspeitas começam a aparecer. Mas é somente quando Adam desaparece misteriosamente que Tia e Mike compreendem que o filho está correndo um sério perigo.

Adam havia sofrido uma grande tragédia - o suicídio de um amigo - e, claro, ainda se debatia com aquela angústia típica dos adolescentes. Era mal-humorado e caladão. Ficava o tempo todo trancado no quarto, quase sempre debruçado sobre o maldito computador, jogando, batendo papo ou fazendo sabe-se lá o quê. Mas não era isso que fazia a maioria dos adolescentes?

Em outra parte da cidade, Marianne Gillespie é abordada, sequestrada, espancada e morta. Pouco tempo depois, Reba Cordova tem o mesmo triste destino. Cabe a Lauren Muse, chefe de investigações do condado, descobrir o maníaco por detrás destes crimes horrendos. Tudo leva a crer que se trata de um serial killer, mas a dinâmica dos crimes é diferente. O que estaria levando o assassino a propositalmente armar cenários para diferenciar as mortes? Agora Lauren precisa correr contra o tempo se quiser capturar o responsável antes dele fazer a próxima vítima.

Estariam os Baye na trilha do assassino? No que Adam estava metido? Havia alguma conexão?

A confiança é assim. Podemos quebrá-la pelos melhores motivos do mundo, mas ela permanecerá quebrada para sempre.


••••••••••

Sempre tive muita vontade de ler algo de Harlan Coben. Tenho alguns livros do autor aqui, mas sempre ficava postergando a leitura, pois são livros da série Myron Bolitar e não estão na ordem correta. Sendo assim, vi nesses relançamentos a oportunidade perfeita para dar o primeiro passo... e não me arrependi! O resumo da história ficou bem enxuto porque me ative ao que a sinopse já revela. São diversos cenários sendo desenvolvidos ao mesmo tempo e acho contraproducente falar sobre cada um deles, seria quase como contar toda a história do livro para vocês.

Confie em Mim é um livro muito interessante e tem uma pegada de folhetim que me agradou bastante. Com acontecimentos ágeis e núcleos distintos que se complementam, a história prende o leitor do início ao fim, deixando-nos ávidos por respostas.

A tecnologia está bem presente na trama, porém, como ele foi lançado originalmente há onze anos, algumas coisas soam um pouco estranhas e improváveis. Sabemos que a tecnologia evolui de maneira surpreendente e assustadora, sendo assim, algumas situações presentes na narrativa seriam facilmente resolvidas nos dias de hoje, mas isso é um mero detalhe.

Como eu já mencionei, há diversos núcleos e eles se inter-relacionam diretamente e indiretamente. O que tem mais destaque é o da família Baye, que precisa lidar com o novo comportamento arredio de Adam. Eu gostei da dinâmica da história dos Baye, dá para a gente questionar muita coisa como limites, liberdade, ética, privacidade... até onde um pai e uma mãe podem ir quando o que está em jogo é o bem-estar de um filho?

Mike, em um primeiro momento, aparenta ser um pouco inseguro. É de Tia toda a iniciativa do monitoramento de Adam. Antes da mudança drástica do filho, Mike e ele costumavam passar muito tempo juntos. Lidar com o afastamento do primogênito faz com que Mike aja como uma pessoa de luto; luto pelo filho que Adam costumava ser. Até chegar na fase da aceitação, até entender que Adam não estava sendo apenas rebelde, Mike sente raiva, nega, barganha... até finalmente compreender que algo grave estava realmente acontecendo.

Outro núcleo interessante é o de Lauren Muse. A chefe de investigações tem que lidar com muita coisa, inclusive com o machismo dentro da corporação. Há alguns momentos bem satisfatórios onde ela coloca homens em seus devidos lugares, mostrando que não chegou onde chegou à toa. É instigante acompanhar sua linha de raciocínio e a maneira como ela lida com os assassinatos é muito inteligente. Há um sangue frio e uma capacidade de análise muito estimulante, onde a gente torce para que ela chegue no próximo enigma a ser desvendado.

Confie em Mim possui muitos personagens e não tem como eu falar de todos, mas gostaria de deixar uma menção honrosa para Betsy Hill e para as crianças Jill Baye e Yasmin Novak. Betsy é uma mãe que não aceita a perda do filho e faz de tudo para honrar a sua memória. Quanto a Jill e Yasmin, eu geralmente tenho problemas com personagens com menos de quinze/dezesseis anos, mas as meninas agiram com muita maturidade em diversos momentos.

O que não me agradou e foi motivo das quatro estrelas foi a construção do mistério ao redor de Adam (núcleo dos Baye) e a motivação do assassino (núcleo de Lauren). No caso de Adam, eu imaginava uma coisa maior e mais impactante. Achei tudo muito fantasioso demais, e o que começou promissor terminou de uma maneira bem chinfrim. Já no caso do assassino, as motivações, quando reveladas, são risíveis. Tem maluco para tudo nesse mundo, mas não consegui comprar aquelas justificativas.

O eBook está bem formatado, sem erros e a nova capa tem tudo a ver com a história. Eu particularmente gostei bastante dessa identidade visual exclusiva para o autor, e vocês?

Apesar das ressalvas, Confie em Mim me conquistou pelo ritmo, pelos personagens e pela construção inteligente da narrativa. Minha primeira experiência com o autor foi positiva e agora com certeza seus livros farão parte das minhas leituras.


22 comentários

  1. Oi Tami
    Sei que o Harlan é um autor bem conhecido nos suspenses, mas nunca tive vontade de ler algo dele. Eu não curto o gênero e seria uma perda de tempo tentar ler, mas você se surpreendeu positivamente e apesar das descobertas não terem sido interessantes, o todo é o que conta.
    Beijo

    https://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não acho que seria uma perda de tempo. Não gosto de certos gêneros, mas às vezes faço algumas leituras fora da minha zona de conforto que acabam me surpreendendo bastante. Você deveria tentar.

      Excluir
  2. Oi Tami, quanto tempo!
    Já li um livro ou outro do autor, curto pra caramba suas histórias e gostei muito da capa deste livro, dá vontade de pegar para ler e descobrir seus mistérios, pq a capa não revela muito né!
    Que bom que apesar de algumas ressalvas o livro te conquistou!

    Beijos Mila

    Daily of Books Mila

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você gosta, Cami. Agora eu sempre vou ler os livros do autor!

      Excluir
  3. Oi Tami,

    Eu também estou nessa de ler algo do autor e ficar meio que enrolando. É justamente esse livro que pretendo começar e foi bom saber das ressalvas e também dos pontos positivos na obra.
    Eu espero que de ano eu não passe hahaha.

    Bjs e uma ótima noite!
    Diário dos Livros
    Conheça o Instagram

    ResponderExcluir
  4. Oi Tami, tudo bem? Spesar da falta ressalva sobre ser impactante parece uma boa leitura pra quem curte um suspense!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  5. Oi Tami! Este do Harlan eu ainda não li, mas eu curto muito seus livros dele e ese está na lista. As novas edições estão lindas, mas eu vou manter as minhas antigas. Leia Não Conte a Ninguém, é muito bom.Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  6. Oi, Tami!
    Também sempre tive vontade de ler algo do Harlan, mas fico perdida em quais são da série do Myron e quais são únicos...
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também fico, mas é só jogar no Google que aparece! hahaha

      Excluir
  7. Amei sua resenha, ainda não tinha visto nada sobre esse livro, mas fiquei curiosa para conhecer a história!

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  8. Que pena essa ponto de tudo ficar muito fantasioso. O mistério que envolve a história parece interessante.

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  9. Olá, Tamires.
    Eu sou fã do autor faz anos já desde que conheci ele em um clube de leitura. Esse me surpreendeu pela quantidade de tramas e eu não via ligação entre elas hehe. Que bom que gostou do autor.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Todas as tramas se cruzam em algum momento, por isso que eu falei que é direta e indiretamente! :)

      Excluir
  10. Oi Tami,
    Eu ainda não li nada do Harlan Coben, porém minha mãe tem alguns livros dele aqui e vou procurar este.
    Gosto do gênero e quero dar uma chance a obra logo logo, ainda mais com as séries da Netflix que ele vai lançar *-*
    beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Uma pena que o final não te agradou muito, mas não é raro na vida real assassinos e serial killers terem razões rídiculas para as suas ações monstruosas. Gostei muito de conhecer esse livro, é bem do tipo que gosto, com investigação e mistério. Coloquei ele na minha lista do kindle.
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

    ☆ Tem post novo e seria ótimo se você clicasse em um dos links azuis do texto para conhecer a parceira do blog>> Calça Clochard

    ResponderExcluir
  12. Olá
    Tenho livros desse autor mas ainda não li nenhum
    Sei que e muito elogiado mas preciso tomar vergonha na cara e deixar de ficar adiando a leitura até porque gosto muito do gênero que ele escreve

    ResponderExcluir
  13. sempre tive mt curiosidade em ler alguma coisa desse autor, mt bacana conferir a resenha desse livro por aqui

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  14. Oi
    eu já li dois livros do autor, mas faz muito anos que nem lembro mais, essa história parece ser legal e fiquei curiosa para saber se os cenários estão conectados, essa capa é bonita e gostei das cores dela.

    http://momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir