3 de janeiro de 2021

TAG | Balanço Literário 2020

Quem queria ver 2020 pelas costas levante a mão. õ/

Que ano, hein? Não sei vocês, mas eu já não estava aguentando mais. Foi um ano horrível em todos os sentidos possíveis e imagináveis. Já vai tarde!

Minhas leituras foram diretamente afetadas pelo cenário que estávamos e ainda estamos vivendo e por isso acabei lendo apenas 54 livros, meu menor saldo dos últimos cinco anos. Comecei o ano com um ritmo bom, mas depois da explosão da pandemia a coisa desandou por diversos motivos e houve meses onde não li absolutamente nada. Porém, vida que segue!

Como já se tornou tradição, hoje é dia de fazer o balanço das leituras no ano que se encerrou. A Lu também fez o balanço dela, então não deixe de passar lá no Balaio de Babados para vê-la roubando e escolhendo 20 livros para cada categoria. 😂😂😂

Clica AQUI e já deixa carregando!

 

 Primeiro livro que li em 2020

 
 
A primeira leitura de 2020 foi do hiperestimado Daisy Jones & The Six. Aliás, tenho uma teoria de que foi ele o responsável pelo fiasco das minhas leituras de um modo geral. 😂 Eita livrinho com personagens enjoados, chatos e estereotipados ao extremo. De bom só fica a narrativa mesmo, porém, curiosamente estou animada para assistir a adaptação, pois acho que em tela vai funcionar melhor. Ahhhh, não resenhei porque não sou obrigada! hahahaah'

Melhor livro


Se por um lado tivemos o fiasco do livro acima, por outro tivemos esta lindeza em forma de livro. Amor(es) Verdadeiro(s) é uma história que fala sobre todas as nuances do amor e do amor como um todo, não apenas do amor romântico. Maravilhoso!

Resenha: AQUI

Pior livro


Que bomba foi essa, Brasil? A Prometida é um equívoco do início ao fim, dá até desgosto de lembrar as horas que perdi lendo esse fiasco...

Resenha: AQUI

Melhor personagem


Vlad, ou melhor, The Russian, tem o meu amor todinho! 💜 Felizmente vocês vão poder conhecê-lo, já que a versão BR de The Bromance Book Club, Clube do Livro dos Homens, será lançada este mês pela Editora Arqueiro. Lyssa ouviu o clamor popular e o personagem vai ganhar um livro próprio depois de roubar a cena nos três primeiros volumes.

Compre seu exemplar clicando na imagem que está na sidebar! 😉

Resenha: AQUI

Pior personagem


Em 2020 me deparei com muitos personagens ruins, mas nenhum barra Hollis Brite, protagonista de A Prometida. Chata, desinteressante, mimada e fútil.

Resenha: AQUI

Crush literário

Braden Mack, protagonista masculino de Undercover Bromance, leva o título de mozão literário de 2020!

Resenha: AQUI

Melhor quote

Meu pai uma vez me disse que o amor é muito parecido com a água.
Pode ser calmo. Furioso. Ameaçador. Calmante.
A água será muitas coisas, mas mesmo em todas as suas formas, sempre será água.
Você é minha água.
Acho que também posso ser a sua.

Heart Bones


Melhor capa

Eu adoro as cores e a concepção dessa capa! O livro ainda não foi resenhado.

Personagem pombo (aquele que nem fede, nem cheira)


Posso mencionar todos os personagens de Daqui a Cinco Anos? Aliás, não só os personagens, o livro também não fede e nem cheira.

Resenha: AQUI

Melhor continuação de série


E o troféu vai para Undercover Bromance!

Resenha: AQUI

Descoberta do ano (autor ou livro)


Minha primeira experiência com a escrita de Taylor Jenkins Reid não foi boa, mas nas duas leituras seguintes ela arrasou e tirou a má impressão que ficou. Agora me pego animada para ler seus lançamentos!

Decepção do ano (autor ou livro)


Nem a nostalgia salvou Sol da Meia-Noite. Não vai ter resenha dele, mas tem episódio especial no The BookCast onde discutimos a história.


Melhor adaptação literária

Bridgerton, é claro! 💜 Eu amei tanto que já estou vendo pela segunda vez! Minha postagem sobre a série sai na próxima semana e vai ter podcast especial sobre a primeira temporada, fique de olho.

Melhor final de livro


Foi por pouco que A Gaiola de Ouro não venceu na categoria melhor livro, mas eis ele aqui na categoria melhor final. Que cliffhanger foi aquele? Só sei que quero o segundo livro pra ontem!

Resenha: AQUI

Melhor aquisição

Em 2020 comprei pouquíssimos livros, pois quis dar prioridade aos que eu já tinha e também li bastante eBooks, então não há uma aquisição particularmente especial em 2020. 😉

Livro(s) que eu pretendia ler, mas não li


Pelo terceiro ano consecutivo esta categoria se manterá a mesma e assim permanecerá até eu tomar vergonha na cara e ler esses dois livros. 😂 Corte de Espinhos e Rosas eu adio propositalmente, pois já tenho ranço da Sarah Jamais por tabela. Já It Ends With Us ainda não foi lido porque eu sei que ele vai me destruir, então estou evitando a fadiga.

Último livro que li em 2020


Minha última leitura do ano foi Layla, lançamento mais recente de Colleen Hoover. A resenha sai na próxima semana, mas já adianto de CoHo, mais uma vez, mostrou que pode escrever qualquer coisa.

Melhor editora (em relação a lançamentos do ano)

Eu não consumi muitos lançamentos do Grupo Editorial Record no último ano por estar dando prioridade aos da minha estante, mas foram vários os que eu desejei! Mesmo com a pandemia, o GER conseguiu manter o ritmo de lançamentos, lançamentos estes de todos os gêneros possíveis e imagináveis.

Eu sou a última pessoa que vocês verão passando pano para editora. Quanto eu tenho que criticar eu critico mesmo, vocês que me acompanham sabem, mas crítica é diferente de ataque. O Grupo Editorial Record precisava SIM rever algumas coisas e já tinham se prontificado a fazer isso quando foram alvo de um ataque totalmente baixo. Houve até desejo para que o prédio da editora pegasse fogo com todos os funcionários dentro, para vocês terem uma ideia do nível das pessoas que promoveram tal motim.

Como eu disse acima, o GER precisava melhorar, mas os ataques que a editora sofreu este ano foram desproporcionais. Às vezes a internet me assusta!

••••••

E como foi o saldo de leitura de vocês? Qual foi o melhor livro que vocês leram? E o pior? Me contem!

FELIZ ANO NOVO!

26 comentários

  1. A Prometida ficou só na promessa mesmo. E vamos sempre concordar em discordar dos livros da Taylor Jenkins Reid kkkkkk
    Essa capa de A Noiva Rebelde é perfeita demais!!!! Eu acho que é uma das minhas favoritas em romances de época no geral.
    Beijos
    https://www.balaiodebabados.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Tami! Que 2020 vá embora e leve tudo de ruim que veio com ele. Não li muito também este ano que passou, foi meu saldo mais baixo. Essa polêmica do GER foi desproporcional mesmo, ao ponto de desejar coisas ruins para as pessoas. Eu fiquei bem chateada. A Taylor é uma autora excelente, também uma das melhores descobertas que tive. Feliz 2021.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  3. Miga adorei o post e essa quote! Que maravilha! O melhor livro que li este ano foi o "Ikigai - viva bem até aos cem"

    www.pimentamaisdoce.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oi, Tami
    Gosto que você consegue ser mais assertiva que a Lu nas respostas KKKK Eu li Daisy Jones e acho os personagens horríveis, tanto que não consigo ler mais nada de banda de rock por enquanto. E pelo mesmo motivo não tenho vontade de ler outras obras da autora, infelizmente.
    A prometida foi a bomba do ano KKKKKKK Dó da editora que apostou nisso.
    E eu tô apaixonada por Bridgerton, nunca gostei tanto de uma série que nem essa nossa.
    Beijo
    http://www.capitulotreze.com.br/?m=1

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah mas se eu fosse você daria sim outra chance para a autora, pois os outros livros dela não tem nada a ver com esse.

      Excluir
  5. Oi Tami, tudo bem?

    Quando fiz meu balançando literário de 2020 fiquei feliz em perceber que o meu ritmo de leitura voltou a ser o mesmo de alguns anos. Li bastante e me aventurei por gêneros literários novos.

    Claro que teve vários livros que não conseguir ler em 2020, mas já coloquei eles na meta para 2021. Não li A Prometida e nem sei se algum dia vou ler. Sinceramente me decepcionei muito com a escrita da Kiera nos últimos livros dela que li e tem tanto livro interessante para ser lido que não quero me irritar sem necessidade (rs...).
    O Sol da Meia-noite eu ainda vou ler, pois li toda a série e gosto de falar mal com propriedade.

    Beijos;*
    Ariane Gisele Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahahahhaha coragem pra encarar aquele calhamaço que não acrescenta absolutamente nada, mas tá certíssima de ler pra ter a própria opinião!

      Excluir
  6. Oi, Tamires. Como vai? Finalmente 2020 se foi, e tomara que tudo de ruim vá com ele também, assim esperamos! Seu balanço literário não foi ruim como o ano que se findou, claro que, provavelmente não foi como você esperava, contudo fizeste muita leitura boa também, apesar de A PROMETIDA estar entre as leituras. Quero ler Layla, e espero gostar da obra. Espero que em 2021 você consiga se organizar com as leituras que deseja realizar. Abraço!

    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, não foi como eu imaginei, mas poderia ter sido pior. Rs

      Excluir
  7. Quantos livros incríveis, essa pandemia também deu para tirar alguns livros do atraso.

    Beijinhos, feliz 2021
    Renata

    ResponderExcluir
  8. Oi, Tami!

    Feliz ano novo e um ótimo 2021 pra você e sua família! Adorei o balanço, esse também não foi um ano muito produtivo pra mim com relação à leitura, li ainda menos que você, 40 só, e também foi o número mais baixo dos últimos anos. It ends with us é muito bom, mas se prepara mesmo pq né, é a CoHo hahaha curiosa com a sua resenha sobre Os Bridgertons! Tenho curiosidade com O sol da meia-noite, mas 0 força de vontade pra ler kkk bom saber que não tô perdendo grande coisa!

    xx Carol
    https://caverna-literaria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Olá, Tamires.
    Comigo já aconteceu o contrário, li muito nessa pandemia hehe. Bati meu recorde esse ano. A Taylor levou o premio revelação lá no blog também, mas pelo livro da Evelyn Hugo. Nem peguei para ler A Prometida ainda, depois da enxurrada de resenhas negativas nem me animei hehe. Estou louca por essa série do clube do livro dos homens, mas vou esperar passar um pouco o lançamento para baixar o preço hehe. Apesar que estou pensando em pegar o ebook mesmo.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acho que você vai amar Clube do Livro dos Homens, Sil.

      Excluir
  10. Oi!

    Quanto livro! Você achou pouco? Eu achei que o seu ano foi bem produtivo.
    Bridgerton é uma delicínha, né? Para dizer a verdade, a gente (eu e meu marido) rimos mais das bobagens do casal do que dos outros personagens que estavam lá para proporcionar humor. A noite de núpcias foi a que ficamos mais sem entender nada...tipo..."do que ele estão falando? qual é o problema deles?"...rsrsrs.
    Farei resenha da temporada também ;)

    Até!
    https://nsmoraes.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Olá, tudo bem ?
    Adorei.
    Bridgerton não tem como, melhor da vida rsrs.
    Sol da meia noite, acho que eu era outra pessoa quando li, empaquei e nao consigo sair do lugar.
    Vejo muita gente que tbm achou A Prometida muito ruim e eu na minha cabeça achando que era ainda de A Seleção rsrs.
    Beijos
    www.estilo-gisele.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Olá...
    Adoro ver esses balanços anuais, pois assim eu consigo pegar muitas dicas de leitura ;)
    Bjo

    Eu voltei pro blog, depois dá uma passadinha lá
    http://coisasdediane.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. Ola Tamires
    Eita ano dificil heim
    Espero que 2021 seja melhor .gostei de ver o seu balanço literario do ano.Essa capa do luvro da Julia Quim é linda !
    Mas ainda náo tenho ele.tambem espero conhecer a escrita da Taylor.
    A serie Bridgerton esta recebendo muitos elogios .mas ainda nao assisti pois quero ler o livro primeiro .
    Desejo a voce um ano novo repleto de coisas boas e claro otimas leituras !! Bjs

    ResponderExcluir
  14. Um ano muito difícil, Eli, mas estou animada para os acontecimentos desse ano. Tenho fé que as coisas serão melhores!

    ResponderExcluir