28 de agosto de 2020

Meu Dreamcast | Uma Chama Entre as Cinzas

Todo mundo costuma dizer que agosto é um mês que se arrasta, mas para mim todos os meses têm passado voando. Esse mês especificamente passou MUITO rápido, eu pisquei e ele terminou!

Cá estamos nós, na última sexta-feira do mês, trazendo o já habitual dreamcast. O escolhido de agosto foi Uma Chama Entre as Cinzas, de Sabaa Tahir. Eu ainda estou fazendo a leitura e em breve trarei a resenha para vocês. 😉

Antes de abrir a postagem, clique AQUI e já deixe o Balaio de Babados carregando para conferir as escolhas da Lu.


25 de agosto de 2020

Resenha | Heart Bones - Colleen Hoover


Autora: Colleen Hoover

Número de páginas: 251

Ano: 2020

Editora: Hoover Ink, Inc.

Skoob: AQUI

Compre: Amazon
Sinopse: A vida e um sobrenome sombrio são as únicas duas coisas que os pais de Beyah Grim já lhe deram. Depois de traçar seu caminho sozinha, Beyah está no rumo certo para coisas maiores e melhores, graças a ninguém além de si mesma.

Com apenas dois curtos meses separando-a do futuro que ela construiu e do passado que ela deseja desesperadamente deixar para trás, uma morte inesperada deixa Beyah sem nenhum lugar para ir durante esse período. Forçada a chegar até seu último recurso, Beyah tem que passar o resto de seu verão em uma península no Texas com um pai que ela mal conhece. O plano de Beyah é manter a cabeça baixa e deixar o verão passar sem problemas, mas seu novo vizinho Samson joga uma chave inglesa nesse plano.

Samson e Beyah não têm nada em comum na superfície. Ela vem de uma vida de pobreza e abandono; ele vem de uma família rica e privilegiada. Mas uma coisa que eles têm em comum é que ambos são atraídos por coisas tristes. O que significa que eles são atraídos um pelo outro. Com uma conexão quase imediata muito intensa para eles continuarem negando, Beyah e Samson concordam em ficar no lado raso de uma aventura de verão. O que Beyah não percebe é que uma correnteza está chegando e está prestes a arrastar seu coração para o mar.


“Don't worry. Hearts don't have bones. They can't actually break.” 
"Não se preocupe. Corações não têm ossos. Eles não podem realmente se partir."

21 de agosto de 2020

Resenha | Daqui a Cinco Anos - Rebecca Serle


eBook cedido pela editora através da NetGalley.

Autora: Rebecca Serle

Tradutor: Alexandre Boide

Número de páginas: 264

Ano: 2020

Editora: Paralela

Skoob: AQUI

Compre: Amazon
Sinopse: Onde você se vê daqui a cinco anos?

Dannie Kohan sabe exatamente o futuro que deseja e o que deve fazer para conquistá-lo. Depois de arrasar na entrevista para seu emprego dos sonhos em um dos maiores escritórios de advocacia de Nova York e de ser pedida em casamento pelo namorado, ela vai dormir com a certeza de que está no caminho certo para realizar todos os seus planos. Quando acorda, entretanto, ela está em um apartamento diferente, com outro anel de noivado no dedo e um homem que nunca viu antes ao seu lado. A televisão mostra que é a mesma noite ― 15 de dezembro –, mas cinco anos no futuro.

Depois de uma hora intensa e chocante nesse cenário, Dannie acorda de novo, de volta ao presente, como se nada tivesse acontecido. Profundamente abalada e sem entender o que houve, ela decide acreditar que foi apenas um sonho, por mais realista que tenha sido. E parece funcionar. Isto é, até quatro anos e meio depois, quando Dannie encontra o homem que viu naquela noite inusitada.

Ao mesmo tempo divertida e emocionante, Daqui a Cinco Anos é uma história sobre lealdade, amor, amizade e a natureza imprevisível do futuro.


Acho que o sacrifício é o oposto de uma manifestação verdadeira. Isso se os seus sonhos envolverem abundância, e não escassez.

18 de agosto de 2020

TAG | Folklore Book TAG

Quem é vivo sempre aparece, né? 😂 Como eu disse na última postagem que foi ao ar há 84 anos, quem me acompanha no Instagram e no Twitter sabe da minha saga com a varanda aqui de casa. O trabalho não acabou, mas a pior parte finalmente foi feita.

Enquanto eu estava cuidando disso, não tive tempo para absolutamente mais nada. Em agosto ainda não li um livro sequer, mas vida que segue.

E além dessa questão das obras aqui de casa, eu ainda estava tentando mudar o template aqui no blog para um responsivo. Comecei um do zero, sozinha, só acompanhando tutoriais da internet, mas a burra aqui acabou fazendo besteira e estraguei o template todo. Depois fui procurar algum template responsivo gratuito, mas nenhum me apeteceu de verdade e percebi que estava perdendo tempo em algo que eu não estava gostando, por isso preferi abortar a missão e voltar pra esse mesmo, que está velhinho, mas me agrada.

Cadê o povo que cria template, gente? Os que eu conhecia simplesmente sumiram do mapa!

Só sei que estou atolada de postagem atrasada, mas vamos começar com a Folklore Book TAG criada pelas meninas do Queria Estar Lendo.

Há anos eu não curtia a Taylor, mas finalmente ela lançou algo com uma pegada mais adulta. Folklore é um álbum muito delicinha, com uma pegada folk bem introspectiva e etérea. Acho que vou fazer uma postagem sobre ele, vale a pena. Enquanto isso, fiquem com a TAG. Caso respondam, deem os créditos às meninas. 😉


Tami Marins

Carioca e leonina, acha que nasceu na época errada. Lê desde que se entende por gente e é viciada em séries e em café. Escuta sempre as mesmas músicas, assiste sempre aos mesmos filmes e sonha escrever seu próprio livro.

Meta de leitura

2021 Reading Challenge

2021 Reading Challenge
Tamires has read 32 books toward her goal of 100 books.
hide

Buscando algo?

Instagram

Seguidores

Facebook


Lançamentos

Destaque

Resenha | Layla - Colleen Hoover

Arquivos

Mais lidos

Editoras parceiras

Eu participo!

Compre na Amazon

Meu Epílogo
<a href='https://www.meuepilogo.com/' title='Meu Epílogo'><img src='https://1.bp.blogspot.com/-xNUSD96vAUU/YVb0vkp-eJI/AAAAAAAA1_o/XS_Lbq86YRMimTG4vvdYpkdLE7EkW03DQCLcBGAsYHQ/s16000/banner_linkme.png' alt='Meu Epílogo' width="150" height="70"></a>
Tecnologia do Blogger.

Direitos Autorais

Licença Creative Commons
Este blog está sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional. Plágio é crime! Não copie, crie.